Paisagista

paisagista

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Matérias relacionadas:

Desenho Geografia Geologia Geometria Descritiva Matemática Materiais e Tecnologias Oficina de Artes

Idiomas:

Inglês, Português

Um paisagista, ou arquiteto paisagista, é um profissional que une a arte e a natureza, capaz de planear paisagens e organizá-las de forma que a natureza possa “invadir” espaços urbanos, assim como edifícios sejam construídos em espaços verdes, de forma sustentável e respeitando a paisagem envolvente.

Para os amantes de arquitetura e de espaços verdes e natureza, esta é uma profissão muito aliciante. Se esse é o teu caso, aqui vais encontrar muitas informações úteis para seguires esta carreira com toda a força.

Vais descobrir, por exemplo, o que é paisagismo, como é o dia a dia de um paisagista, as saídas profissionais, entre outras informações úteis sobre a profissão.

Vens connosco?

O que é Paisagismo?

O paisagismo diz respeito à arte e ciência de planear, projetar e organizar uma paisagem, permitindo, assim, que espaços urbanos e áreas verdes convivam em harmonia. Além disso, esta técnica permite aproveitar melhor os espaços de uso coletivo, como parques, jardins, entre outros.

Esta arte diz respeito, também, ao desenvolvimento e organização de paisagens como um complemento à arquitetura dos edifícios, trazendo um pouco da natureza para “dentro de casa”.

Neste caso, o profissional tem de desenvolver um projeto no qual combina os elementos naturais, com os edifícios urbanos. Tem de escolher a vegetação mais compatível com o local, assim como os materiais adequados, desenvolver o projeto da iluminação, espaços de circulação, entre outros elementos das estruturas arquitetónicas.

O paisagismo também pode querer mencionar a representação das paisagens em artes plásticas. No entanto, este trabalho não é da responsabilidade do paisagista, mas do artista plástico.

A arquitetura paisagista é, então uma área interdisciplinar, que envolve arte e ciência. Além das questões estéticas, trabalha também com as ciências naturais, sociais, artes e tecnológicas.

Tipos de Paisagismo

Existem diferentes tipos de paisagismo, sendo que o paisagista, ou arquiteta paisagista, trabalha em todos eles (ou está apto a trabalhar com todos os tipos), mas também pode especializar-se em um ou dois tipos de paisagismo. Vamos olhar para cada um deles!

  • Contemplativo – O paisagismo contemplativo diz respeito a projetos que envolvem muitas flores, fontes, maciços podados, assim como obras de arte (como estátuas, por exemplo).
  • Funcional – Este tipo de paisagismo tem estado em alta nos últimos tempos, pois permite usar os espaços verdes como recurso para as pessoas. Aqui, incluímos hortas, pomares, jardins com produtos que podemos comer, lagos e outros elementos com água com o intuito de tornar o ambiente mais húmido, ou até jardins com plantas que conseguem afastar insetos.
  • Moderno – Aqui encontramos projetos que envolvem espaços de grande vegetação, água, mas com pouco recurso a flores e obras de arte.
  • Permacultura – Este tipo de paisagismo envolve princípios agrícolas para o desenvolvimento do projeto. Assim, utilizamos as características dos ecossistemas naturais para desenvolvermos projetos que os reproduzam, tornando-se produções sustentáveis.

Se ficaste curioso para saber mais sobre os diferentes tipos e estilos de paisagismo, então dá uma vista de olhos a este vídeo:

O que faz um Paisagista?

O paisagista desenvolve projetos de paisagismo para espaços externos, assim como para espaços internos. Estes projetos podem ser desenvolvidos como plantas baixas ou como imagens e vídeos 3D (usando softwares próprios para projetos arquitetónicos e paisagísticos).

Quando falamos de arquiteto paisagista, estamos a falar de um profissional formado em arquitetura (curso universitário que qualifica os profissionais para atuarem também no paisagismo). A maior parte dos paisagistas são, na verdade, arquitetos.

Neste caso, além de desenvolverem o projeto de paisagismo, ele também faz o projeto dos edifícios. Existe, também, a preocupação com outras questões para além da estética, como, por exemplo:

  • Segurança
  • Logística do espaço
  • Técnicas de construção
  • Questões técnicas associadas aos materiais usados no projeto
  • Sustentabilidade

O trabalho pode ter diferentes objetivos. Pode atuar no ordenamento das paisagens, mas também pode trabalhar na conservação dos espaços verdes ou na gestão de grandes paisagens (não só naturais, como culturais).

No entanto, todos os projetos visam desenvolver paisagens e projetos ecológicos, sustentáveis, capazes de agregar qualidade de vida às pessoas que vivem no envolvente e preservando a biodiversidade.

O paisagista utiliza diferentes elementos nos seus projetos, dependendo das características e dos objetivos de cada um deles, como:

  • Cascatas e Lagos
  • Piscinas
  • Espaços destinados a desporto
  • Quiosques
  • Escadas
  • Iluminação
  • Vegetação (flores, árvores, arbustos, entre outras)

Quais as suas funções

A função do paisagista é desenvolver projetos de paisagismo. Sem dúvida, este é um trabalho que envolve diferentes tarefas no dia a dia deste profissional.

Uma das tarefas principais é o desenvolvimento da planta de paisagismo. Esta deve ter todos os detalhes e especificações do projeto, como, por exemplo:

  • Dimensões de canteiros, vasos, entre outros
  • Espécies de plantas e árvores que serão usadas
  • Tipos de revestimentos, coberturas, entre outros
  • Espécies de animais (como peixes que podem ser inseridos num lago, por exemplo)

Para conseguirmos determinar todos estes elementos, precisamos fazer um estudo prévio do espaço onde vamos desenvolver o projeto. Alguns aspetos que temos de ter em conta são:

  • Tipo de solo
  • Ventilação
  • Insolação

Depois de desenvolvido o projeto, este profissional também costuma acompanhar a execução do mesmo.

Nesta etapa, o paisagista é o profissional responsável por verificar se todos os detalhes e especificações estão a ser seguidas, assim como por organizar a logística da chegada dos materiais.

O acompanhamento da execução é essencial, pois permite que se façam alterações e adaptações ao projeto inicial, sempre que se fizer necessário, mas sem prejudicar o resultado.

Saídas no Mercado de Trabalho

O paisagista, ou arquiteto paisagista, trabalha maioritariamente em gabinetes de arquitetura paisagista. No entanto, devido aos seus conhecimentos e competências, pode também trabalhar para:

  • Autarquias
  • Organizações estatais
  • Instituições que gerem ou possuem paisagens
  • Empresas de fiscalização paisagista
  • Empresas de construção civil
  • Gabinetes de arquitetura e engenharia
  • Empresas de manutenção paisagista

Os paisagistas podem, também, seguir uma carreira como profissionais autónomos e criar as suas próprias empresas. Este é um caminho tentador, mas que também traz muitos desafios.

Quando temos a nossa própria empresa, toda a responsabilidade está nos nossos “ombros”. Por isso, antes de decidires seguir uma carreira como autónomo, pondera bem os prós e os contras de se ter um negócio próprio.

Como entrar na carreira de Paisagista?

Para seguires a profissão de paisagista, tens de fazer a licenciatura em arquitetura paisagista. Esta formação oferece-te boas ferramentas para desenvolveres projetos e gerires espaços públicos urbanos, parques, jardins, assim como outros espaços verdes. Depois do curso, estarás preparado para realizar qualquer projeto, unindo a arte e a natureza.

Além da licenciatura, poderás fazer o mestrado em arquitetura paisagista, o qual te irá abrir mais portas no mercado de trabalho.

Procura um curso que seja reconhecido pela Associação Portuguesa de Arquitetos Paisagistas e pela European Foundation of Landscape Architecture. Assim, o teu currículo profissional será válido em qualquer país europeu.

No Brasil, para realizares projetos de arquitetura paisagista, tens de emitir o Registo de Responsabilidade Técnica (RRT). Para tal, precisas ter o curso universitário em Arquitetura e Urbanismo.

Se quiseres trabalhar apenas como paisagista, tens de fazer um curso de paisagismo (geralmente realizado em instituições universitárias, mas com um cunho mais profissionalizante).

Onde estudar Arquitetura Paisagista (Paisagismo)?

Como vimos, para te tornares paisagista, ou arquiteto paisagista, deves ter uma formação superior em arquitetura e idealmente uma formação ou pós-graduação em paisagismo. Nesse sentido, reunimos aqui alguns cursos que te podem interessar.

Portugal:

Brasil:

Se gostavas de te tornar um paisagista, ou arquiteto paisagista, de sucesso, então investe bastante na tua formação. Procura também atualizar e desenvolver os teus conhecimentos ao longo da tua carreira, pois é essencial para estares sempre integrado no mercado de trabalho. Nós, do Guia das Profissões, desejamos que conquistes tudo aquilo que desejas.

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top