Jornalista Digital

jornalista digital

O jornalista digital, ou ciberjornalista, é um jornalista que trabalha em exclusivo para os meios digitais, ou seja, na internet. Este tipo de jornalismo é diferente daquele praticado nos meios tradicionais impressos. Por isso, as técnicas usadas são diferentes.

Outros nomes para esta profissão: Ciberjornalita, Jornalista eletrónico

  • Modalidades: Teletrabalho, Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 1000€ - 1500€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Ciência Política, Direito, Economia, História, História da Cultura e das Artes, Línguas, Literatura, Materiais e Tecnologias, Multimédia
  • Idiomas: Francês, Inglês, Português

Apesar de serem jornalistas, eles trabalham em ambientes diferentes. A internet é diferente de um jornal impresso. A forma de se transmitirem as notícias é diferente, e a própria forma de divulgação também.

No mundo online, a interação com o público é uma realidade. Enquanto que nos meios impressos o público era distante e não se tinha acesso à sua opinião, no mundo digital isso deixou de acontecer. As pessoas leem as notícias e comentam, partilham, dão a sua opinião sobre o assunto, ou até mesmo sobre a forma como a notícia foi dada.

Por isso mesmo, o jornalista digital, ou jornalista eletrónico, tem muito mais desafios pela frente. Ele tem de encarar com a opinião direta dos outros, mas também tem a vantagem de saber na hora o que as pessoas estão a comentar. Assim conseguem aproveitar para melhorar a própria notícia, ou até para criar novas.

Se gostas da área do jornalismo, mas estás muito interessado no mundo online, esta pode ser uma boa profissão para ti! Neste artigo vamos mostrar-te tudo o que precisas saber!

Continua connosco!

O que faz um Jornalista Digital?

O jornalista digital escreve as notícias que são publicadas na internet. O mundo digital trabalha com uma comunicação mais próxima e mais interativa. Então, este ciberjornalista adequa a forma de se comunicar para o meio digital. A interatividade e a instantaneidade são duas características-chave deste tipo de jornalismo.

Um aspeto que realmente fez a diferença no jornalismo digital foi a perenidade das notícias. Hoje, com as notícias publicadas na internet, nós conseguimos aceder a informações de há 6 ou 7 anos com facilidade.

Então, quando hoje um jornalista escreve uma notícia para a internet, tem de ter consciência de que outras notícias sobre o mesmo assunto já surgiram, e facilmente os leitores conseguem chegar até essa informação. Então, o grau de exigência com a verificação de dados é muito maior.

É claro que este critério de rigor deveria estar sempre presente na vida de um jornalista, seja ele dos meios tradicionais ou digitais. De facto, o jornalista tem de seguir um código deontológico, mas a verdade é que nem sempre o fazem.

A internet veio trazer essa facilidade de verificação aos leitores, o que acaba por exigir mais dos próprios jornalistas nesse sentido.

Outro aspeto que veio com a internet é a personalização da escrita. Ou seja, quando escrevemos para um jornal ou revista impressos, estamos a escrever para um público que não conhecemos. A internet mostra-nos a “cara” dessas pessoas, e o nosso discurso tem de se ajustar a elas. Mais do que isso, as notícias que são publicadas vão de encontro àquilo que elas procuram.

Agora que já sabes um bocadinho mais sobre o trabalho do jornalista digital, vamos dar uma vista de olhos às funções que tem no seu dia a dia.

Quais as suas funções

O jornalista digital tem uma série de tarefas no seu dia a dia. O jornalista faz bem mais do que debitar caracteres num ecrã de computador!

Antes de mais nada, o jornalista nunca pára de trabalhar. Ele tem de estar sempre atento àquilo que está a acontecer no mundo. Um jornalista, seja no meio impresso, seja no meio digital, tem de estar sempre a par do que se passa em todas as esferas da sociedade. Não se pode dar ao luxo de estar a par daquilo que acontece no país e no mundo.

Trabalhando em casa, ou numa redação, o jornalista digital começa o dia a selecionar as notícias importantes. Depois são distribuídas essas notícias por todos os jornalistas digitais (quando é um trabalho de equipa, e que normalmente é).

Só depois dessa distribuição é que o jornalista começa o trabalho de desenvolvimento de conteúdo. Quando o conteúdo está desenvolvido, ele é publicado na internet e partilhado nas redes sociais.

Em alguns casos, o jornalista também pode fazer a gestão de algumas coisas das redes sociais, como ler e responder a comentários de leitores, por exemplo. No entanto, em empresas grandes, este é um trabalho feito pelo gestor de redes sociais.

Saídas no Mercado de Trabalho

O jornalista digital trabalha para todo o tipo de empresa que divulgue conteúdos online. Atualmente, todos os jornais e revistas têm uma versão online. Sem dúvida, a internet veio revolucionar a forma como comunicamos com os outros. As pessoas procuram informações na internet e, por isso, os jornais tradicionais tiveram de se adaptar a esta nova realidade.

Sendo assim, podes trabalhar em qualquer empresa que forneça notícias pela internet, quer seja um jornal que tenha versão em papel e online, ou um jornal exclusivamente digital.

Também podes seguir uma carreira freelancer, publicando notícias esporádicas para esses jornais online, ou até montando o teu próprio portal de notícias.

Como entrar na carreira de Jornalista Digital?

Para entrares na carreira de jornalista digital tens de ter o curso em jornalismo e a carteira profissional, que é consegues depois de um estágio de dois anos. Hoje em dia o curso de jornalismo já aborda a questão do mundo digital. Não teria como não ser assim!

No entanto, se já tiraste o curso de jornalismo antes da era digital, e agora estás a querer mudar nesse sentido, existem cursos de especialização nesse sentido. É uma boa aposta se quiseres ser jornalista digital.

Onde estudar Jornalismo Digital?

Portugal:

Brasil:

Ser jornalista digital é, hoje em dia, uma oportunidade para aqueles que gostam da área do jornalismo. Se tens talento para a área da comunicação, então investe na tua formação e luta sempre pelos teus sonhos!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima