Técnico de Apoio Psicossocial

técnico de apoio psicossocial

Resumo da profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Matérias relacionadas:

Direito Economia Filosofia História Psicologia Sociologia

Idiomas:

Inglês, Português

O técnico de apoio psicossocial é um profissional que trabalha em prol do desenvolvimento psicossocial de pessoas, grupos de pessoas e/ou comunidades que se encontram em contextos sociais de risco, ou que apresentam maior vulnerabilidade.

Este técnico ajuda pessoas e comunidades, dando-lhes ferramentas que ajudam a que estas consigam construir (ou reconstruir) um percurso de vida por conta própria, mas com qualidade.

Para quem gosta de ajudar os outros e sente que a sua missão é “estender a mão” a quem mais precisa, esta pode ser, com toda a certeza, uma profissão muito gratificante.

Se esse é o teu caso, então vem connosco e descobre a profissão de técnico de apoio psicossocial.

O que faz um Técnico de Apoio Psicossocial?

O técnico de apoio psicossocial trabalha junto de pessoas e/ou comunidades que estão inseridas num contexto social de risco com o intuito de ajudá-las a construir um percurso de vida de qualidade, por conta própria. Assim, ele fornece ferramentas para que as pessoas tenham as “rédeas” das suas vidas.

Para poder ajudar no desenvolvimento psicossocial destas pessoas, grupos ou comunidades, primeiro tem de identificá-los e avaliá-los. Só depois de uma análise feita é que o técnico consegue planear as melhores ações de intervenção social, de forma que estas deem uma resposta às necessidades destas populações.

Este é um trabalho que envolve uma série de profissionais especializados, como, por exemplo, psicólogos, assistentes sociais, sociólogos, entre outros parceiros sociais. Assim sendo, este técnico está integrado numa equipa multidisciplinar, em que cada membro dá a sua contribuição para um objetivo comum.

Tratando-se de questões sociais, e sabendo que estas são muito complexas e envolvem fatores distintos, é importante termos diferentes profissionais da área das Ciências Sociais, pois o trabalho conjunto trará mais benefícios para a população.

Assim, é essencial que o técnico seja capaz de trabalhar em equipa, ouvindo e dando sugestões, até que se consiga chegar a um projeto de valor.

Quais as suas funções

A principal função do técnico de apoio psicossocial é ajudar pessoas, grupos e comunidades em contextos de vulnerabilidade. O dia a dia envolve uma série de tarefas, entre as quais destacamos, aqui, por exemplo:

  • Ajudar a equipa de trabalho a identificar, analisar, assim como avaliar pessoas, grupos e/ou comunidades
  • Reunir e trabalhar com a equipa (multidisciplinar, como vimos anteriormente) para planear ações e projetos de intervenção social capazes de responder às necessidades identificadas
  • Colocar em prática as ações e projetos planeados
  • Articular a intervenção dos diferentes profissionais e parceiros sociais na resolução dos problemas que foram identificados
  • Fazer o acompanhamento, assim como a avaliação das ações e projetos de intervenção social
  • Ajudar a desenvolver e implementar ferramentas capazes de avaliar o impacto social, sendo que estas têm de ter como base indicadores que nos permitam calcular o resultado dos investimentos em projetos de intervenção social

Quais as áreas de atuação do Técnico de Apoio Psicossocial?

O técnico de apoio psicossocial pode trabalhar em diferentes áreas de atuação, embora o seu dia a dia de trabalho envolva sempre as funções que listamos acima. Se quiseres seguir esta profissão, podes participar em ações de intervenção:

  • Preventiva, no que diz respeito a comportamentos aditivos e dependências (podes atuar em contexto comunitário ou então educativo)
  • Redução de riscos e minimização de danos causados pelo consumo de substâncias psicoativas (sendo elas ilícitas ou lícitas)
  • Reinserção social
  • Saúde mental e Deficiência

Saídas no Mercado de Trabalho

Se quiseres trabalhar como técnico de apoio psicossocial, podes encontrar oportunidades de emprego em:

  • Hospitais e clínicas (públicos e privados)
  • Centros de saúde, centros de dia e lares
  • Universidades Sénior
  • Creches, infantários, escolas, centros de atividades de tempos livres (ATL’s) e colónias de férias
  • Prisões
  • Centros de acolhimento
  • Associações de solidariedade social, centros sociais e misericórdias

Podes ainda integrar equipas de intervenção social municipais (contratadas por câmaras ou juntas de freguesia), embora as vagas de trabalho sejam reduzidas.

Como entrar na carreira de Técnico de Apoio Psicossocial?

Para seguires esta profissão, então tens de concluir o curso técnico profissional de apoio psicossocial. Ao longo da formação, vais adquirir conhecimentos muito importantes relacionados com diferentes problemas sociais, como, por exemplo:

  • Perturbações do sono-vigília
  • Suicídio
  • Doença e patologias
  • Bullying
  • Violência doméstica
  • Deficiência e multideficiência
  • Exclusão social

Além de estudares sobre problemas que afetam as populações, vais também adquirir noções e conhecimentos de:

  • Psicologia, Sociologia e Psicopatologia
  • Economia social
  • Rede de respostas sociais
  • Reabilitação cognitiva
  • Grupos de risco, inclusão e reinserção social
  • Saúde mental
  • Gestão de conflitos
  • Educação sexual
  • Políticas Sociais
  • Entre outros

Este curso profissional dá-te uma certificação equivalente ao 12º ano e também te permite seguir os estudos para o ensino universitário. Por isso, se quiseres crescer profissionalmente, este curso pode dar-te boas bases para depois seguires uma faculdade na área das Ciências Sociais.

Onde estudar para Técnico de Apoio Psicossocial?

Para seguires esta carreira, deves ter o curso profissional técnico de apoio psicossocial. Encontras este curso em várias instituições de ensino público e privado, mas deves sempre procurar uma que te ofereça um certificado válido e reconhecido. Aqui deixamos-te algumas para veres as ofertas formativas.

Portugal:

  • Curso Profissional Técnico de Apoio Psicossocial – EPTPP
  • Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial – EPAD

Se queres seguir a profissão de técnico de apoio psicossocial, então tens de investir muito na tua formação, pois é essencial para o teu futuro profissional. Nós, do Guia das Profissões, desejamos-te muito sucesso ao longo da tua vida.

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top