Professor de Clássicos da Literatura

Professor de Clássicos da Literatura

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Teletrabalho, Presencial

Ordenado Médio Mensal:

1500€ - 2000€

Empregabilidade:

Baixa

Disciplinas do secundario:

História da Cultura e das Artes Línguas Literatura

Idiomas:

Espanhol, Francês, Inglês, Português

O Professor de Clássicos da Literatura apresenta os grandes autores clássicos aos alunos do ensino secundário que escolham esta disciplina. O seu objetivo é contribuir para que os alunos tenham maior cultura literária, além dos autores portugueses.

Esta profissão é ideal para aqueles que são apaixonados por literatura clássica, mas também para todos os que têm vontade de ensinar os mais novos.

Transmitir conhecimentos sobre uma determinada área é vocação de poucos. Não basta “debitar” matéria! É preciso envolver os alunos para que eles se sintam entusiasmados a aprender mais sobre a matéria.

Por isso, se achas que essa é a tua vocação, o teu talento, está na hora de conheceres a profissão de Professor de Clássicos da Literatura.

Neste artigo vamos mostrar-te o que faz este profissional, quais as funções que tem no seu dia a dia de trabalho, as saídas no mercado de trabalho e o que precisas fazer para seguir esta carreira.

Estás curioso para conhecer melhor esta profissão?

Então segue connosco!

O que faz um Professor de Clássicos da Literatura?

O Professor de Clássicos da Literatura dá aulas aos alunos do ensino secundário que optem por estudar esta disciplina no 12º ano. Este profissional promove o conhecimento da literatura europeia e estimula os alunos para a leitura.

Ao apresentar os clássicos da literatura, este Professor também acaba por educar o gosto literário dos alunos, pois alarga os seus conhecimentos literários e refina os critérios de apreciação de um livro.

Além disso, o Professor de Clássicos da Literatura dá ferramentas úteis aos mais novos para que estes leiam de forma crítica e autónoma.

Para que os alunos desenvolvam estas competências, o Professor deve ser capaz de estimulá-los para interpretar os textos, dando-lhes as ferramentas para tal. Ele também ajuda o aluno a:

  • Identificar textos com interesse literário
  • Criticar textos com argumentos sólidos
  • Identificar informações importantes num texto
  • Respeitar os diferentes estilos literários e culturais
  • Relacionar textos

Quais as suas funções

A principal função do Professor de Clássicos da Literatura é apresentar as obras clássicas literárias aos alunos do ensino secundário, para que estes tenham cultura literária e ferramentas úteis para serem capazes de reconhecer bons textos.

Nas aulas, este Professor apresenta obras de diferentes épocas, modos e convenções literárias. Ajuda os alunos a interpretarem os textos literários, assim como a estabelecerem uma relação entre as obras e o contexto histórico-cultural.

O programa inclui a leitura obrigatória de várias obras, como, por exemplo:

  • “A divina comédia”, de Dante Alighieri
  • Prólogo e conto do Decameron, de Giovanni Boccaccio
  • “A tempestade”, de Shakespeare (podendo esta obra ser substituída por excertos de “O grande teatro do mundo”, de Pedro Calderón de la Barca, de “As Sabichonas”, de Jean-Baptiste Molière, “D. Quixote de la Mancha”, de Miguel de Cervantes ou “O casamento ardiloso”, de Novelas exemplares, igualmente de Cervantes)
  • “A grande máquina do Mundo”, de Luís de Camões (retirado de “Os Lusíadas) e “A Utopia”, de Thomas Morus (podem ser substituídos por “As viagens de Gulliver”, de Jonathan Swift, “Peregrinação”, de Fernão Mendes Pinto e “Portugal visto por um inglês”, de William Beckford)
  • “A paixão do jovem Werther”, de Wolfgang von Göethe
  • Poemas de Cantos, de Giacomo Leopardi
  • “Os noivos”, de Alessandro Manzoni
  • “O tio Goriot”, de Honoré de Balzac (podendo a obra ser substituída por “Grandes esperanças”, de Charles Dickens ou então “O jogador”, de Fiodor Dostoievski)
  • “A menina Júlia”, de August Strindberg
  • “Cartas a um jovem poeta”, de Rainer Maria Rilke; “Manifesto Anti-Dantas e por extenso”, de Almada Negreiros; “Saudação a Walt Whitman” e “Ultimatum”, de Álvaro de Campos

Saídas no Mercado de Trabalho

O Professor de Clássicos da Literatura pode trabalhar em escolas públicas, assim como em escolas privadas do ensino secundário. Como esta é uma disciplina opcional, então as ofertas de trabalho não são muitas. Se olharmos para as vagas dos concursos públicos, são poucos os Professores pedidos.

Normalmente, estes Professores também dão aulas de Português e Literatura, o que faz com que consigas ter um horário completo (35 horas semanais).

Uma alternativa são as aulas particulares. Podes dar aulas em casa, ou a partir da internet, a alunos que queiram melhorar as notas a esta disciplina. Podes também passar o teu conhecimento a outras pessoas, que não alunos, que queiram aprender mais sobre os clássicos da literatura.

Como entrar na carreira de Professor de Clássicos da Literatura?

Para seguires a carreira de Professor de Clássicos da Literatura, tens de concluir o mestrado em Ensino do Português e Línguas Clássicas, e fazer uma especialização em Clássicos da Literatura ou então em Estudos Clássicos.

Com estas habilitações, podes dar aulas de Português a alunos do básico e secundário, assim como aulas de Clássicos da Literatura e Literatura Portuguesa.

No caso de quereres tornar-te professor universitário, então deves prosseguir os teus estudos e fazer o doutoramento.

Onde estudar para ser Professor de Clássicos da Literatura?

Portugal:

Brasil:

Adoras ler e és apaixonado pelos grandes clássicos? Então a profissão de Professor de Clássicos da Literatura é a escolha certa para ti! Estuda, investe na tua formação, porque vai valer a pena todo o esforço. Acredita em ti e no teu sonho. Sucesso!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top