Técnico de Informática

Técnico de Informática

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Teletrabalho, Presencial

Matérias relacionadas:

Informática Matemática

Idiomas:

Inglês, Português

O Técnico de Informática ajuda as pessoas a resolverem problemas relacionados com computadores. Assim, trata da reparação e manutenção destes equipamentos e, para isso, percebe tanto de hardware como de software.

Os computadores são dominantes no dia a dia da maioria das pessoas. O que seria de nós sem eles? Já nem sabemos responder a uma pergunta dessas!

E quando o computador de que tanto precisamos para o nosso trabalho, os estudos ou o lazer, avaria ou começa a funcionar mal, é uma dor de cabeça sem fim.

Neste cenário, o Técnico de Informática é essencial, pois pode “salvar-nos a vida” em situações de apuro. Portanto, trabalho não falta a estes profissionais.

O mercado de trabalho tem estado bastante ativo para quem é Técnico em Informática e não se espera que as coisas abrandem, logo é uma profissão em alta.

Mas vem saber tudo da rotina desse profissional…

O que faz um Técnico de Informática

O Técnico de Informática é essencial para prestar apoio a clientes particulares e a empresas no âmbito da instalação, manutenção e reparação de computadores. Assim, tem de ser um craque em sistemas de computadores e de redes.

Este profissional é responsável por instalar e manter hardware e software, bem como por resolver problemas associados. Deste modo, tem de ser um “solucionador”. Portanto, tem uma enorme capacidade de desbloquear situações e de detetar falhas.

O trabalho costuma ser feito em escritórios fechados e ao longo de várias horas. Portanto, se a ideia de ficares colado à secretária por muito tempo te irrita, esta não será a profissão certa para ti.

Como é a rotina de trabalho?

A rotina de um Técnico de Informática passa por usar ferramentas como computadores, impressoras e telefones. Mas também pode ter de lidar com equipamentos pesados no âmbito de instalações de hardware.

As suas funções podem variar conforme o tipo de formação e de especialização do Técnico em Informática, mas passam por analisar PCs, portáteis e sistemas.

Contudo, podemos dividir a área de atuação desse profissional em seis vertentes:

  • Reparações (diagnóstico e resolução de problemas de hardware e/ou software)
  • Redes (instalação e configuração de redes de computador)
  • Held desk e apoio ao cliente (em empresas ou lojas de equipamentos informáticos, por exemplo)
  • Servidores (resolver problemas e manter o sistema seguro)
  • Perícia informática (analisam computadores e sistemas para detetar atividades criminosas para agências do Estado ou polícias)
  • Ensino (podem dar formação ou aulas na área da Informática).

Alguns Técnicos de Informática podem trabalhar em mais do que uma destas vertentes, enquanto outros podem especializar-se em alguma. Tudo depende do percurso e dos gostos pessoais de cada um.

Quais as suas funções

As funções de um Técnico em Informática passam, essencialmente, por instalar, manter e reparar computadores, sistemas e redes. Portanto, tem de ser um “génio” neste âmbito, juntando um ótimo leque de conhecimentos técnicos e de experiência.

O seu papel passa por “aliviar” as preocupações das pessoas, ou das empresas, resolvendo os problemas que enfrentam com equipamentos informáticos.

Assim, as principais funções de um Técnico de Informática são as seguintes:

  • Configurar e reparar hardware
  • Instalar e reparar software e drivers
  • Reparar computadores e outros periféricos (por exemplo, routers)
  • Responder a dúvidas técnicas
  • Fazer atualizações de software
  • Resolver bugs e falhas
  • Instalar e configurar sistemas e redes, gerindo servidores e IPs
  • Gerir opções de segurança em computadores e redes
  • Atualizar sistemas
  • Fazer manutenção de computadores e corrigir ineficiências
  • Testar e implementar novos programas de software.

Quanto ganha um Técnico de Informática

Os salários nesta área variam conforme vários fatores, incluindo a localização geográfica, o tipo de trabalho exercido e a experiência do profissional.

Contudo, trata-se de uma atividade que pode garantir bons ganhos, mesmo para quem quer trabalhar como freelancer.

Vê que há muitas pessoas que não entendem nada de computadores e, portanto, precisam de ajuda até para as ações mais básicas de atualização e manutenção dos seus equipamentos.

Portanto, o Técnico de Informática pode aproveitar aquilo que é uma procura contínua por suporte informático, seja dentro ou fora das empresas, para retirar bons ganhos.

Saídas no Mercado de Trabalho

Os Técnicos de Informática podem trabalhar em diversos locais, desde todo o tipo de empresas até lojas de venda de equipamentos informáticos e de eletrónica.

Além disso, podem trabalhar em locais de reparação de computadores ou ter até o seu próprio negócio. Mas também podem trabalhar para agências ou entidades governamentais.

Muitas vezes, são contratados por grandes empresas para integrarem os seus departamentos de Tecnologias de Informação (TI). Mas até podem ter oportunidades em pequenas empresas.

Os computadores e os sistemas informáticos existem, hoje em dia, em quase todas as áreas de atividade. Portanto, não faltam saídas para esses profissionais!

Mas o mercado vai continuar a contratar Técnicos de Informática à medida que mais empresas precisam das TI para as suas operações diárias.

Como entrar na carreira de Técnico de Informática

A maioria dos Técnicos em Informática entra na área através de cursos que garantem a certificação mais básica para os iniciantes na carreira. Portanto, ficam habilitados a resolver os problemas fundamentais dos computadores.

Assim, para sonhar trabalhar neste ramo, tens de ter uma formação de base em Informática antes de tudo. Mas a Certificação também é um dado importante que reforça as tuas competências no mercado de trabalho.

Certificação para Técnico de Informática

A Certificação é uma forma de atestar a qualidade de um Técnico de Informática numa dada área ou nível de aprendizagem. Portanto, algumas empresas podem pedir Certificações em certas temáticas na hora de preencherem as suas vagas de emprego.

Este processo de certificação passa por fazer formação e exames específicos. Há empresas que têm programas de treinamento e promovem o chamado Exame de Certificação de TI, com, por exemplo, a Amazon e a Computing Technology Industry Association (CompTIA).

As Certificações de TI da CompTIA estão entre as mais conhecidas e algumas delas são:

  • A+
  • Network+
  • Security+
  • Project+
  • IT Operations Specialist
  • Secure Infrastructure Specialist.

Mas existem ainda as Certificações:

  • Amazon AWS Cloud Practitioner
  • CIW User Interface Designer
  • LPI Linux Essentials
  • ITIL®1 Foundation Certification.

O que é preciso para ser Técnico de Informática

Há vários requisitos que podem ser fundamentais para ter sucesso nesta área, como, por exemplo:

  • Formação adequada em Informática
  • Certificações em TI
  • Muita experiência com hardware e software
  • Capacidade de resolver problemas
  • Boas qualidades de comunicação.

Onde estudar para Técnico de Informática

A formação superior não é essencial para quem quer seguir esta carreira. Até porque há vários cursos profissionais ou técnicos de Informática que são ótimos para capacitar um profissional nesta área.

Contudo, a Licenciatura em Engenharia Informática também pode ser uma boa escolha. Mas tudo depende do perfil da pessoa e do que deseja fazer do seu futuro.

Para te ajudar, deixamos-te de seguida alguns links para chegares à formação certa para ti…

Portugal:

Brasil:

Agora que já sabes o que faz um Técnico de Informática e o que é preciso para entrares nesta carreira, sentes que é a profissão que te vai fazer feliz? Se é o caso, segue em frente! Estamos a torcer pelo teu sucesso.

  • Ainda tens dúvidas quanto ao teu futuro? Faz Testes Vocacionais para encontrares a profissão certa para o teu perfil!
Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top