Dramaturgo

Dramaturgo

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Teletrabalho, Presencial

Ordenado Médio Mensal:

1000€ - 1500€

Empregabilidade:

Média

Disciplinas do secundario:

História da Cultura e das Artes Línguas Literatura Materiais e Tecnologias Oficina de Artes

Idiomas:

Inglês, Português

O dramaturgo é a pessoa que cria os textos para o teatro, ou seja, as peças teatrais. Estes podem ser usados para produzir espetáculos ao vivo, gravados (novelas, por exemplo) ou para publicar em formato de livro.

Os dramaturgos podem especializar-se em apenas um género, como a comédia, ou a tragédia, ou podem trabalhar em vários géneros ao longo da sua carreira. No entanto, a maioria dos dramaturgos é reconhecida em apenas um género teatral.

Se gostas de escrever e adoras teatro e representação, então esta pode ser uma boa profissão para ti. Vais ficar por trás do palco e do ecrã, mas és tu o criador de tudo. A história, o enredo, todos os detalhes são pensados por ti. Por isso, podemos dizer que serás tu o “ator principal” da peça.

Queres saber mais sobre esta profissão? Então continua a ler este artigo porque vamos contar-te tudo o que precisas saber para entrares nesta carreira com o pé direito.

Vamos?

O que faz um Dramaturgo?

O dramaturgo cria textos para teatro ou outras produções audiovisuais. O objetivo é sempre que o texto seja transportado para o palco, que seja representado. Ele cria um enredo, com um conflito como base, para depois ser interpretado por atores no teatro, na televisão, ou na internet.

Todo o texto é trabalhado mediante o conflito. Assim sendo, a ação em cena vai sempre depender do conflito, mas também da forma como as personagens atam para alcançar os seus objetivos.

Os dramaturgos podem trabalhar em diferentes géneros, como, por exemplo:

  • Comédia
  • Tragédia
  • Drama histórico
  • Melodrama
  • Drama burguês
  • Farsa
  • Musical

Apesar de associarmos o trabalho de dramaturgia ao teatro, o dramaturgo escreve textos para todas as artes cénicas, como, por exemplo, roteiros para o cinema, séries, minisséries e novelas.

No caso das produções para televisão, chamamos de dramaturgia televisiva, ou então teledramaturgia.

Os textos distinguem-se dos romances pela descrição das personagens, cenários, e é todo desenvolvido em diálogo. Pode haver, ou não, presença de um narrador. Os dramaturgos têm de ter atenção à separação do texto em cenas e atos, conforme os acontecimentos (entrada e saída de personagens no caso das cenas, e mudança de cenário no caso dos atos).

Quais as suas funções

O dramaturgo tem como função principal escrever o texto para se representar. Ele cria a história, define as personagens, o enredo, o conflito principal, e todos os detalhes da história. É normal trabalhar com outros profissionais da área, como o produtor, figurinistas, entre outros.

Em alguns casos, existe o dramaturgo de gabinete. Este ocupa-se mais de aspetos burocráticos, como, por exemplo:

  • Definir a programação da temporada com a direção artística
  • Relacionar autores e encenadores
  • Promover as peças em cartaz
  • Definir as melhores estratégias para estabelecer relações com a imprensa e o público
  • Dar suporte crítico ao encenador no que diz respeito à interpretação do texto

Existe também o dramaturgo de cena, sendo que este tem uma atuação mais próxima do autor, ocupando-se de, por exemplo:

  • Traduções
  • Adaptações de texto
  • Pesquisas bibliográficas

Saídas no Mercado de Trabalho

O dramaturgo trabalha em todo o tipo de produção audiovisual que inclua a representação. Sendo assim, pode trabalhar para o teatro, cinema, televisão e, mais recentemente, para a internet.

É verdade que não é uma profissão com muitas oportunidades profissionais. Não é fácil conseguir trabalhos constantes na área, até porque a cultura carece de apoios.

No entanto, há que dizer que os dramaturgos podem ir além do trabalho em teatro e cinema, e podem apostar mais na internet e na televisão, pois dá mais oportunidades.

A internet é, sem dúvida, um mundo de oportunidades, inclusive profissionais. Como o trabalho de YouTubers e Influenciadores Digitais é cada vez maior, o dramaturgo pode, sim, apostar na criação de roteiros para estes profissionais.

Como entrar na carreira de Dramaturgo?

Em Portugal, para entrar na carreira de dramaturgo, o ideal é tirar o curso de Teatro, Cinema e Audiovisual, ou então Literatura, e depois a pós-graduação em Dramaturgia e Argumento. Existem vários cursos de nível superior, mas também técnicos (mais práticos). A licenciatura tem a duração de 3 anos.

A pós-graduação tem uma duração aproximada de 316 horas (1 ano letivo / 2 semestres). É possível, depois da pós-graduação, seguir para o Mestrado em Artes Cénicas.

No Brasil, para entrar na carreira de dramaturgo, é importante ter um curso de literatura, ou então de artes cênicas. Neste último caso, poderá fazer o curso de graduação no grau de licenciatura ou bacharelato.

Além do vestibular, é preciso prestar uma prova de aptidão onde se avalia a aptidão para a representação. A vantagem de seguir o curso de artes cênicas é que permite seguir uma grande variedade de profissões, como:

  • Ator
  • Cenógrafo
  • Crítico
  • Diretor
  • Dublador
  • Produtor
  • Dramaturgo
  • Professor de interpretação (ensino fundamental e médio)

Em Portugal, assim como no Brasil, é essencial ter o máximo de contactos na área do espetáculo. Na cultura, as redes de contactos são, sem dúvida, decisivas na hora de conseguir um emprego, principalmente os primeiros.

Como a maior parte dos trabalhos é conseguido por meio de uma referência, é fácil entender que se não tivermos conhecimentos, dificilmente vamos conseguir uma.

Por isso, também, frequentar um curso de dramaturgia é muito importante, até porque vais começar a criar, aí, a tua rede de contactos de trabalho.

Onde estudar Dramaturgia?

Portugal:

Brasil:

Se o teu sonho é ser um grande dramaturgo, então não desistas dos teus sonhos e luta sempre por mais. Estuda bastante e aproveita todas as oportunidades que te surgirem, pois vai valer a pena. Nós desejamos-te o maior sucesso.

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top