Lapidador de joias

Lapidador de joias

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

História da Cultura e das Artes Materiais e Tecnologias Oficina de Artes

Idiomas:

Português

Um lapidador de joias ou lapidadora é a pessoa que lapida pedras preciosas ou semipreciosas, desbastando e suavizando os contornos para fabricar objetos que conquistem ao primeiro olhar. Sabe mais sobre a profissão…

A lapidação é um processo que visa transformar um material em bruto num objeto trabalhado e melhorado. Assim, o lapidador costuma ser associado a diamantes ou outras pedras preciosas e semipreciosas.

Portanto, é uma atividade que surge como acessória e fundamental para outras profissões, como, por exemplo, de ourives e joalheiro.

Acima de tudo, lapidar é uma arte e os artífices da profissão até têm uma data especial a celebrá-la. No Brasil, o dia 13 de dezembro é o Dia do Lapidador.

Mas venha conhecer um pouco melhor sobre a forma como decorre este processo…

O que é a lapidação?

A lapidação é uma técnica de modelagem de materiais com recurso a equipamentos próprios.

Um dos aparelhos mais utilizados é constituído por um disco rotativo onde é feita a lapidação, com a utilização de água, óleo e pó de diamantes.

O objetivo é melhorar os materiais, transformando-os de um estado bruto numa versão modelada, mais lisa e mais brilhante. Lapidar implica suavizar uma peça, tirando-lhe a dureza e/ou rugosidade.

Os diamantes passam por este processo para ganharem brilho e se destacarem em todo o seu potencial. Contudo, lapidar um diamante exige conhecimentos específicos.

A lapidação de diamantes passava, outrora, por técnicas manuais. Mas, atualmente, a indústria do setor já utiliza técnicas modernas. Compara, nos vídeos que se seguem, estas duas realidades…

Lapidação artesanal do diamante

Lapidação de diamantes numa fábrica moderna

Quanto ganha um lapidador de joias

Os salários dos lapidadores de joias variam muito conforme a sua experiência e o grau de exigência das tarefas.

Em termos médios, podem rondar os 800 euros em Portugal. Contudo, os iniciantes podem ganhar apenas o ordenado mínimo.

No Brasil, o ordenado médio de um lapidador de joias é de cerca de 1500 reais. Todavia, em certos setores e conforme o grau de especialização, os salários podem chegar aos 2700 reais.

O que faz um lapidador de joias

O trabalho do lapidador passa por dar brilho a pedras naturais. Assim, ele transforma a beleza em estado bruto para revelar todo o seu potencial.

Sem o trabalho de um lapidador de joias, estes objetos tão apreciados não teriam todo o seu fascínio e poder de conquistar.

Estes profissionais desempenham, pois, uma tarefa fundamental no fabrico de joias, preparando a matéria-prima para as mãos e a arte delicada dos artesãos.

Como fazer a lapidação de uma pedra ametista

Quais as suas funções

As funções de um lapidador de joias dependem muito do tipo de matérias-primas com que trabalha, mas também da atividade onde se insere, bem como do objetivo da lapidação, ou seja, do fim destinado à peça a trabalhar.

Contudo, é certo que um bom profissional tem de conhecer as ferramentas essenciais do ofício, como, por exemplo, a lupa e o prato de lapidação.

Além disso, deve preparar todo o material e as máquinas a utilizar e planear o processo antes de meter as mãos à obra.

Entre as suas tarefas estão a lapidação de gemas, o facetamento e polimento de pedras preciosas e semipreciosas. Laminar, trefilar, dobrar, rebaixar, estampar e recozer são outras atividades do dia-a-dia destes lapidadores.

Mas também pode ter de montar, ajustar, soldar, encaixar e aplicar resina em joias, além de cravar as gemas em peças já preparadas.

No caso dos diamantes brutos, é importante também conhecer as suas características únicas. Neste tipo de matéria-prima, a lapidação passa por fases como o desbaste, o acabamento, a facetagem e o polimento.

Saídas no Mercado de Trabalho

O mercado de pedras preciosas e semipreciosas é bastante apelativo e pode movimentar grandes quantidades de dinheiro. Portanto, a profissão de lapidador de joias pode ser rentável. Contudo, isso depende muito das competências da pessoa.

Em termos de saídas no mercado de trabalho, um lapidador de gemas pode empregar-se em várias áreas.

Fábricas de joias e bijuterias, indústrias de metal e minerais podem ser possibilidades, bem como ourivesarias, joalharias e relojoarias.

Mas descobre como podes aumentar as hipóteses de trabalho já de seguida…

Como entrar na carreira de lapidador de joias

A melhor forma de entrar nesta área, como em outras, é estando aberto a novas experiências. Por vezes, podemos não achar graça nenhuma a certa oportunidade. Mas podemos ter uma surpresa se nos atrevermos a aceitar desafios.

Quando saímos da nossa zona de conforto, abrimos os horizontes e podemos alcançar o impensável.

Assim, fica atento/a às ofertas de emprego e não descartes a possibilidade de emigrar para países com uma indústria de lapidação mais forte.

Mas antes de te aventurares no mercado de trabalho, deves ter uma boa formação técnica.

Onde estudar para lapidador de joias

Não há muitos cursos na área da lapidação de joias. Mas a boa notícia é que os que existem são bastante bons, focando-se numa forte componente prática como se quer.

É importante que seleciones uma opção que te permita contactar diretamente com as ferramentas e os materiais, pois desta forma, reforçarás o teu grau de aprendizagem.

Para te ajudar, deixamos, já de seguida, algumas possibilidades de cursos para lapidadores de joias…

Portugal:

Brasil:

Agora que já percebeste o que faz um lapidador de joias e o que implica este trabalho, tens de decidir se tens o que é preciso para a tarefa. Avalia com coração e razão e segue em frente.

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top