DJ Profissional (Disc Jockey)

DJ Profissional

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Matérias relacionadas:

Multimédia Oficina de Artes

Idiomas:

Português

O DJ profissional, ou disc jockey, toca músicas em festas, discotecas, entre outros eventos. Podemos dizer que ele é a alma da festa e é capaz de animar qualquer evento.

Embora muitos pensem que ser DJ não é profissão, a verdade é que muitos DJs são capazes de “fazer vida” com esse trabalho. Por isso, se és um apaixonado por música e sonhas em animar festas numa mesa de Disc Jockey, estás no sítio certo!

Neste artigo, vamos mostrar-te tudo o que precisas saber para seguir esta profissão desafiante.

Vais descobrir aqui, por exemplo, como é o trabalho deste profissional, como é o seu dia a dia, as possibilidades no mercado de trabalho, entre outras informações importantes para vingares nesta carreira.

Vamos?

O que faz um DJ Profissional (Disc Jockey)?

O DJ profissional usa um sistema de som e mixagem para tocar músicas gravadas em diferentes espaços e eventos, como, por exemplo, discotecas, bares, festas particulares, casamentos, entre outros.

O disc jockey não é um músico, nem compositor. Ele apenas passa as músicas que ele determina, com efeitos específicos, como paragens, transições, entre outros, dependendo da música e do intuito do DJ.

O disco-jóquei, ou discoterário, como também pode ser chamado, não deixa de ser um artista. Embora ele não toque um instrumento ou componha músicas próprias, ele seleciona as músicas que vai passar em cada evento e reproduz essas composições de acordo com o público e o momento do evento.

Sendo assim, ele precisa ter um excelente conhecimento musical, estar a par das tendências musicais, e saber adaptar a sua “set list” (músicas que tem no reportório para passar) ao público do evento.

Além disso, ele tem de ter uma capacidade única para perceber o ambiente do evento. O que as pessoas estão a pedir? Qual a música que fará com que elas dancem? Qual o momento certo para tocar a música do momento?

Ter sensibilidade é, portanto, indispensável para que um DJ faça sucesso em qualquer evento.

Ainda não tens certeza se esta é a melhor profissão para ti? Então usa o nosso Simulador!

Quais as suas funções

A principal função de um DJ profissional é animar um evento ao passar músicas. Inicialmente, o disc jockey usava os discos para passar a música. Depois, passou para os CDs e, atualmente, o portátil é a ferramenta mais usada para o trabalho de DJ.

Existem ainda DJs que fazem a mixagem de sons e vídeo, são os chamados VJs. Neste caso, além do trabalho de DJ (passar música), existe um vídeo sincronizado que é trabalhado ao mesmo tempo.

Independentemente de usares discos, CDs, computador, ou trabalhares como VJ, é importante saberes quais as músicas / composições têm velocidades (bpms) aproximadas para fazeres a transição entre elas, ou até para as “misturares”.

Para fazeres estas misturas e trabalhares as composições durante o evento, tens de usar uma mesa de DJ. Existem mesas próprias para discos, CDs, MP3, entre outros formatos. Por isso, o DJ deve estar familiarizado com as diferentes mesas para que não seja surpreendido no evento.

Caso trabalhes com mixagem em computador, esta é feita antes do evento. Tens de preparar tudo em casa e apresentar ao público a mixagem já gravada.

Saídas no Mercado de Trabalho

A quantidade de eventos que se fazem atualmente é enorme e a procura por DJs tem crescido imenso. Muitos produtores e organizadores de eventos preferem contratar um DJ em vez de uma banda, até porque fica bem mais barato (quando comparamos DJs e bandas/artistas com o mesmo grau de popularidade).

A maior parte dos DJs atuam como profissionais autónomos, ou seja, são contratados para um evento, ou vários eventos, mas sem um vínculo laboral.

No entanto, é possível trabalhar com contrato de trabalho (carteira assinada) para uma agência de eventos, uma discoteca, bar, quintas de eventos, entre outros espaços que precisem de uma presença contínua.

Queres descobrir outras profissões que se encaixem no teu perfil? Então, faz os nossos Testes!

Como entrar na carreira de DJ Profissional?

Se queres seguir a profissão de DJ profissional, então deves saber que o início é sempre difícil. Não é incomum que os DJs em início de carreira façam alguns trabalhos gratuitos com o intuito de ganharem alguma popularidade entre o público.

No entanto, se começares a ganhar autoridade no mercado, o teu “passe” valoriza e podes vir a ganhar muito bem por cada sessão (alguns DJs, não daqueles muito famosos e com fama internacional, chegam a cobrar entre 500 e 1000 euros por sessão).

Como em qualquer profissão, temos de começar “de baixo”, tentando aprender o máximo possível, evoluindo e aperfeiçoando o nosso trabalho. Com o tempo, e experiência, temos um maior reconhecimento, mais trabalho, e, consequentemente, ganhos superiores.

Para conseguires o tão desejado “lugar ao sol”, é importante que invistas o teu tempo em conhecer vários estilos de música e estar a par das tendências do mercado musical.

Além desse trabalho de “investigação”, também é essencial que trabalhes a tua rede de contactos. Afinal, quem vai colocar-te à frente de um evento se não tiver uma garantia de que farás um bom trabalho?

A melhor forma de conseguires uma oportunidade é conhecendo pessoas que possam indicar-te para fazeres os eventos. Nesse sentido, deves procurar criar laços com músicos, produtores de eventos, entre outros profissionais da área.

Onde estudar para DJ Profissional?

Embora não se exija nenhuma formação para trabalhares como disc jockey, existem alguns cursos interessantes que te podem ajudar muito. Ora vê!

Portugal:

Brasil:

Adoravas ter o poder de animar uma festa? Gostavas de ser o centro das atenções num festival ou numa discoteca? Se o teu sonho é ser um DJ profissional, então trabalha muito, aprende bastante, pois o futuro depende só de ti. Nós desejamos que tenhas muito sucesso na tua carreira.

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top