Pediatra

Pediatra

O Pediatra é o médico especializado no cuidado de saúde de menores, desde que nascem, até à idade adulta. Por isso, eles cuidam de bebés, crianças, pré-adolescentes e adolescentes. É uma profissão nobre, mas que requer estudo árduo e uma constante atualização de conhecimentos.

Outros nomes para esta profissão: Médico Pediatra

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 2000€ - Máximo
  • Empregabilidade: Alta
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Biologia, Física, Matemática, Psicologia, Química
  • Idiomas: Espanhol, Francês, Inglês, Português

Esta especialidade médica é dedicada a todos os que gostem da área da medicina e que, ao mesmo tempo, tenham uma vocação inata para lidar com crianças e jovens. Sem dúvida, é essencial que gostes de crianças se quiseres seguir esta especialidade.

Além disso, é muito importante que consigas lidar com as tuas emoções e consigas distanciar-te dos pacientes. A verdade é que verás muitos casos complicados, doenças que podem ser muito penosas para os mais novos, e para os seus familiares. Por isso, terás de lidar também com muito sofrimento.

Ao mesmo tempo que lidas com situações complicadas, vais perceber que a capacidade de recuperação dos mais novos é impressionante e, mesmo em casos de dores agudas e persistentes, os pequenos conseguem sempre encontrar alegria e vontade de levantar!

É por isso que esta profissão é tão fascinante! É uma aprendizagem constante com os mais novos, que veem a vida de uma forma tão pura e colorida, mesmo quando tudo nos dá razões para chorar!

Se sentes vontade de trabalhar na área da medicina, e se queres trabalhar com crianças e jovens, então continua a ler este artigo e vê o que faz um pediatra no seu dia a dia, quais as funções que pode desempenhar, como está o mercado de trabalho e quais as saídas possíveis, e, por fim, o que terás de fazer para entrar nesta belíssima carreira!

Vem connosco!

O que faz um Pediatra?

O pediatra cuida e acompanha os menores de idade, desde que nascem, até que chegam à idade adulta.

Ao passo que cuidam das crianças e jovens, também dão indicações e orientações aos pais sobre os mais diversos temas, como alimentação, vacinação, amamentação, exames de rotina, prevenção de acidentes, entre outros.

Os médicos pediatras são aqueles que fazem os primeiros exames ao bebé, logo no dia do seu nascimento, como é o caso do teste do pezinho, por exemplo. Então, eles acompanham a criança desde sempre, e têm em mãos todo o histórico, permitindo um melhor diagnóstico de doenças que possam surgir futuramente.

Eles acompanham de forma regular as crianças, fazem exames de rotina para perceber o estado de saúde geral e, em casos de doenças e complicações, é responsável por fazer o diagnóstico e prescrever o melhor tratamento.

Quais as suas funções

Sem dúvida, o pediatra é muito importante na vida de qualquer criança e jovem, mas também tem um papel fundamental na vida dos pais e cuidadores. As dúvidas, especialmente quando se trata do primeiro filho, são muitas, e são os pediatras que ajudam os pais a enfrentar todos os medos e receios, e disponibilizam-se para responder a qualquer questão, por muito absurda que possa parecer.

Por isso, é essencial que, se quiseres seguir esta profissão, tenhas um grau de empatia muito grande, tolerância, a tenhas um gosto particular pela comunicação.

A tua função principal é garantir que os bebés, crianças e jovens tenham um desenvolvimento e crescimento saudável e, por isso, também terás de lidar com esses questionamentos por parte de pais e cuidadores.

Como a pediatria é muito abrangente, sendo uma das mais vastas áreas da medicina, é possível que te especializes em determinadas áreas (necessitando, pois, de um internato médico específico). De entre as várias possibilidades, podemos destacar, aqui, por exemplo:

  • Cirurgia pediátrica
  • Cardiologia pediátrica
  • Gastroenterologia pediátrica
  • Infectologia pediátrica
  • Hematologia pediátrica
  • Nefrologia pediátrica
  • Neurologia pediátrica
  • Medicina Intensiva pediátrica
  • Oncologia pediátrica
  • Neonatologia pediátrica
  • Nutrição pediátrica
  • Pneumologia pediátrica
  • Doenças raras

Saídas no Mercado de Trabalho

Sem dúvida, a maioria dos pediatras em Portugal trabalha no Serviço Nacional de Saúde, em Hospitais públicos (serviços de urgência, enfermarias, entre outros) e nos Centros de Saúde. Os recém-formados encontram aqui a oportunidade de começarem a sua carreira e crescerem profissionalmente.

Mas também é possível trabalhar em hospitais e clínicas privadas e, quando o médico já tem uma reputação, consegue obter bons rendimentos com um consultório próprio.

Existe, ainda, a possibilidade de seguir uma carreira na investigação e na docência, pois podes dar aulas em faculdades e fazer pesquisas em institutos e laboratórios.

No Brasil, o cenário é idêntico, embora as melhores oportunidades não se encontrem no sistema de saúde público, mas sim nas redes privadas.

Nos dois países, existe falta de profissionais médicos, embora pediatria seja uma das especialidades mais concorridas. A verdade é que são poucas as vagas abertas na faculdade, quando fazemos uma comparação para as reais necessidades da população.

Como entrar na carreira de Pediatra

Em Portugal, para entrares na carreira de Pediatria, precisas, antes de mais nada, concluir o mestrado integrado em Medicina (6 anos). Depois concluis um ano de internato médico comum a todas as especialidades, e só depois entras no internato médico da especialidade (60 meses).

O internato da especialidade consiste em 3 anos de treino pediátrico básico e 2 anos de treino nas áreas especializadas da pediatria.

Durante os 3 primeiros anos, farás estágios em:

  • Pediatria Geral;
  • Neonatalogia e Perinatalogia
  • Cirurgia Pediátrica
  • Ortopedia Pediátrica
  • Cuidados de saúde primários a criança e adolescente

Nos últimos dois anos de internato, farás estágio em Cuidados Intensivos em Neonatalogia, e também tens de escolher de entre estes estágios opcionais:

  • Cuidados intensivos pediátricos
  • Cardiologia pediátrica
  • Desenvolvimento
  • Dermatologia pediátrica
  • Genética
  • Nefrologia pediátrica
  • Doenças do metabolismo
  • Gastrenterologia e nutrição pediátrica
  • Endocrinologia pediátrica
  • Imunoalergologia pediátrica
  • Hematologia pediátrica
  • Medicina de adolescência
  • Neuropediatria
  • Neonatalogia
  • Otorrinolaringologia pediátrica
  • Oftalmologia pediátrica
  • Pedopsiquiatria
  • Oncologia pediátrica
  • Pneumologia pediátrica
  • Pediatria geral

Para atuar como médico pediatra, é obrigatório estar inscrito na Ordem dos Médicos.

No Brasil, assim como em Portugal, tem de concluir a faculdade de Medicina, com duração de 6 anos, e depois fazer a residência médica na especialidade de Pediatria (2 a 3 anos).

Após a conclusão da especialização, precisa registrar-se no Conselho Federal de Medicina (CFM) para poder ser considerado especialista. É obrigatório, sempre, o registro dos certificados nos Conselhos de Medicina no estado em que atua para conseguir o Registro de Qualificação de Especialista (RQE).

Onde estudar Medicina

Portugal:

Brasil:

Com toda a certeza, ser pediatra é uma das escolhas mais bonitas que existem. O cuidado de crianças e adolescentes é mais do que uma profissão comum, mas uma vocação que requer humanismo e muita empatia. Sem dúvida, uma escolha que tens de te orgulhar muito!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima