Engenheiro de Telecomunicações

Engenheiro de Telecomunicações

O engenheiro de telecomunicações é o profissional responsável por fazer o planeamento de sistemas eletrónicos e de telecomunicações, assim como tratar da sua operação e manutenção. É um profissional fundamental nos dias de hoje, pois é ele que garante a comunicação em todos os meios, seja telefone, televisão, rádio, dados em redes de computadores, entre outros.

Outros nomes para esta profissão: Engenheiro de Redes de Comunicação, Engenheiro Elétrico de Telecomunicações

  • Modalidades: Presencial, Ar Livre
  • Ordenado Médio Mensal: 1500€ - 2000€
  • Empregabilidade: Alta
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Física, Matemática, Materiais e Tecnologias, Química
  • Idiomas: Inglês, Português

Todas as redes de telecomunicações são desenvolvidas pelos engenheiros de telecomunicações. Estes têm uma excelente formação em eletrónica e elétrica, a qual permite que ele consiga criar novos equipamentos e construí-los.

São também estes profissionais que trabalham com os satélites, centrais de transmissão, de captação, fibra ótica, sinais digitais, centrais de codificação e retransmissão de sinais, entre outros.

Sendo assim, ele é fundamental para garantir que a rede de telefonia e transmissão de dados mundial funcione corretamente.

Se quer saber mais sobre esta profissão, então continue a ler este artigo e saiba o que faz um engenheiro de telecomunicações, quais as funções que desempenha no seu dia-a-dia, quais as saídas no mercado de trabalho que estão disponíveis, e o que precisa fazer para entrar nesta carreira.

O que faz um Engenheiro de Telecomunicações?

O engenheiro de telecomunicações trabalha com sistemas de telecomunicações e eletrónicos. Ele elabora projetos de desenvolvimento das tecnologias de informação, e é ele que os coloca em prática.

Na sua alçada estão a garantia da segurança, da qualidade, assim como da certificação e da documentação técnica. É também sua responsabilidade garantir o cumprimento de prazos, e garantir a eficiência dos custos.

Para exercerem a sua profissão, os engenheiros de telecomunicações precisam de conhecimentos sólidos de cálculo, assim como de modelos matemáticos. 

Desta forma, podemos dizer que os engenheiros de telecomunicações são os principais responsáveis por toda a tecnologia de receção e transmissão de dados, mas também são eles que têm a responsabilidade de criar e desenvolver os equipamentos necessários para esta transmissão e receção, como é o caso da televisão, a internet, o telefone, o fax, o telemóvel (celular) ou a rádio.

Para o desempenho destas funções, eles podem ter de elaborar plantas de estações de transmissão de sinais, centrais telefónicas, entre outras. Têm também de escolher os melhores equipamentos, e determinar a melhor forma para a transmissão desses dados, por cabos, fibras óticas, entre outras.

Dependendo do cargo que ocupam no seu trabalho, os engenheiros de telecomunicações podem, também, ter de avaliar o desempenho dos sistemas de telecomunicações, ficando responsáveis por verificar se a transmissão das informações está a ser feita da melhor forma, e se esses sinais estão a chegar ao local com perdas de informações mínimas.

Pode, ainda, estudar as condições ambientais das regiões e a topografia dessas mesmas, para conseguir perceber se existirão interferências, como montes ou prédios, as quais possam ser uma barreira para as redes de comunicações.

Quais as suas funções

O engenheiro de telecomunicações é, atualmente, um profissional de vanguarda, até porque a garantia da transmissão e receção de dados é fundamental para o funcionamento de toda a sociedade.

Tendo em conta que, nos dias atuais, o desenvolvimento das redes móveis é muito elevado, o engenheiro de telecomunicações mostra-se fundamental para o bom desempenho das mesmas. Por isso, muitas vezes, ele tem cargos de responsabilidade muito elevada, especialmente no que diz respeito à implementação dessas redes e da sua manutenção.

Além disso, ele desempenha, ou pode desempenhar, outras funções, dependendo da sua área de atuação. Vejamos!

  • Desenvolve projetos de redes de comunicação
  • Desenvolve equipamentos e aparelhos de telecomunicação
  • Dá suporte em tecnologias de mobilidade
  • Faz a gestão de serviços de telecomunicações
  • Vende equipamentos de telecomunicações
  • Desenvolve sistemas de transmissão de dados móveis
  • Desenvolve e cria sistemas de transmissão de dados digitais

Saídas no Mercado de Trabalho

O engenheiro de telecomunicações pode trabalhar em diversos locais, até porque, atualmente, é um dos profissionais essenciais para garantir o bom funcionamento de empresas, assim como são essenciais para a sociedade em si, garantido que transmissão dos dados chega a todas as regiões.

Poderá encontrar trabalho em empresas concessionárias de serviços de telecomunicações, fibra ótica, telefonia, ou empresas de infraestrutura para sistemas de telecomunicações.

Pode, ainda, encontrar trabalho na indústria eletroeletrónica. É possível também trabalhar com empresas dedicadas à pesquisa tecnológica e científica.

Os governos português e brasileiro têm também procurado desenvolver as redes de telecomunicações, tornando-se uma excelente oportunidade para o engenheiro de telecomunicações, o qual fica responsável por implementar tecnologia de ponta nesse sentido.

Como entrar na carreira de Engenheiro de Telecomunicações

Para tornar-se engenheiro de telecomunicações, deverá concluir o curso de engenharia correspondente.

Em Portugal, a licenciatura em engenharia de telecomunicações e informática tem uma duração de 3 anos. No entanto, aconselhamos a que siga para o mestrado, especialmente se quiser ter uma carreira sólida, consistente, e com possibilidades de progressão. O mestrado tem duração de 2 anos.

No Brasil, o curso é de grau bacharelado, e tem duração de 5 anos. Devemos dizer que este é um curso muito prático, e por isso só tem disponível a modalidade presencial.

Durante os primeiros semestres de curso, obterá conhecimentos sólidos de matemática, química e física.

Depois, poderá adquirir conhecimentos profundos sobre transmissões analógicas e digitais, transmissões por satélite, fibra ótica e telefonia.

Este curso está muito ligado a outras engenharias, por isso obterá conhecimentos também da engenharia elétrica e eletrónica.

O último ano de curso inclui um estágio obrigatório, assim como o trabalho de conclusão de curso.

Para poder exercer a sua profissão, precisa estar inscrito na Ordem dos Engenheiros.

Onde estudar Engenharia de Telecomunicações

Portugal:

Brasil:

Se quer uma profissão de futuro, então a escolha para se tornar engenheiro de telecomunicações é a mais indicada! Invista na sua formação e, com toda a certeza, será bem sucedido!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima