Engenharia Hidráulica / Engenharia Hídrica

Engenharia Hidráulica - Engenharia Hídrica

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Matérias relacionadas:

Física Matemática Química

Idiomas:

Inglês, Português

A Engenharia Hidráulica, ou Engenharia Hídrica, é a área que se dedica à gestão, exploração e aproveitamento dos recursos hídricos. Assim, o Engenheiro Hidráulico, ou Engenheiro Hídrico, tanto pode ajudar a projetar barragens como a planear o uso de águas de bacias hidrográficas.

A gestão dos recursos hídricos é cada vez mais importante devido ao problema da escassez de água. Essa é já uma situação muito grave em várias zonas do planeta. Mas as alterações climáticas estão a agravar-se ainda mais em quase todos os pontos da Terra.

Assim, neste âmbito, o papel da Engenharia Hidráulica é fundamental.

Esta área ajuda a planear e a gerir os recursos hídricos para responder às necessidades das populações, e da própria economia. Mas também tem preocupações ambientais para prevenir os impactos negativos da indústria, da agricultura ou da atividade urbana.

É, portanto, uma área que é importante conhecer melhor. Vem connosco aprender tudo sobre a profissão!

O que é a Engenharia Hidráulica ou Engenharia Hídrica

A Engenharia Hidráulica está associada à Engenharia Civil, mas também à Engenharia Sanitária e à Engenharia Ambiental. É a vertente que se ocupa da gestão dos recursos hídricos, ou seja, da água, mas também dos esgotos.

Portanto, é uma área essencial para o funcionamento das nossas cidades. No fundo, trata de aliar os interesses ambientais e de defesa do planeta com os interesses económicos e sociais.

A Engenharia Hídrica é quase tão antiga como a humanidade! Desde há milhares de anos que os humanos precisam de lidar com a água disponível na atmosfera.

Assim, ao longo da história, foram-se erguendo construções para proteção e aproveitamento deste recurso fundamental.

Barragens e aquedutos são apenas algumas das construções que têm mão do Engenheiro Hidráulico.

Quanto ganha um Engenheiro Hidráulico

O fator que mais influencia os salários praticados na área da Engenharia Hidráulica é a experiência do profissional. Claramente, os Engenheiros Hídricos iniciantes ganham menos.

E só ao cabo de cerca de 2 a 4 anos de trabalho na área passarão a ter o estatuto de profissionais juniores.

Portanto, para atingir o grau de mestre, um Engenheiro Hidráulico precisa de cerca de 8 a 10 anos de experiência. É a partir desse patamar que os salários são mais generosos.

Contudo, os valores dependem muito também da área e da própria empresa, ou entidade, onde o profissional trabalhe.

O que faz um Engenheiro Hídrico

Um Engenheiro Hidráulico usa os princípios da Engenharia para aplicar à gestão da água. Esta é a forma simplista de descrever a profissão.

Na prática, o Engenheiro Hídrico pode estar associado à construção de vários tipos de obras, incluindo redes de água, de esgotos e de irrigação e drenagem.

Mas também pode trabalhar nas áreas da captação e tratamento de águas, ou ainda na projeção de barragens, portos, diques e canais.

Mas, em termos gerais, podemos dividir o seu trabalho em quatro grandes vertentes:

  • Gestão de bacias hidrográficas
  • Estudos de impacto e de proteção ambientais
  • Operação de reservatórios (por exemplo, de represas e barragens)
  • Projetos de obras.

Em todos estes âmbitos, os Engenheiros de Hidrologia, como também são chamados, colaboram com outros profissionais, como os Hidrologistas.

O Hidrólogo, ou Hidrologista, é um profissional que trabalha numa vertente mais científica. A sua “praia” é a gestão de recursos hídricos e o planejamento de inundações, bem como a redução dos impactos das alterações climáticas.

Mas não se pense que o Engenheiro de Hidrologia descarta essa componente científica. Na verdade, recorre aos dados científicos dos Hidrologistas para projetar obras e sistemas. Assim, aplica no terreno os conceitos e as investigações da Hidrologia.

Contudo, as duas profissões têm um objetivo semelhante: a gestão da água e a proteção das pessoas e do ambiente, bem como a defesa dos interesses económicos das comunidades.

Quais as suas funções

Como já viste, a Engenharia Hidráulica dedica-se ao planeamento, à gestão e à construção de sistemas hídricos. O aproveitamento e a proteção dos recursos hídricos são os grandes “negócios” de quem trabalha nesta área.

Portanto, o que o Engenheiro Hídrico faz afeta o trabalho e o interesse de muitas outras profissões, desde Geólogos e Geógrafos a Agricultores e Aquicultor, passando até por Biólogos.

Nestas parcerias, a Engenharia Hidráulica pode ser utilizada em âmbitos tão diferentes como os seguintes:

  • Circuitos hidráulicos de geração de energia
  • Estruturas para desviar rios por causa de obras
  • Redes de irrigação e drenagem
  • Sistemas de bombeamento de água
  • Delimitar bacias hidrográficas
  • Redes de esgotos
  • Abastecimento de água
  • Obras portuárias
  • Barragens e centrais hidroelétricas
  • Diques para controlar inundações.

Mas a intervenção do Engenheiro Hídrico passa ainda por outras tarefas mais burocráticas, tais como:

  • Fazer relatórios
  • Definir especificações técnicas para certos projetos
  • Dar pareceres de inspeção de segurança
  • Definir instruções de campo para a realização de estudos hidráulicos
  • Ajudar a fazer propostas técnicas e comerciais
  • Reunir com clientes e fornecedores
  • Gerir projetos (incluindo os aspetos financeiros, além dos técnicos).

Saídas no Mercado de Trabalho

A falta de água é um problema cada vez mais sério, e mais abrangente por causa das alterações climáticas. Mesmo zonas que nunca tiveram este tipo de problema, começam a sofrer com ele.

Por outro lado, há também problemas com inundações imprevistas, com efeitos trágicos em várias comunidades.

Assim, o papel do Engenheiro Hidráulico é já essencial, mas a sua missão vai tornar-se ainda mais premente nos próximos tempos.

Em termos de saídas no mercado de trabalho, tanto o setor público como o privado são boas opções. Há várias áreas onde o Engenheiro Hídrico pode trabalhar, por exemplo, empresas de gestão de recursos hídricos e de saneamento básico.

Mas também podem trabalhar em instituições de diagnóstico e monitorização, ou mesmo em empresas de construção civil.

Outra alternativa de emprego são empresas de desenvolvimento tecnológico, onde podem ajudar a criar ferramentas de apoio à avaliação hídrica.

Os setores elétrico, de portos e hidrovias são também vias possíveis.

Como entrar na carreira de Engenheiro Hidráulico

Muitos dos profissionais que trabalham nesta área começam por fazer graduações em Agronomia ou em Engenharia. Mas, num segundo momento, fazem formação em Hidrologia e Hidráulica, ou especializações em Recursos Hídricos.

Contudo, não há um caminho único, ou uma via mais adequada. Há outras áreas como a Engenharia Ambiental que podem ser interessantes para quem quer seguir a via da Engenharia Hidráulica.

Além disso, precisa de ter conhecimentos técnicos muito precisos, como de análise estatística e de modelos hidráulicos.

Porém, para lá destas questões técnicas, é preciso ainda considerar alguns requisitos obrigatórios.

Assim, no Brasil, para ser Engenheiro Hídrico é preciso fazer a inscrição no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Em Portugal, é preciso obter a certificação como Engenheiro Especialista em Hidráulica e Recursos Hídricos que é atribuída pela Ordem dos Engenheiros. Mas para isso é preciso cumprir os seguintes requisitos:

  • Membro da Ordem dos Engenheiros
  • 10 anos experiência profissional na área da Hidráulica e Recursos Hídricos
  • Participação em estudos e projetos de obras hidráulicas com grande exigência técnica
  • Manter formação contínua na área.

Onde estudar Engenharia Hidráulica

Ainda não existem muitos cursos focados na Engenharia Hidráulica. Contudo, é sempre possível tirar algum curso em Engenharia e depois, fazer uma especialização em áreas como Recursos Hídricos, Hidráulica ou Gestão de Água.

Mas deves estar preparado para abordar matérias como Matemática, Física e Cálculo, entre outras.

Aproveita para espreitar os links que te deixamos de seguida, com sugestões que te podem ajudar a saber mais sobre a formação nesta área…

Portugal:

Brasil:

Agora que sabes o que é a Engenharia Hidráulica, ou Engenharia Hídrica, já tens uma ideia do que te espera se seguires esta área. Achas que tens um Engenheiro Hidráulico, ou Engenheiro Hídrico, dentro de ti? Prepara-te bem e segue em frente com confiança. Torcemos pelo teu sucesso.

Se ainda tens dúvidas, espreita o nosso Simulador de Profissões para teres acesso a outras profissões adequadas aos teus gostos e desejos.

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top