Inventor de Brinquedos

Inventor de Brinquedos

Resumo da profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

História da Cultura e das Artes Materiais e Tecnologias Oficina de Artes Psicologia

Idiomas:

Inglês, Português

O Inventor de Brinquedos é um especialista em imaginação, pois consegue dar forma aos sonhos das crianças e não só! Assim, cria brinquedos para miúdos e graúdos e pode dedicar-se ao Design de Brinquedos ou ao seu fabrico, ou a ambos em simultâneo.

A indústria dos brinquedos é uma das mais fortes do mundo, mas também uma das mais exigentes. Afinal, os mais pequenos são críticos ferozes que não calam aquilo que pensam.

O Inventor de Brinquedos é, deste modo, uma peça essencial para a satisfação dos consumidores – sobretudo dos mais novos.

Além disso, ajuda a alimentar a imaginação e até pode contribuir para o desenvolvimento e o crescimento saudável das crianças.

Se queres deixar à solta a criança que há em ti, vem connosco descobrir esta profissão!

O que faz um Inventor de Brinquedos

Como o nome indica, este profissional dedica-se a criar brinquedos que tanto podem ser para crianças como para adultos. Vê que esta indústria do entretenimento chega a todas as idades!

Mas o trabalho do Inventor de Brinquedos pode variar muito conforme a empresa onde trabalhe. Assim, pode dedicar-se apenas a imaginar e a projetar brinquedos, ou pode também fazê-los com as suas próprias mãos.

Deste modo, o Inventor pode ter uma vertente mais de Designer de Brinquedos ou de Fabricante de Brinquedos, ou ainda acumular estas duas áreas.

Designer de Brinquedos

Quando se trabalha no Design de Brinquedos, começa-se por estudar as características desejadas, tal como o tamanho, a forma e os materiais a usar. Mas também é preciso ter em conta o estilo e a área de atuação da marca, bem como o tipo de público a que se destina.

Esse processo é muito semelhante ao trabalho de um Designer de Produto. De resto, esta vertente segue os conceitos gerais do Design.

Muitas vezes, o Designer pode ter de criar ele próprio os designs como um verdadeiro Inventor de Brinquedos, ou pode seguir indicações e orientações. Mas mesmo neste caso, fica sempre com uma boa margem para inovar e criar.

Contudo, pode ter de cumprir certos requisitos para, por exemplo, responder a objetivos de desenvolvimento motor e mental das crianças.

Fabricante de Brinquedos

Mas o Inventor de Brinquedos pode também fazer ele mesmo as suas criações. Portanto, neste caso, será alguém que projeta e cria os seus próprios brinquedos.

Contudo, também pode trabalhar para empresas, integrado nas suas equipas de desenvolvimento de novos produtos.

Assim, poderá participar na criação de novos brinquedos, mas também intervir na sua fabricação, por exemplo, para fazer “nascer” produtos da madeira como um verdadeiro Artesão.

Os brinquedos são fundamentais para o desenvolvimento social e cognitivo das crianças, mas também são boas ferramentas de diversão e convívio para adultos.

Portanto, o Inventor de Brinquedos precisa de ter sensibilidade para entender esta realidade, bem como capacidade para a aplicar no seu trabalho.

Quais as suas funções

O Inventor de Brinquedos pode colocar as mãos na massa, para fazer as suas criações, ou simplesmente ser mais um ideólogo ou um sonhador – um graúdo sonhador! Até porque algumas empresas de brinquedos empregam Marceneiros e outros profissionais manuais nas suas linhas de produção.

Além disso, o trabalho pode passar por desenvolver um tipo único de brinquedo ou por pensar uma coleção completa, incluindo acessórios diversos.

Muitas vezes, o Inventor de Brinquedos especializa-se numa área específica, como, por exemplo, jogos educativos, de tabuleiro ou para pessoas com incapacidades visuais.

Contudo, também há profissionais bastante polivalentes, pois precisam de manter todas as oportunidades abertas no mercado de trabalho.

O trabalho implica fazer muita pesquisa de novas ideias e materiais. Além disso, é preciso estar sempre em cima do que os concorrentes andam a fazer.

Por outro lado, é boa ideia lidar com crianças de perto, para perceber o tipo de interesses que têm e, logo, o que poderá funcionar melhor em termos de brinquedos.

Mas também deve ter alguma perceção dos custos e dos aspetos financeiros do negócio, pois é necessário entender se é viável ou não. Vê que este é um “jogo” para quem gosta de brincar, mas não é uma brincadeira!

Quanto ganha um Inventor de Brinquedos

Os ordenados neste setor podem variar muito conforme o tipo de empresa e o tipo de brinquedo associado.

Contudo, os Inventores freelancers tendem a ter salários mais variáveis do que os profissionais contratados por empresas. Mas também podem ter ganhos globais mais interessantes, especialmente se tiverem uma boa ideia e a conseguirem vender.

O que é certo é que quanto melhor for o Inventor de Brinquedos, mais original e mais inovador, melhor ganho terá!

Porém, é preciso notar a instabilidade do negócio, sobretudo para os freelancers. Vê que pode levar anos a criar uma boa ideia que dê frutos. Mas “quem corre por gosto não cansa”, como diz a sabedoria popular.

Saídas no Mercado de Trabalho

Os Inventores de Brinquedos podem trabalhar como freelancers, ou ser contratados por empresas desta área.

Alguns freelancers dedicam-se a criar brinquedos originais na expetativa de os venderem a grandes marcas. É um negócio que pode ser muito vantajoso, mas também é difícil convencer as empresas – a não ser que se tenha uma ideia genial!

Hoje em dia, com a Internet, algumas pessoas também criam os seus negócios online em nome próprio. Mas o processo exige algum investimento para criar linhas de brinquedos e poder garantir potenciais encomendas.

Para lá das típicas dificuldades de qualquer área, a indústria dos brinquedos é um setor bem promissor. Todos os anos movimenta milhões de dólares, com vendas em todo o mundo e em todo o tipo de brinquedos.

Portanto, é uma área interessante, mas que requer bastante talento!

Como ser Inventor de Brinquedos

Não existe um caminho certo, ou único, para quem quer ser Inventor de Brinquedos. Há pessoas, nesta área, com formações em Artes, Engenharia e Educação, entre outras.

Mas tudo depende muito do tipo de trabalho que se pretende fazer.

Assim, quem desejar seguir a profissão na vertente do Design de Brinquedos, deverá procurar fazer formação em Design.

Por outro lado, se tiveres mais interessante em trabalhar como Fabricante de Brinquedos, deves apostar em áreas mais manuais como as Artes e o Artesanato.

Além disso, a especialização em algum tipo de brinquedo, área lúdica ou idade pode ser uma mais-valia na hora de encontrar uma vaga de emprego. Assim, podes, por exemplo, apostar em brinquedos o Ensino Especial, ou ainda dedicar-te à recuperação de jogos antigos de uma forma inovadora.

Qualidades para trabalhar na indústria dos brinquedos

A formação formal não é um critério fundamental para ter uma carreira como Inventor de Brinquedos. Mas há algumas qualidades pessoais que são quase obrigatórias, tais como:

  • Criatividade
  • Muita imaginação
  • Competências artísticas
  • Desenhar bem
  • Ser bom em trabalhos manuais
  • Gostar muito de jogos
  • Saber muito de crianças e do que gostam de fazer
  • Adorar brincar!

Onde estudar para Inventor de Brinquedos

Não havendo uma formação ideal para abraçar esta área, deves procurar um curso que vá ao encontro do que gostas de fazer.

Mas vê que áreas como as Artes, o Design e a Engenharia são boas possibilidades para quem sonha ser Inventor de Brinquedos. Contudo, até com um curso de Educador de Infância podes entrar nesta área, desde que tenhas esse talento especial para criar novos jogos e brincadeiras.

O ideal é que completes a tua formação com algumas especializações que existem no âmbito dos jogos e da brincadeira.

Para te ajudar, deixamos algumas opções por onde podes começar a tua procura…

Portugal:

Brasil:

Depois de teres percebido o que faz um Inventor de Brinquedos, já podes avaliar se tens o que é preciso para seguir este caminho – ou se é o que desejas para o teu futuro. Se estiveres decidido, segue em frente e capacita-te! Ficamos a torcer pelo teu sucesso.

Mas se continuas com dúvidas, espreita o Simulador de Profissões para encontrares a profissão certa para o teu perfil!

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top