Nefrologista Pediátrico

nefrologista pediátrico

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Ordenado Médio Mensal:

2000€ - Máximo

Empregabilidade:

Média

Disciplinas do secundario:

Biologia Física Matemática Psicologia Química

Idiomas:

Inglês, Português

O nefrologista pediátrico é um médico especialista em Nefrologia Pediátrica, o qual faz o diagnóstico e tratamento de doenças dos rins em crianças e adolescentes.

Embora muitas pessoas pensem que o corpo de uma criança ou adolescente é igual ao dos adultos, a verdade é que não é assim.

Por isso, é preciso que os médicos se dediquem ao conhecimento aprofundado do funcionamento do corpo dos mais novos, assim como as doenças que mais acometem os pequenos, e seus tratamentos.

O nefro-urologista pediátrico, como também pode ser chamado, dedica-se ao estudo das doenças renais das crianças e jovens.

Se gostas de nefrologia, mas se queres dedicar-te ao tratamento de crianças, então estás no sítio certo. Neste artigo vamos mostrar-te tudo o que precisas saber para seguir uma carreira em Nefrologia Pediátrica.

Vens connosco?

O que faz um Nefrologista Pediátrico?

O nefrologista pediátrico diagnostica e trata problemas renais em crianças e adolescentes. De entre as doenças mais comuns em Nefrologia Pediátrica temos, por exemplo, insuficiência renal aguda / crónica, alterações congénitas dos rins (posição, tamanho e estrutura), doenças hereditárias, doenças sistémicas que implicam nos rins e nas vias urinárias, e cálculos renais.

Portanto, este especialista trata de doenças renais, mas também trata de doenças que possam atingir os rins ou as vias urinárias, como, por exemplo:

  • Glomerulopatias
  • Infeções urinárias
  • Uropatias e tubulopatias
  • Hipertensão arterial
  • Doenças quísticas renais
  • Lesões renais

Independentemente do problema que levou a criança ou adolescente à Nefrologia Pediátrica, o objetivo é sempre promover a saúde dos pacientes e fazer de tudo para preservar a função renal.

Geralmente, é o pediatra ou o neonatologista que encaminha a criança para este especialista. No entanto, também pode acontecer ser logo atendido pelo nefrologista pediátrico quando surjam sintomas ou sinais que indiquem uma doença ou anormalidade nos rins ou vias urinárias.

Ainda não tens certeza se esta é a profissão certa para ti? Então faz os nossos Testes Vocacionais!

Quais as suas funções

O nefrologista pediátrico é o profissional responsável por diagnosticar e tratar condições e patologias dos rins em crianças e jovens. Além disso, este profissional dedica-se à prevenção destas condições, evitando problemas mais graves e assegurando a qualidade de vida dos mais novos.

Como os pais costumam procurar os pediatras antes de qualquer outro profissional, é muito comum que sejam estes a encaminhar os pequenos ao nefrologista. Sendo assim, é normal que haja uma interação próxima com esses especialistas, assim como com os neonatologistas.

Além de infeções urinárias, muito comuns em crianças, este especialista também trata outras doenças, como, por exemplo, síndrome de Fanconi, doença renal policística, síndrome nefrótica, refluxo vesicoureteral, ou displasia renal.

Também é ele que faz o diagnóstico e tratamento no caso de doenças renais hereditárias e problemas congénitos de malformação.

Quando uma criança tem hipertensão arterial ou diabetes, é também o nefrologista pediátrico que entra em ação, pois estas doenças estão diretamente relacionadas com os fluidos corporais.

No seu dia a dia, ele pode ter de realizar, por exemplo:

  • Punções biopsias renais
  • Depurações extrarenais
  • Transplantes renais
  • Visitas a clínicas de hemodiálise
  • Visitar pacientes em enfermarias, assim como em unidades de cuidado intensivo
  • Fazer investigação e pesquisa científica

Saídas no Mercado de Trabalho

O nefrologista pediátrico é um especialista que pode trabalhar em hospitais públicos, ou hospitais e clínicas privados. Em Portugal, a maior parte dos médicos trabalha no setor público. Além de oferecerem boas oportunidades de carreira e salários elevados, também oferecem boas ferramentas para a investigação e pesquisa científica.

No Brasil, as maiores oportunidades encontram-se no setor privado, embora também existam muitas vagas no SUS. No entanto, o sistema público de saúde brasileiro carece de financiamento e boa gestão, o que leva a salários muito mais baixos, assim como falta de condições de trabalho.

Como entrar na carreira de Nefrologista Pediátrico?

Em Portugal, para seguires a carreira de nefrologista pediátrico, tens de fazer o mestrado integrado em medicina, seguido do ano comum (internato que é feito por todos os estudantes), assim como do internato na especialidade em Pediatria.

Para conseguires a subespecialidade em Nefrologia Pediátrica, além da formação básica em Pediatria de 3 anos, tens de ter, também, pelo menos, 3 anos de atividade assistencial e investigativa em centros da especialidade.

No Brasil, o percurso a seguir é muito similar. Além da graduação em Medicina, precisas fazer mais 2 anos de residência em Clínica Médica e 2 anos de residência médica em Pediatria. Só depois segues a subespecialização em Nefrologia Pediátrica. Para teres o título de nefrologista pediátrico, precisas fazer a prova de título no Congresso Brasileiro de Nefrologia Pediátrica.

Onde estudar Medicina?

Portugal:

  • FMUP (Faculdade de Medicina da Universidade do Porto)
  • FMUC (Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra)
  • FMUL (Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa)

Brasil:

  • UNB (Universidade de Brasília)
  • USP (Universidade de São Paulo)
  • UNICAMP (Universidade de Campinas)

O curso de medicina é um dos mais difíceis e mais longos que existem em todo o mundo. Sem dúvida, a formação de um médico não é fácil e demanda muito estudo e dedicação por parte dos alunos.

Se gostavas de te tornar médico especialista em nefrologia Pediátrica, esse caminho é ainda mais longo. No entanto, também é muito recompensador. Quando gostamos realmente do que fazemos, todos os sacrifícios parecem menores.

Portanto, se gostavas mesmo de ser nefrologista pediátrico, não desistas. Estuda muito, investe na tua formação ao longo da tua carreira, pois vai fazer toda a diferença. Nós desejamos-te muito sucesso!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top