Revisor de Textos Braille

Revisor de Textos Braille

Resumo da profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Literatura Matemática

Idiomas:

Português

O Revisor de Textos Braille é a pessoa que confere se os textos escritos nesse sistema de leitura para cegos, ou pessoas com deficiência visual, estão corretos. Mas também pode fazer pesquisa e ajudar no Ensino.

A inclusão é, cada vez mais, uma prioridade de Governos e empresas privadas. As pessoas com incapacidades têm direito a ser cidadãos como os demais e, portanto, é preciso garantir todos os meios para que isso suceda.

Neste âmbito, o Sistema Braille surge como fundamental para a alfabetização de crianças cegas. Mas também é fundamental para a formação e a comunicação de adultos com incapacidades visuais.

Assim, o Revisor de Textos Braille tem um papel muito relevante, para garantir que as publicações estão corretas e que fazem sentido.

Mas continua a ler para saber tudo desta profissão!

O que é o Sistema Braille

Trata-se de um código universal de leitura tátil e de escrita que é usado por pessoas cegas ou com incapacidades visuais.

Assim, o Sistema Braille funciona através de pontos e relevos que permitem fazer dezenas de combinações para representar letras, acentos, pontuações e algarismos.

Portanto, ajuda a ler textos em língua portuguesa ou em qualquer outra língua, mas também os números da Matemática, as fórmulas da Química, as pautas de Música e os algoritmos de Informática.

O Sistema Braille é fundamental para que as pessoas cegas tenham acesso ao mundo da leitura e da escrita. Mas também é uma porta de entrada no mundo e no mercado de trabalho.

O método foi inventado pelo francês Louis Braille no início do Século XIX e, hoje em dia, é usado por milhões de pessoas em todo o mundo.

O que faz um Revisor de Textos Braille

O trabalho do Revisor é revisar textos em Braille para garantir que estão corretos, que fazem sentido e que estão ao nível esperado.

Assim, esse profissional integra equipas de trabalho com outras pessoas para assegurar que as produções em Braille têm qualidade.

A sua atuação costuma envolver uma parceria entre um Revisor Braille com incapacidade visual e um assistente sem problemas de visão.

Deste modo, após a organização dos textos em Braille, usando equipamentos específicos para o efeito, é a hora de o Revisor entrar em jogo para a conferência do conteúdo.

O profissional tem, então, de conferir que o texto original está correto na sua versão em Braille. Essa missão passa por detetar erros e partes confusas, mas também eventuais escolhas desadequadas.

Quais as suas funções

Hoje em dia, já existem tecnologias assistivas que permitem “ouvir” um livro ou um filme graças ao trabalho de profissionais como o Audiodescritor ou o Leitor ou Ledor de Braille.

Contudo, o Sistema Braille continua a ser fundamental, até porque permite uma experiência única que a tecnologia ainda não permite.

Além disso, ao nível do Ensino, mantém-se como um código essencial, sem o qual a formação estaria vedada a pessoas com incapacidades.

Assim, o Revisor também pode atuar neste âmbito, ajudando o Professor de Braille, ou outros docentes, nas atividades de Ensino e pesquisa.

Mas, onde quer que trabalhe, terá sempre de ter um profundo conhecimento do Sistema Braille para saber usar da forma correta a grafia no âmbito do Português, da Matemática, da Física ou de outras áreas.

A sua grande missão é corrigir erros que o Transcritor de Braille possa ter deixado passar, bem como apontar-lhe o que é preciso retificar.

Quanto ganha um Revisor de Braille

Os ordenados nesse setor dependem muito do local de trabalho. Vê que é muito diferente trabalhar numa instituição de ensino privada ou numa agência governamental, até em termos de benefícios sociais.

Portanto, é preciso ter em conta esse fator na hora de pensar nos ganhos de um Revisor de Braille.

Além disso, a própria experiência e capacitação do profissional também são importantes.

Assim, podes tentar perceber qual é a política salarial antes de entrar numa empresa. Mas o essencial é que te sintas preparado para a missão que terás pela frente.

Saídas no Mercado de Trabalho

A inclusão e a acessibilidade são cada vez mais relevantes na nossa sociedade. As instituições públicas já estão obrigadas a cumprir certos requisitos para a integração de pessoas com incapacidades.

Portanto, há uma crescente aposta em profissionais de apoio no âmbito da Educação Inclusiva, mas também nos serviços públicos em geral.

Assim, o Revisor de Textos Braille pode ter boas oportunidades de emprego. Até porque, em algumas áreas, já é obrigatória a sua inclusão nos processos de produção de textos neste código específico.

Algumas das saídas para esses profissionais passam por:

  • Editoras de Livros em Braille
  • Fundações e organizações dedicadas à inclusão
  • Agências e entidades governamentais
  • Instituições de Ensino
  • Associações de apoio a invisuais.

Como entrar na carreira de Revisor de Braille

Esse trabalho é, muitas vezes, desempenhado por pessoas com incapacidades visuais. São, portanto, profissionais com uma experiência única na leitura e na comunicação com este código.

Contudo, há cada vez mais pessoas sem qualquer problema de visão a aprenderem Braille. Até porque qualquer pessoa pode aprender esse Sistema, mesmo sem ser invisual. Nesses casos, a forma de aprendizagem é diferente, pois em vez de “lerem” com o tato, vão acabar por o fazer de forma visual.

Independentemente disso, a entrada na profissão costuma ser feita com o Ensino Médio completo e um certificado de habilitação de uma entidade reconhecida pelo Ministério da Educação ou por uma associação representativa das pessoas com incapacidades visuais.

Contudo, as pessoas com mais de três anos de experiência a trabalhar na área, podem não precisar desse certificado. Mas tudo depende do cargo a que concorrem e da empresa envolvida.

Portanto, o melhor que tens a fazer, é mesmo estudar!

Onde estudar Braille

A maioria dos cursos são promovidos por associações que representam pessoas invisuais, ou também por entidades governamentais que atuam no setor da inclusão.

Contudo, também começam a aparecer pós-graduações dedicadas a esse sistema e a tecnologias assistivas.

Assim, só tens de procurar a escolha certa para ti!

Vamos ajudar-te com alguns links que podem ser do teu interesse…

Portugal:

Brasil:

Agora que já sabes o que é e o que faz o Revisor de Textos Braille, estás certo de que é isto que queres para o teu futuro? Se a resposta é sim, torcemos pelo teu sucesso!

Mas continuas com dúvidas? Faz Testes Vocacionais e encontra a profissão certa para o teu perfil!

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top