Designer Gráfico

Designer Gráfico

Resumo da profissão

Modalidades:

Teletrabalho, Presencial

Matérias relacionadas:

Desenho História da Cultura e das Artes Materiais e Tecnologias Multimédia Oficina de Artes

Idiomas:

Inglês, Português

O Designer Gráfico cria todo o design de novos produtos, logotipos, embalagens, mas também produz o material visual para campanhas de publicidade e marketing, como páginas de internet, panfletos, entre outros.

Esta área do Design tem tido um grande crescimento nos últimos tempos, muito pelo crescimento do marketing digital, o qual tem tido uma grande ênfase por parte das empresas e organizações.

Como sabemos, a internet e, em especial, as redes sociais, transformaram a forma como se compra e se tem conhecimento de produtos e marcas. Por isso, as empresas precisaram direcionar os seus esforços de publicidade para esse meio de comunicação.

Sendo assim, os profissionais de Design Gráfico têm a chance de encontrar um mercado de trabalho muito maior, e com necessidade de profissionais qualificados, e com conhecimentos “quentes” na área.

Se está a pensar seguir esta profissão, então continue a ler este artigo e veja como é a rotina de trabalho dos Designers Gráficos, quais as funções que tem, quais são as saídas no mercado de trabalho, e como pode entrar nesta carreira. Confira!

O que faz um Designer Gráfico?

O profissional de Design Gráfico pode fazer uma série de coisas, como, por exemplo, criar animações, logotipos, embalagens de produtos, páginas de revistas e jornais, sites, banners, panfletos, entre tantos outros.

Ele também pode atuar na área de Produtos, fazendo o design de produtos novos, sempre levando em conta a estética, a funcionalidade e a utilidade para o utilizador final.

O Designer Gráfico também pode criar equipamentos médicos e odontológicos, peças de vestuário, eletrodomésticos, entre outros.

Por isso, ele tem de ter um gosto particular por arte e talento para o desenho. Além disso, é importante que o futuro designer goste de trabalhar com tecnologia, até porque irá usar várias ferramentas de computação gráfica no seu dia a dia.

Para se destacar nesta profissão, o designer tem de ser alguém criativo e gostar de trazer coisas novas para a sua rotina.

Também é importante que este profissional esteja sempre a par das novidades, assim como das tendências do setor. É fundamental ter este conhecimento para conseguir inovar, mas sempre de acordo com aquilo que os consumidores estão à espera.

Quais as suas funções

O Designer Gráfico desempenha várias funções, dependendo da área em que atua, e do cargo que ocupa. Como tal, é importante olharmos em detalhe para cada um desses aspetos.

Produção Gráfica

O Designer é responsável por criar um produto para ser impresso, como folders, panfletos, cartazes, catálogos, banners, revistas, jornais, adesivos, folhetos, entre outros. Ele usa o Photoshop, ou outro software de edição de imagens, o Illustrator, ou qualquer outro software de imagens vetoriais, e também um software editorial.

Design Digital

Essas são as duas principais áreas de atuação de um Designer, mas tem outras funções específicas que pode desempenhar. Vejamos!

  • Logotipos – Cria e desenvolve o símbolo da marca / produto
  • Identidade Visual – Cria toda a identidade visual da marca, como cores, formas, tipografias, entre outras.
  • Ilustração – Cria ilustrações, desenhos
  • Animação – Criam animação 2D, Stop Motion, Motion Graphics, e animações 3D.
  • Product Design ou Web Design – Criam aplicativos e sites, o layout do produto, front-end, back-end.

Saídas no Mercado de Trabalho

Sem dúvida, a área do Design Gráfico é uma das que tem mais emprego nos dias de hoje, especialmente com o surgimento das novas formas de comunicação social, com a internet e as redes sociais.

As pessoas interagem com as organizações e marcas de forma diferente. Hoje, todos fazemos pesquisas na Internet para saber o que determinada marca oferece, a opinião de outras pessoas acerca de um produto ou serviço, comparamos várias opções…

Como o comportamento dos consumidores mudou, as empresas tiveram de mudar também, investindo mais no marketing e publicidade online, assim como na construção de uma imagem forte na internet.

O Designer Gráfico mostra-se fundamental nesse processo, pois, sem ele, ficaria difícil construir uma marca com notoriedade no mundo digital, e no físico também, a bem da verdade!

Sendo assim, qualquer empresa pode contratar estes profissionais. No entanto, alguns setores acabam por escoar um maior número de profissionais, como por exemplo:

  • Editoras
  • Agências de Publicidade
  • Televisão
  • Escritórios de Design
  • Estúdios de Design
  • Empresas de Comunicação
  • Empresas Gráficas
  • Produtoras de Vídeo
  • Empresas Cinematográficas

Além de prestar serviços para uma empresa, também pode optar por seguir uma carreira liberal.

Outra possibilidade é seguir a carreira de docente, dando aulas em universidades ou em cursos profissionais (técnicos).

Como entrar na carreira de Designer Gráfico

Se quer ser Designer Gráfico, é preciso ter o curso de Design Gráfico.Ele tem uma vertente muito teórica no primeiro ano, mas depois o aluno adquire conhecimentos práticos que permitem a atuação no mercado de trabalho.

Em Portugal, a licenciatura tem a duração de 3 anos, mas tem de fazer também o Mestrado, o qual tem duração de 2 anos.

No Brasil, o bacharelado tem duração de 4 anos, mas pode optar por ingressar no curso tecnológico, o qual tem duração de 2 anos.

De entre as várias disciplinas do curso, destacamos: História da Arte, Design, Desenho, Design de Embalagens, Estética e Ilustração.

Onde estudar Design Gráfico

Portugal:

Brasil:

Está animado para seguir a carreira de Designer Gráfico? Então não deixe de investir no seu conhecimento e formação académica. Tem todo um futuro para conquistar!

Partilhar Post

2 comentários em “Designer Gráfico”

  1. Olá! Quem se forma no Brasil em designer gráfico, pode trabalhar em Portugal? É que quero fazer a faculdade com duração de dois anos. E na matéria fala que em Portugal é um tempo a mais. Essa diferença de anos pode impossibilitar o trabalho em Portugal ou a contratação?

    1. Guia das Profissões

      Olá Alderamim.

      Obrigado pelo testemunho. Temos sempre interesse em conhecer as dúvidas dos nossos visitantes.

      Quanto à pergunta, acreditamos que é possível trabalhar em Portugal com uma formação feita em Design Gráfico no Brasil. Na verdade, algumas empresas acabam contratando os candidatos em função da sua experiência ou do portefólio de trabalhos que possam ter.

      Por isso, desejamos que a Faculdade corra bem e que consigas cumprir o teu sonho de ser Designer Gráfico!

      Muito sucesso!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top