Guindasteiro Offshore (Crane Operator)

Guindasteiro Offshore (Crane Operator)

Resumo da profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Educação Física Física Matemática Materiais e Tecnologias

Idiomas:

Inglês, Português

O Guindasteiro Offshore, também conhecido como Crane Operator, Crane Driver ou Operador de Guindaste, é um profissional que atua em plataformas offshore (no mar) de extração de petróleo e gás natural. Ele é o responsável por movimentar as cargas não líquidas das plataformas (tanto matérias como pessoas).

O trabalho dos Guindasteiros Offshore não é fácil e é um cargo de grande responsabilidade. Além de terem de trabalhar em espaços muito reduzidos, lidam com condições do mar muito dinâmicas, exigindo grande concentração e habilidade com o guindaste.

O dia a dia numa plataforma de extração de petróleo e gás natural não é fácil, principalmente em plataformas offshore (no mar). No entanto, quem vive esta carreira sente-se muito realizado no seu trabalho e não imaginam como seriam as suas vidas fora das plataformas.

Se esta é uma carreira que te interessa, então estás no sítio certo. Aqui vamos mostrar-te tudo sobre a profissão de Guindasteiro Offshore (Crane Operator) e o que precisas fazer para seguir esta carreira.

Vens connosco?

O que faz um Guindasteiro Offshore (Crane Operator)?

O Guindasteiro Offshore, conhecido como Crane Operator, Crane Driver ou Operador de Guindaste, movimenta a carga não líquida (matérias e pessoas) que entra e/ou sai da plataforma de extração e produção de petróleo e gás natural. Muitas vezes, eles têm de deslocar pessoas e matérias entre os rebocadores e as plataformas lidando com condições dinâmicas do mar, o que torna o seu trabalho difícil.

Além de ter de lidar com as condições do mar, ele opera os guindastes em espaços muito reduzidos, o que faz com que seja necessário ter uma grande habilidade, mas também muita concentração.

Como a movimentação de matérias e pessoas na plataforma envolve sempre alguns riscos, é importante que este profissional siga sempre todas as normas de segurança, mas também é fundamental que sejam tomados todos os cuidados com a segurança de todos os que estão envolvidos na operação.

Se queres saber mais sobre o dia a dia desta profissão, assiste ao vídeo que te trazemos aqui.

Quais as suas funções

O Guindasteiro Offshore tem como principal função realizar a movimentação de cargas não líquidas que entram e/ou saem da plataforma. A carga não líquida envolve matérias, mas também pessoas. Em qualquer dos casos, é fundamental que o profissional siga todas as normas de segurança e esteja sempre concentrado no seu trabalho.

O dia a dia numa plataforma offshore envolve perigos constantes. A queda de qualquer material durante a movimentação da carga pode significar um risco para os trabalhadores da plataforma e para o próprio Guindasteiro. Além disso, um erro pode causar um prejuízo de milhões (como pudemos ver no vídeo acima).

Além dessas funções, este profissional também é responsável por:

  • Realizar inspeções aos guindastes, assim como aos sistemas hidráulicos
  • Fazer o registo de movimentações
  • Realizar pequenas reparações nos guindastes

É importante dizer, ainda, que a vida numa plataforma offshore não é nada fácil e nem todos se adaptam à rotina. Geralmente ficas durante 15 dias seguidos dentro da plataforma e outros 15 dias em terra. Durante o trabalho, os turnos são longos (podes ter turnos de até 12 horas) e sob condições difíceis (muito calor, muito frio, agitação marítima forte, entre outras).

Saídas no Mercado de Trabalho

Em Portugal não existem plataformas de produção e extração de petróleo e gás natural (muito embora se tenha falado na possibilidade de desenvolver esta indústria na zona do Algarve). Por isso, se queres seguir esta carreira, terás de procurar emprego noutros países, como os do Médio Oriente, Brasil, Canadá, Noruega, entre outros.

O Brasil é um dos maiores produtores de petróleo, o que te pode dar boas perspetivas de carreira. No entanto, a maior parte dos profissionais são subcontratados. Noutros países, como no Canadá ou Noruega, os profissionais entram para os quadros da empresa, o que lhes oferece maior estabilidade e melhores condições de trabalho.

Como entrar na carreira de Guindasteiro Offshore (Crane Operator)?

Para te tornares Guindasteiro Offshore, antes de mais nada, tens de ter um curso de movimentação de carga. No entanto, para atuares no mundo offshore, é fundamental teres experiência a bordo de uma plataforma offshore. Por isso, é normal que comeces como Homem de Área, Plataformista, ou como Assistente de Guindasteiro (neste caso já tens de ter muita experiência como Operador de Grua e Guindastes em terra), mesmo que já tenhas habilitações para exerceres essa função.

Um curso de Operador de Guindaste não é suficiente para conseguires uma vaga numa plataforma. Mesmo que tenhas habilidade com um guindaste, o trabalho numa plataforma envolve teres de lidar com a dinâmica do mar. É por essa razão que o mais comum é que comeces noutros cargos, para teres experiência e conhecimento do quotidiano de uma plataforma.

Ter um curso de movimentação de carga é fundamental para cresceres profissionalmente, assim como cursos de trabalho em altura, CBSP (Curso Básico de Segurança de Plataforma), espaço confinado e MCIA (Curso de Manobra e Combate a Incêndio de Aviação).

Como a maior parte dos empregos em plataformas offshore é em países estrangeiros, ter inglês bom/fluente é essencial. Por isso, se queres ser bem-sucedido nesta carreira, investe num bom curso de inglês e, preferencialmente, um curso ou professor que te prepare para o vocabulário usado dentro de uma plataforma offshore de extração de petróleo e gás natural.

Se quiseres ter a oportunidade de trabalhar como Operador de Guindastes em terra, ou se quiseres começar nessa área para ganhares experiência, aconselhamos-te a que leias o nosso artigo sobre a profissão de Operador de Grua e Guindastes.

Onde estudar para Guindasteiro Offshore (Crane Operator)?

Como vimos anteriormente, não basta teres habilidades com o manuseio de um guindaste. É fundamental teres um curso de movimentação de carga, mas também cursos de trabalho em altura, espaço confinado, CBSP e MCIA.

Em Portugal, a oferta de cursos nesta área não é grande, até porque é uma indústria inexistente no país. Pelo contrário, no Brasil encontras muitas formações boas. Vamos deixar-te aqui algumas opções.

Portugal:

  • Curso Trabalhos em Altura – LTM
  • Oil & Gas production overview – High Skills
  • Petróleo e Gás – SGS

Brasil:

Gostavas de seguir uma carreira como Guindasteiro Offshore? Então investe na tua formação e nunca desistas dos teus objetivos. Com toda a certeza, vais conseguir tudo aquilo a que te propuseres. Sucesso!

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top