Gestor de Carreiras Desportivas

gestor de carreiras desportivas

Resumo da profissão

Modalidades:

Teletrabalho, Presencial

Matérias relacionadas:

Direito Economia Educação Física Informática Psicologia

Idiomas:

Inglês, Português

O gestor de carreiras desportivas é o profissional que ajuda os atletas em diversos aspetos das sucas carreiras, como, por exemplo, encontrar patrocinadores e trabalhar a rede de fãs. Sem dúvida, este gestor é fundamental na vida de qualquer atleta, principalmente atletas profissionais que têm de lidar com muito mais do que apenas o desporto.

Qualquer atleta sonha em ter muito sucesso no desporto, mas a verdade é que maior parte não tem recursos para conquistar todos os objetivos de carreira. Nesse sentido, os gestores de carreiras desportivas são essenciais.

Se és um apaixonado pelo mundo do desporto, mas não queres ser um atleta profissional, ou se já foste um atleta e procuras uma nova carreira, então continua connosco e descobre aqui o que faz um gestor de carreiras desportivas, quais as suas tarefas no dia a dia, as possíveis saídas no mercado de trabalho e outras dicas úteis para seguires esta profissão.

Vamos?

O que faz um Gestor de Carreiras Desportivas?

O gestor de carreiras desportivas é o profissional que trata de toda a carreira de um atleta, incluindo a prospeção de contactos dentro do meio, conseguir patrocinadores ou até gerir e expandir a base de fãs dos atletas.

Este é o profissional responsável por identificar e construir relacionamentos importantes para ajudar os atletas a alcançarem seus objetivos desportivos. Isso inclui arranjar patrocínios fortes e promover eventos e competições específicas dada a situação do mercado, por exemplo.

Além disso, os gestores também trabalham diretamente com outras partes interessadas – incluindo famílias dos atletas, treinadores, clubes e empresários – para garantir que todos tenham os melhores resultados possíveis nos negócios desportivos.

É importante que o gestor dê grande importância às interações humanas. Ele precisa perceber rapidamente as necessidades dos clientes e estabelecer uma excelente comunicação verbal para cuidar bem desta área complexa.

Também é essencial ser fluente em informática, assim como é crucial ter conhecimentos (pelo menos básicos) de contabilidade, até porque muito da carreira envolve lidar com assuntos financeiros. Este profissional deve também saber ler contratos legais, de forma a aconselhar da melhor forma os atletas.

Por último, mas não menos importante, o gestor de carreiras desportivas tem de ser criativo, pois ajuda imensamente quando se trata de procurar novas formas de atrair potenciais patrocinadores e gerar receita para todas as partes envolvidas.

Quais as suas funções

A principal função do gestor de carreiras desportivas é gerir a carreira do atleta, principalmente as questões que ultrapassam as “linhas do campo”. Ou seja, ele trata de todos os assuntos da carreira que o próprio atleta não é capaz de resolver, como:

  • Fazer contactos dentro do meio desportivo importantes para a carreira do atleta
  • Conseguir bons patrocinadores para o atleta
  • Gerir e expandir a base de fãs do atleta
  • Identificar habilidades e pontos mais fracos do atleta
  • Avaliar obstáculos que precisam ser ultrapassados
  • Desenvolver um plano de carreira capaz de trazer resultados
  • Negociar contratos de trabalho
  • Gerir os direitos de imagem do atleta
  • Tratar de assessorias de imprensa e financeira
  • Descobrir novos talentos

Qualquer atleta que queira ser reconhecido pelo seu trabalho tem de pensar em ter um gestor de carreiras para desportistas, até porque, hoje, ele é uma figura central na vida dele. O seu trabalho vai contribuir para que o atleta consiga uma alta performance, deixando-o livre e despreocupado para se ocupar apenas dos treinos.

Além disso, o gestor de carreiras desportivas é também responsável por fazer o planeamento da pós-carreira do atleta. Como sabemos, estes têm uma vida profissional muito curta. Nesse sentido, ter um plano para os médio e longo prazos é indispensável para que o atleta tenha uma vida tranquila.

Saídas no Mercado de Trabalho

O gestor de carreiras desportivas é um trabalhador autónomo. Ou seja, se quiseres seguir esta profissão, vais ser o patrão de ti mesmo. Esta questão traz-te muitas vantagens. Não tens um horário rígido a cumprir, ganhas mediante os teus resultados e realizas as tarefas de acordo com o que achas que é o mais correto.

No entanto, tens também algumas desvantagens. A maior delas é a insegurança. Quando trabalhas por conta própria, não tens um salário fixo, o que faz com que não saibas, ao certo, quanto vais ganhar todos os meses.

Além disso, os encargos financeiros também são maiores, principalmente porque a carga fiscal em impostos é mais elevada. Por isso, ao considerares seguir esta profissão, deves ter em conta todas as despesas associadas à profissão.

Se, por um lado, não tens um horário a cumprir, por outro lado, quando trabalhas por tua conta, acabas por trabalhar mais do que uma pessoa normal. Afinal de contas, todas as horas de trabalho vão converter-se em mais dinheiro e objetivos alcançados.

Apesar das desvantagens, esta é uma profissão que pode ser altamente lucrativa. Portanto, se esse é o teu sonho, vai em frente.

Como entrar na carreira de Gestor de Carreiras Desportivas?

Não existe uma formação exigida ao gestor de carreiras desportivas para que estes possam trabalhar na área. No entanto, alguns aspetos são levados muito em conta, entre os quais destacamos aqui:

  • Ter laços fortes dentro da indústria desportiva
  • Ter conhecimentos de financiamento desportivo
  • Ter conhecimentos de informática e contabilidade
  • Ser fluente em inglês (pois muitas vezes terá de comunicar-se com pessoas de outras nacionalidades)

Além destes aspetos, é importante que os gestores de carreiras desportivas sejam capazes de avaliar a qualidade de qualquer atleta. Eles devem ser exímios em descobrir novos talentos e, como tal, entender do desporto no qual trabalham é crucial.

Também é importante que os gestores de carreiras de desportistas conheçam o mínimo do enquadramento legal e regulamentar que se aplica à atividade, assim como as suas especificidades.

Como muito da sua carreira passa por negociar com outras pessoas, é crucial que este profissional domine técnicas de negociação e seja um excelente comunicador.

Por fim, deve ser um líder nato, capaz de motivar qualquer pessoa a ultrapassar obstáculos e melhorar a cada dia.

Onde estudar para Gestor de Carreiras Desportivas?

Apesar de não ser exigida uma formação ao gestor de carreiras desportivas, existem alguns cursos já destinados a formar este profissional, dando-lhes ferramentas importantes para o desempenho das suas funções. Vejamos aqui algumas opções.

Portugal:

  • Curso de Especialização em Agenciamento e Gestão de Carreiras em Futebol – Universidade Europeia
  • Intermediação Desportiva – Formação Avançada – UP MIND

Brasil:

O teu sonho é seguir uma carreira como gestor de carreiras desportivas? Então não deixes de investir em conhecimento na área, principalmente no desporto no qual pretendes atuar, e trabalha bastante para conseguires uma base de contactos no meio forte. Nós, do Guia das Profissões, desejamos-te muito sucesso.

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *