Professor de Bailado

Professor de Bailado

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Educação Física História da Cultura e das Artes Oficina de Artes

Idiomas:

Inglês, Português

O professor de bailado ensina jovens bailarinos, ou bailarinos profissionais, a técnica de execução do ballet, ou balé. Esta é uma profissão que pode parecer menor, por ficar longe dos palcos, mas a verdade é que sem os professores não existiriam grandes artistas.

O professor, seja ele de dança, música, matemática ou química, é a base de qualquer sociedade. Todos os profissionais aprendem com os seus professores, os seus mestres. Portanto, não teríamos uma sociedade como a conhecemos hoje sem a presença destes grandes profissionais que merecem todo o nosso reconhecimento. 

Se gostas de comunicar, passar o conhecimento que tens aos outros, de formar novos profissionais, e se adoras ballet, então esta pode ser a profissão certa para ti. 

Neste artigo vamos mostrar-te tudo sobre esta profissão para que possas fazer a tua escolha de carreira com mais consciência. 

Vamos? 

O que faz um Professor de Bailado?

O professor de bailado ensina jovens bailarinos, assim como bailarinos profissionais, as diferentes técnicas de execução do ballet, seja ele clássico ou contemporâneo. Exercícios em barra, piruetas ou pliés são das primeiras coisas a serem ensinadas para formar um bom bailarino, mas não as únicas. 

Trabalhando com jovens amadores ou com bailarinos profissionais, a verdade é que ser-se professor de dança permite unir a paixão pela dança e a vontade de ensinar os outros. 

As aulas são dadas sempre de acordo com a idade e os conhecimentos dos alunos. No caso de crianças, o grau de exigência é menor, como é lógico. Já no caso dos bailarinos profissionais, o professor de bailado tem de ser bem mais exigente. 

Independentemente do grau em que o aluno se encontre, é essencial conhecer as fraquezas e forças dele, não só ao nível do ballet, mas ao nível pessoal. Conhecer bem o aluno é sinónimo de sucesso, pois conseguimos perceber qual a melhor forma de estimulá-lo e motivá-lo a seguir em frente e ultrapassar os próprios limites. 

Quais as suas funções

A função do professor de bailado é formar bailarinos, mas também formar boas pessoas. Um bom professor não está focado só em ensinar técnicas e teorias. Um bom professor inspira os seus alunos e faz com que eles se tornem seres humanos melhores. 

Portanto, o professor de bailado, ou de qualquer outro tipo de dança, procura fazer com que os seus alunos sejam pessoas responsáveis, focadas, apaixonadas por aquilo que fazem, e que nunca desistem das suas metas e sonhos. 

Saídas no Mercado de Trabalho

O professor de bailado pode trabalhar em escolas de dança, em conservatórios de dança, mas também pode dar aulas particulares, por conta própria, e até criar a sua própria escola.

Como vês, podes ter muitas portas abertas, tantas quanto aquelas que comportam os teus sonhos. Desde acompanhar turmas de crianças a tornares-te um renomado professor de bailarinos profissionais, o limite é apenas o tamanho do teu sonho.

Portanto, nunca desistas de lutar por aquilo que queres para a tua vida. Com trabalho, esforço, dedicação e foco, tudo é possível. 

Como entrar na carreira de Professor de Bailado?

Se queres seguir a carreira de professor de bailado, tens de ter uma formação que te permita ensinar as técnicas de dança. Como é lógico, neste caso, tratando-se de uma arte, a experiência é essencial. A experiência é mais importante do que qualquer diploma ou certificado. 

Por isso é que muitos dos grandes professores de bailado foram, em tempos, bailarinos profissionais. É esta vivência que permite que os professores façam um bom acompanhamento dos seus alunos e consigam fazer florescer o melhor que há em cada um deles. 

Além disso, a experiência permite compreender melhor todos os princípios de segurança para se criar uma coreografia, assim como para saber a melhor forma de se manter a disciplina. 

A formação é, também, uma mais-valia, mas um curso académico ou universitário não é obrigatório para te tornares um professor de bailado. 

Como é óbvio, quanto mais conhecimento tiveres, melhor estás preparado para ocupar qualquer lugar. 

Agora que já sabes mais sobre esta profissão, vamos ver onde podes estudar para te tornares um melhor profissional. 

Onde estudar para Professor de Bailado?

Como te dissemos, não é obrigatório ter uma formação superior para te tornares professor de bailado. A experiência como bailarino é, sem dúvida, a melhor formação que podes ter. No entanto, e como conhecimento nunca é demais, deixamos-te aqui alguns cursos que te podem ser muito úteis. 

Portugal: 

Brasil:

Agora que já sabes mais sobre esta profissão, ainda queres ser um professor de bailado? Então foca-te e luta pelos teus sonhos. Não desistas, mesmo que possas, um dia, desanimar. O caminho pode não ser fácil, às vezes parece que tudo está errado, mas acredita que no final tudo vai fazer sentido. Nós, a equipa do Guia das Profissões, desejamos-te muito sucesso!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top