Encarregado de Sonda (Tool Pusher/Tourpusher)

Encarregado de Sonda

Resumo da profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Matérias relacionadas:

Educação Física Física Geologia Matemática Química

Idiomas:

Inglês, Português

O Encarregado de Sonda, também chamado de Rig Manager, Tool Pusher ou Tourpusher, é o profissional que trata de toda a logística de materiais e recursos humanos da equipa de perfuração em poços de petróleo. Ele atua como gerente de sonda e segue as indicações dadas pelo Engenheiro de Petróleo e Gás.

Trabalhar numa plataforma de extração de petróleo ou em campos de petróleo não é uma tarefa fácil. No entanto, quem se considera “petroleiro” diz que mais do que um trabalho, é uma paixão.

Apesar de todos os sacrifícios que a profissão pode implicar (como ficar muito tempo longe das famílias), os salários são altos e, para quem é gosta da profissão, é um trabalho muito motivador, até porque existem objetivos e metas sempre para alcançar.

Se estás a pensar trabalhar na indústria de extração de petróleo, então este artigo foi feito para ti. Aqui vamos mostrar-te um pouco sobre o dia a dia do Encarregado de Sonda, assim como dados importantes sobre a carreira e o mercado de trabalho.

Vamos?

O que faz um Encarregado de Sonda?

O encarregado de sonda, podendo também ser chamado de supervisor de sonda, é um dos profissionais mais importantes da equipa de perfuração. Além de atuar como gerente de sonda, é responsável por assegurar a qualidade e segurança dos trabalhos desenvolvidos. Além disso, ele trata de toda a logística de materiais e de pessoal.

Para concluir os trabalhos de perfuração, ele segue o programa do poço (este é desenhado e desenvolvido pelo Engenheiro de Petróleo e Gás).

Atuando como um verdadeiro líder da equipa de perfuração, o Encarregado de Sonda supervisiona todas as etapas de perfuração, fazendo uma análise em tempo real, de forma que consiga distribuir a equipa de trabalho pelos diferentes equipamentos.

Sendo assim, podemos afirmar que ele é responsável pela eficácia e segurança das operações levadas a cabo na unidade de perfuração, mas também é o responsável por todos os profissionais envolvidos na perfuração, completação, elevação e descida da plataforma. Por essa mesma razão, ele administra os sistemas de segurança e certifica-se de que as medidas adotadas são adequadas ao controlo de poço.

Além de participar das formações da equipa, ele também participa na implementação de programas de manutenção preventiva.

Como líder, ou supervisor, da equipa, ele ajuda o superintendente de plataforma a gerir as operações de perfuração. Também é o Encarregado de Sonda que ajuda na supervisão e na organização de outras operações, como testes de poço, revestimento, perfilagem, entre outras.

Sendo a figura máxima da equipa de perfuração, ele tem de assegurar que todos os equipamentos de instalação, assim como as superfícies, estão de acordo com as exigências e especificações impostas pela empresa.

Por fim, este encarregado tem de fazer o registo de todas as operações, seguindo as exigências da empresa, assim como cumprindo com as diretrizes regulamentares.

Quais as suas funções

O trabalho em campos de petróleo ou em plataformas de extração de petróleo pode ser muito perigoso. Por isso mesmo, o Encarregado de Sonda, atuando como líder da equipa de perfuração, tem como uma das principais funções garantir a segurança de toda a equipa. Sendo assim, ele atua na prevenção de acidentes e não tanto na resolução destes.

Embora a segurança esteja sempre em primeiro lugar, este profissional também tem de garantir que as operações de perfuração são eficazes e produtivas.

Este encarregado também tem a função de supervisionar as operações com sonda nos poços de petróleo. Tem também de supervisionar os trabalhos de manutenção dos equipamentos específicos usados para a perfuração em poços de petróleo e gás.

Além de todas as funções descritas ao longo deste artigo, o Encarregado de Sonda também é responsável por:

  • Gerir as operações de perfuração, assim como todas as outras atividades associadas às operações de perfuração (deve seguir sempre o programa de perfuração, cumprir as políticas da empresa e todos os procedimentos padrão)
  • Coordenar e supervisionar as operações de perfuração, tal como as atividades a estas associadas
  • Garantir que o Sondador sabe o programa do poço e, caso haja alterações no plano, informar o Sondador sobre as mesmas
  • Assegurar que os profissionais que realizam as operações de perfuração (assim como as atividades a estas relacionadas) são certificados ou autorizados para o exercício das funções

Queres saber mais sobre a rotina de trabalho numa plataforma de extração de petróleo? Dá uma olhadela a este vídeo!

Saídas no Mercado de Trabalho

Não existem locais de extração de petróleo e gás natural em Portugal. Nesse sentido, se quiseres trabalhar como Encarregado de Sonda (assim como qualquer outra profissão em plataformas de extração de petróleo e gás natural), tens de procurar emprego no estrangeiro.

Canadá, Brasil, Noruega e países do Médio Oriente são os maiores produtores e extratores de petróleo e gás natural.

Como entrar na carreira de Encarregado de Sonda?

Como vimos, em Portugal não existe o negócio de prospeção e extração de petróleo e gás natural. Nesse sentido, as oportunidades de carreira são nulas (pelo menos por enquanto, até porque já foi debatida a possibilidade de concessão de prospeção e extração de petróleo no Algarve) e devemos olhar para outros países como os grandes contratantes.

Assim sendo, antes de optares por um curso de Engenharia ou Mecânica, tens de perceber quais as exigências que as empresas exploradoras de poços de petróleo e de gás natural de outros países fazem.

No entanto, podemos dizer que um curso em Engenharia do Petróleo e Gás é muito valorizado, assim como formações específicas na área da perfuração e extração de petróleo e gás natural.

Como as plataformas de petróleo e os poços de petróleo estão em território estrangeiro, é importante perceberes quais são os requisitos para teres o visto de trabalho.

No Brasil, para seguires a profissão de Encarregado de Sonda, embora não seja obrigatório, é ter o curso de Engenharia é fator de destaque, assim como cursos específicos na área da perfuração, como Suface drilling, Well control fundamental / full / drilling, Sistema digital de perfuração NOV ou Sistema digital de perfuração PASON, por exemplo.

Como esta é uma função de grande responsabilidade, a formação é imprescindível e muito valorizada pelas empresas de extração de petróleo e gás. Nesse sentido, quanto mais formações tiveres na área, melhor. Além da formação, precisas passar num teste de drogas.

Como existem muitas vagas de trabalho para plataformas, é comum que os profissionais entrem como trabalhadores básicos e façam as formações depois nas plataformas petrolíferas (ou por conta da empresa para a qual já trabalham, ou então de forma independente).

Características importantes para atuar em Plataformas de Petróleo (onshore e offshore)

Se queres trabalhar em plataformas de petróleo, tanto onshore (em terra), como offshore (no mar), é importante que tenhas a certeza de que tens todas as características pessoais necessárias. Afinal de contas, este é um trabalho duro e, definitivamente, não é para qualquer pessoa.

Antes de mais nada, é importante dizer que é normal que as equipas de trabalho em plataformas petrolíferas façam turnos de 12 horas. Além disso, geralmente as equipas mantêm-se no local de trabalho durante 15 dias seguidos (com outros 15 dias de folga). Ou seja, vais ficar longe de casa e da tua família durante duas semanas, num trabalho pesado, com turnos extenuantes.

O trabalho numa plataforma petrolífera é muito pesado e tens de estar preparado fisicamente, principalmente os empregos básicos (que, regra geral, é por onde começas). Assim, tens de ter um bom condicionamento físico e tens de estar preparado para movimentar equipamentos pesados.

Outro aspeto a ter em conta é o clima. As plataformas de petróleo estão localizadas (a sua maioria) em locais com condições climáticas extremas. Tanto podes trabalhar com temperaturas superiores a 38 °C, como trabalhar com temperaturas abaixo dos 0°C (como acontece no Canadá, por exemplo).

Nas plataformas offshore (no mar), além da temperatura, tens ainda de lidar com ventos e ondas fortes (como acontece no Mar do Norte), e até furacões (como acontece no Golfo do México, EUA).

Por fim, tens de perceber de estás disposto a trabalhar sempre com um risco associado. As plataformas de extração de petróleo, tanto onshore, como offshore, são locais perigosos e com riscos diversos.

Além dos poços de petróleo estarem sob uma pressão extrema, vários equipamentos podem colocar em risco os trabalhadores. Além disso, existem sempre gases combustíveis em todas as operações numa plataforma petrolífera.

Onde estudar para Encarregado de Sonda?

Em Portugal, como esta é uma indústria não explorada, a oferta de formações é muito menor do que em países extratores de petróleo e gás natural, como o Brasil. No entanto, deixamos-te aqui algumas opções de formações na área.

Portugal:

Brasil:

  • Curso de Formação em Operador de Sonda de Perfuração – IFRN
  • Curso de perfuração de poços de petróleo em águas profundas – SQC Group

Se gostavas de trabalhar numa plataforma petrolífera ou de extração de gás natural, sabe, desde já, que não vai ser uma vida fácil. Serão muitos os desafios. Muitos dias longe de casa, turnos de trabalho de 12 horas e trabalho físico pesado. Mas, se esse é o teu sonho, e se te sentes um verdadeiro “petroleiro”, então arrisca e segue em frente. Nós desejamos-te o maior sucesso.  

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top