Forjador

forjador

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Ordenado Médio Mensal:

Mínimo - 1000€

Empregabilidade:

Média

Disciplinas do secundario:

Educação Física Materiais e Tecnologias Oficina de Artes

Idiomas:

Português

O forjador, ou ferreiro forjador, é o profissional que dá forma ao ferro, ou outros metais. Esta é uma profissão bem antiga, estimando-se que exista desde a descoberta do ferro. Apesar da sua antiguidade, hoje são poucos os jovens que seguem esta carreira.

A ideia de que trabalhos como o de ferreiro, pedreiro, cimenteiro, entre tantos outros, são menores, afasta os mais jovens de carreiras que podem, sim, oferecer excelentes oportunidades de trabalho.

A verdade é que nem todos nascemos para ser médicos (se assim fosse, o que seria da sociedade, não é verdade?) e existem carreiras que nos podem oferecer um bom futuro e que nos façam sentir realizados.

Se ainda não sabes bem qual a profissão certa para ti, mas se já sabes que não queres uma rotina de escritório, então estás no sítio certo.

Neste artigo vamos dar-te a conhecer a profissão de forjador. Vais aprender o que faz este trabalhador, quais as funções que tem no seu dia a dia, as saídas no mercado de trabalho, assim como o que precisas fazer para seguir esta carreira.

Vamos?

O que faz um Forjador?

O forjador é a pessoa que trabalha o ferro e outros metais, dando-lhes forma, a quente ou a frio. Se olharmos à nossa volta, podemos perceber facilmente o trabalho de um ferreiro forjador, desde os simples pregos, às grandes construções em ferro, típicas do século XIX, e às mega-construções atuais.

Este artesão é muitas vezes confundido com o serralheiro, mas os dois executam trabalhos diferentes.

O serralheiro corta e serra o ferro em pedaços para depois voltar a juntá-los, de acordo com o desenho técnico, a partir de solda.

O ferreiro forjador não utiliza solda para unir as peças metálicas. Antes, ele usa tarugos, cravos, rebites e samblagens.

Também é comum confundir um forjador com um fundidor. Neste último caso, falamos de um artífice que funde ferro, entre outros metais, para depois lhe dar uma forma.

Agora que entendemos melhor a diferença entre estes profissionais, vamos ver com maior detalhe o que faz um forjador no seu dia a dia.

Quais as suas funções

O forjador, ou ferreiro forjador, tem como função principal trabalhar o ferro, entre outros metais. Mas como ele consegue fazer isso? Quais tarefas ele tem de desempenhar no seu dia a dia?

Vejamos!

  • Fabricar diferentes artigos em metal, como, por exemplo, ferramentas agrícolas, ferro forjado artístico, artigos de cutelaria, pregos, fechos, cavilhas, dobradiças e puxadores
  • Reparar artigos em metal
  • Aquecer material que vai ser usada num forno, ou forja
  • Martelar, cortar e furar o metal
  • Dar forma ao metal de acordo com os desenhos e especificações técnicas
  • Reparar equipamentos metálicos
  • Usar instrumentos de verificação e medida
  • Usar martelo pilão para martelar as peças em metal
  • Fabricar ferraduras, tendo em conta as características do animal

É importante que os forjadores sigam todas as normas de saúde, higiene e segurança no trabalho. Embora não seja um trabalho considerado perigoso, tem os seus riscos. A melhor forma de prevenir acidentes é usando sempre os equipamentos de proteção individual.

Conhece também a profissão de Armador de Ferro

Saídas no Mercado de Trabalho

O forjador encontra trabalho normalmente na indústria metalúrgica. No entanto, é possível também trabalhar em oficinas de peças em metal, por exemplo, ou em oficinas de forja artesanal.

Podes trabalhar para uma empresa, mas também podes trabalhar como profissional autónomo. Neste caso, as tuas funções vão um pouco mais além daquelas que mencionamos. Além de teres de tratar de orçamentos e contabilidade, também vais ser responsável pelo marketing da empresa.

Outro aspeto a ter em conta, quando seguimos uma carreira independente, é que temos uma carga de impostos superior, assim como poucas regalias sociais (quase nenhumas, a bem da verdade). Além disso, vivemos sempre na incerteza do dinheiro que vamos ganhar durante o mês. Se existem meses em que a faturação é boa, outros meses não é bem assim.

É essencial ter uma boa gestão do dinheiro para que não corra o risco de gastar tudo e no mês seguinte não ter rendimentos suficientes para as suas despesas.

Ainda não tens a certeza se esta é a melhor profissão para ti? Então experimenta os nossos Testes Vocacionais!

Como entrar na carreira de Forjador?

Se queres seguir uma carreira como forjador, então deves saber, desde já, que não existe um curso que te ensine esta arte. Sendo uma profissão passada de pais para filhos, de geração em geração, a maior parte dos profissionais acabou por aprender na prática, com os mais velhos.

Se não tens ninguém na família com esta profissão, a melhor opção é procurares trabalho como aprendiz, ou ajudante de forjador. Assim, vais aprender, aos poucos, esta arte tão antiga de moldar o ferro e outros metais.

Existem alguns cursos profissionais para áreas complementares, como a de armador de ferro ou ferreiro. Se quiseres, também podes fazer estes cursos para te ires familiarizando com o trabalho em metal.

Uma vantagem de fazermos estes cursos é que nos permitem entrar no mercado de trabalho mais rápido. Como muitos envolvem um estágio profissional, podemos conseguir uma oportunidade de trabalho ainda antes de terminarmos o curso.

Onde estudar para Forjador?

Portugal:

Brasil:

Gostaste da profissão de forjador? Se é esta a carreira que queres para a tua vida, então dedica-te bastante a aprender este ofício. Não te vais arrepender, com toda a certeza! Nós desejamos-te muito sucesso!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top