Motosserrista

Motosserrista Operador de Motosserras

O Motosserrista ou Operador de Motosserras é o profissional que trabalha com uma Motosserra ou Roçadora para cortar árvores. Trata-se de um profissional que atua, habitualmente, na gestão florestal. Mas vem descobrir mais sobre esta profissão…

Outros nomes para esta profissão: operador de motosserras

  • Modalidades: Presencial, Ar Livre
  • Ordenado Médio Mensal: Mínimo - 1000€
  • Empregabilidade: Média
  • Tipo de trabalho: Trabalho Solitário, Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Educação Física, Materiais e Tecnologias
  • Idiomas: Português

O trabalho de Motosserrista ou Operador de Motosserras é adequado para quem gosta de ambientes naturais e do contacto diário com a naturezas. Mas também é preciso ser algo destemido, pois implica riscos.

A função implica trabalhar com uma Motosserra portátil ou elétrica e, portanto, requer muita atenção às normas de segurança. A redução de riscos e, logo, de acidentes é uma das maiores responsabilidades de quem trabalha nesta área.

Assim, um Motosserrista precisa de organizar e planear as atividades juntamente com outras pessoas, de modo a que tudo decorra sem imprevistos indesejáveis. Portanto, é um trabalho em equipa, mas também tem exigências individuais.

A autonomia e a capacidade para resolver problemas e dificuldades do momento são fundamentais nesta área. Mas também a segurança é um fator essencial, pois é preciso evitar acidentes a todo o custo.

Para trabalhar com uma Motosserra é preciso saber o que se está a fazer. Portanto, a profissão requer formação específica e uma boa dose de sangue-frio.

Mas fica connosco para saberes mais…

Quanto ganha um Motosserrista

O ordenado de um Motosserrista não é muito elevado, mas rondará entre os 700 a 800 euros em Portugal. No Brasil, a média salarial anda entre os 1400 reais.

Contudo, os valores praticados podem variar muito conforme a experiência do profissional e a entidade que o contrata.

Há ainda que considerar que, nalguns casos, os profissionais têm direito a subsídios como, por exemplo, de refeição, de alimentação e de risco. Assim, estas verbas adicionais podem ajudar a confortar o salário.

Continua a ler para entender mais sobre a profissão…

O que faz um Operador de Motosserras

Os Motosserristas atuam na área da Silvicultura e, portanto, têm um papel importante na melhoria dos povoados florestais.

Assim, o seu trabalho passa muito por ajudar a cuidar das árvores e a valorizá-las. Portanto, têm tarefas como a poda e o corte de ramos para assegurar o bom crescimento das mesmas.

Além disso, podem também fazer o abate de árvores para ordenar a floresta ou para aproveitar a madeira.

Neste sentido, precisam de ter conhecimentos de técnicas e dos riscos associados ao abate de árvores.

Mas também deve conhecer técnicas de medição de diâmetros, alturas e distâncias entre árvores, bem como conhecer os equipamentos adequados para o abate sem perigos.

Por outro lado, tem de saber os tipos de corte ideais para cada caso.

Mas ainda precisam de ter conhecimento das normas de segurança relacionadas com a operação das Motosserras, sendo que o uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI) é obrigatório.

Importância da segurança para o Operador de Motosserras

O uso de EPI é apenas um dos aspetos determinantes na hora de trabalhar com responsabilidade como Motosserrista.

Uma vez que estes equipamentos são essenciais para proteger o operador, vamos deixar de seguida a lista dos que são obrigatórios:

  • Botas anti corte e antiderrapantes (com cano de 25 centímetros e proteção anti corte de 270 graus)
  • Calças especiais para Motosserristas (com certificação da norma ISO 11.393-2 e proteção de nível 2)
  • Capacete com protetores auricular e frontal
  • Óculos de proteção

A NR12 na Operação de Motosserras

Uma Motosserra é muito perigosa, sobretudo quando não se sabe manobrar corretamente. É por isso que a segurança é tão importante.

Neste contexto, entra em jogo a NR12, ou seja, a Norma Regulamentadora (NR) 12 que foi criada, no Brasil, pelo Ministro do Trabalho. O seu objetivo é garantir que as máquinas industriais são seguras para os trabalhadores.

Portanto, aplica-se tanto ao Motosserrista como ao Operador de Empilhadeira ou ao Operador de máquinas de escavação, entre outros.

A NR12 define as normas de segurança para a operação de máquinas e equipamentos. Sendo assim, há vários cursos de formação para quem quer operar Motosserras que incluem a NR12 nos seus programas.

Quais as suas funções

O trabalho de um Operador de Motosserras ou Roçadoras passa muito por manobrar estes equipamentos. Contudo, o seu dia-a-dia implica habilidade para outras tarefas.

Portanto, se esperas passar o dia de Motosserra em riste, pensa melhor e repara que a profissão é mais do que só isso.

Ora espreita as funções principais de um Motosserrista:

  • Analisar terreno para detetar declives, por exemplo
  • Identificar árvores deformadas, secas ou presas a outras
  • Limpar o espaço de tudo o que dificulte a sua ação
  • Remover terra ou mato que atrapalhe
  • Definir o tipo de corte adequado para cada caso
  • Abater árvores
  • Podar e desramar árvores
  • Empilhar troncos cortados
  • Calcular a madeira produzida em toros
  • Utilizar machados e cunhas para auxiliar no trabalho
  • Escolher os EPI e ferramentas adequados
  • Limpar e lubrificar os equipamentos
  • Verificar e encher depósito de gasolina e óleo
  • Afinar as correntes de corte.

Agora que já sabes mais sobre a profissão, vem perceber como podes dar os primeiros passos nesta área…

Saídas no Mercado de Trabalho

Um Motosserrista pode fazer parte de equipas florestais para ajudar o Sapador Florestal ou o Guarda Florestal, por exemplo. Assim, pode ser contratado por Câmaras Municipais e Associações locais.

Mas também podem trabalhar para proprietários rurais ou florestais que precisem de limpar terrenos. A indústria da madeira é outra área que emprega estes profissionais.

Todavia, também é possível pensar numa carreira no estrangeiro, onde se podem garantir ganhos mais interessantes.

Como obter o Certificado Europeu de Motosserrista

Na Europa, existe o Certificado Europeu de Motosserrista ou European Chainsaw Certificate (ECC) que facilita a mobilidade de trabalhadores entre países. E, portanto, aumenta as hipóteses de emprego.

O ECC existe para os seguintes níveis de competências:

  • Manutenção com Motosserra e corte transversal (ECS 1)
  • Corte transversal de madeira em seções de madeira tensionadas por um simulador (ECS 1 Tensão)
  • Abate básico de árvores (ECS 2)
  • Abate avançado de árvores (ECS 3)
  • Árvores derrubadas pelo vento e danificadas (ECS 4)
  • Uso de Motosserra em alturas (ECS Altura)

Para obter o ECC em cada uma das categorias, é preciso ser aprovado por um centro de avaliação credenciado. Mas quem tem experiência na área, não precisa de fazer formação, bastando-lhe passar na avaliação.

Quem não tem experiência deve procurar um centro credenciado que dê formação para obter o ECC.

Em Portugal, não há centros credenciados, mas estes existem em países vizinhos como Espanha, França, Holanda e Itália. Podes consultar aqui os centros credenciados que existem.

Como entrar na carreira de Motosserrista

Muitas empresas que contratam não pedem formação específica nesta área. Contudo, a certificação profissional é obrigatória noutras, pois sem ela não se podem fazer seguros de trabalho.

Assim, o melhor é fazer um curso para dar os primeiros passos no ofício de forma mais segura.

Contudo, a experiência é um fator muito valorizado por quem procura Motosserristas. Mas também há quem exija carta de condução e até viatura própria para facilitar as deslocações.

Por outro lado, é fundamental ter destreza física e ser muito responsável, uma vez que estamos perante um trabalho que envolve muitos riscos.

Mas vem saber onde podes aprender a profissão…

Onde estudar para Motosserrista

A oferta de cursos de formação nesta área é variada e, portanto, a escolha deve ser feita em função dos objetivos de carreira.

Mas é importante escolher um curso que aborde temas como, por exemplo, os riscos da profissão, as ferramentas e os EPI, bem como técnicas e métodos de trabalho, além da segurança.

No sentido de começares esse processo de escolha, fica agora com algumas opções de cursos para Operadores de Motosserras…

Portugal:

Brasil:

Depois de teres visto o que faz e como ser um Motosserrista, precisas de pensar se é mesmo isto que queres para o futuro. Mas pensa com cabeça e avalia se tens as condições físicas e psicológicas necessárias para ser Operador de Motosserra. Se já decidiste, tem muito sucesso.

Partilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top