Mestre do Tráfego Local

Mestre do Tráfego Local

O mestre do tráfego local governa embarcações que estejam registadas como locais. Ele é a autoridade máxima na embarcação, e todos lhe devem respeito e obediência. É um cargo que exige muita responsabilidade, e por isso é muito exigente também.

Outros nomes para esta profissão:

  • Modalidades: Presencial, Ar Livre
  • Ordenado Médio Mensal: 1000€ - 1500€
  • Empregabilidade: Alta
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Educação Física, Geografia, Matemática, Materiais e Tecnologias
  • Idiomas: Português

Qualquer profissão ligada ao governo de embarcações acarreta riscos. Por isso, é importante que tenhas consciência de todos os riscos que corres para poderes agir com rapidez e de acordo com todas as normas sempre que for preciso.

Sem dúvida, assegurar a segurança de todos é a prioridade do mestre do tráfego local. É ele o responsável por todos dentro da embarcação, então se alguma coisa não correr bem, é ele que é responsabilizado por isso.

Se esta é uma profissão que te agrada, ou se já trabalhas como marinheiro e procuras uma promoção para mestre, então continua a ler este artigo! Vamos mostrar-te o que faz um mestre do tráfego local, quais as funções que tem no seu dia a dia, as saídas no mercado de trabalho, e o que precisas fazer para entrar nesta carreira.

Vem connosco!

O que faz um Mestre do Tráfego Local?

O mestre de tráfego local governa embarcações registadas no tráfego local com arqueação bruta não superior a 10. Estas embarcações também podem ser governadas pelos marinheiros de tráfego local, mas estes precisam de uma autorização prévia do órgão local do SAM do porto.

Como mestre de uma embarcação, ele tem quase o mesmo papel de um capitão de navio. O que diferencia um de outro é mesmo a certificação profissional, que acaba por limitar o mestre.

Assim como o capitão do navio, o mestre do tráfego local é a autoridade máxima na embarcação. Por isso, a sua palavra é a última a ser dada, e todos têm de respeitar e acatar as suas decisões.

Para além de governar a embarcação, ele também é responsável pelo serviço do convés, mas também supervisiona todos os serviços dentro da embarcação.

São vários os tipos de embarcações que podes governar enquanto mestre de tráfego local, como, por exemplo:

  • Lanchas
  • Rebocadores
  • Cábreas
  • Dragas
  • Guindastes flutuantes
  • Batelões

Vais conduzir estas embarcações de acordo com as regras de cada uma, e és tu que vais dar as indicações à casa das máquinas.

É importante estares atento durante a navegação às condições de visibilidade e ao movimento do rio para garantir a segurança de todos os que estão a bordo.

Como és a autoridade máxima da embarcação, também vais ter de planear e organizar as tarefas todas dentro da embarcação, como marinharia e limpeza, por exemplo.

Também vais registar todos os elementos de execução de serviços em mapas e boletins. Além disso, vais ficar responsável por requisitar o material necessário.

Quais as suas funções

O mestre de tráfego local está responsável por governar as embarcações consideradas locais. Por isso, ele executa tarefas inerentes a essa função. Podemos falar, aqui, por exemplo, de:

  • Localizar pontos nas cartas de navegação
  • Ler cartas de navegação
  • Calcular diferenças de latitude e longitude
  • Usar vários sistemas de orientação, como, por exemplo, sistema circular, sistema quadrantal, contagem da rosa ou carteação da agulha
  • Identificar desvios e efeitos do magnetismo terrestre no navio
  • Identificar os tipos de marés
  • Analisar tabelas de marés e os seus elementos, como, por exemplo, previsão de marés
  • Seguir e enunciar regras de navegação e de manobras
  • Identificar os diferentes sinais luminosos e sonoros, faróis e balões de sinalização de outras embarcações

Saídas no Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para o setor marítimo é bom. Sem dúvida, existem poucos profissionais qualificados e formados na área, e isso faz com que as oportunidades de trabalho sejam muitas.

Além de conseguires trabalho facilmente, por causa desta falta de profissionais, também vais poder escolher a empresa que te dá melhores condições de trabalho e salários mais altos.

Normalmente os mestres continuam a exercer funções na empresa que já trabalhavam, por se tratar de uma promoção para os marinheiros de 1ª classe e marinheiros de tráfego local. Mas nada te impede de procurar melhores oportunidades de trabalho.

Como entrar na carreira de Mestre do Tráfego Local

Para poderes entrar na carreira de mestre do tráfego local precisas já estar a trabalhar como marinheiro do tráfego local ou marinheiro de 1ª classe há pelo menos um ano. Além disso, precisas de aprovação no exame de avaliação para o cargo de mestre.

Depois desta aprovação, vais poder pedir o averbamento da nova categoria na cédula marítima.

Podes tirar a formação de mestre em centros de formação marítima, como é o caso da FORM-MAR (Centro de Formação profissional das Pescas e do Mar), por exemplo. Primeiro precisas de fazer um curso profissional de marinhagem, e só depois de teres experiência como marinheiro é que podes fazer o curso de promoção para subir de escalão para mestre.

No caso de quereres governar embarcações de tráfego local que tenha instalação de radar, tens de ter o certificado de operador de radar. Este certificado é passado pela Direção-Geral dos Estudos Náuticos.

Onde estudar para Mestre do Tráfego Local

Portugal:

Brasil:

Se queres seguir a profissão de mestre do tráfego local, tens de ingressar na carreira marítima primeiro e depois especializares-te para conseguires uma promoção para mestre. Não deixes nunca de lutar por aquilo que queres. Vai valer a pena todo o esforço. Acredita!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima