Repórter de TV / Telejornalismo

Repórter de TV - Telejornalismo

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Multimédia Psicologia Sociologia

Idiomas:

Inglês, Português

O Repórter de TV, ou Repórter de Televisão, é um profissional de Telejornalismo que procura informação no terreno. Assim, é o Jornalista que sai em busca das notícias, procurando recolher os fatos e os testemunhos que interessam.

O mundo do Telejornalismo tem diversos profissionais fundamentais para que as pessoas ouçam e vejam as notícias do dia. E entre os mais importantes está o Repórter de TV.

Esse profissional é aquele que busca recolher as informações do dia, vasculhando os fatos e recolhendo os depoimentos de quem aparece nas notícias. Ser Repórter de Televisão tem associado um certo glamour por via do mediatismo, mas é uma área bastante exigente e onde é essencial saber lidar com o stress do “Última Hora”.

Mas vem connosco saber tudo dessa profissão fascinante!

O que faz um Repórter de TV

O Repórter de TV é o Jornalista que faz a cobertura de eventos, como protestos e conferências de imprensa. Mas também sai para a rua para fazer reportagens, falando com as fontes e seguindo pistas de notícias.

O seu trabalho é recolher o material necessário para a elaboração das notícias do dia. Mas é uma tarefa onde não atua sozinho, pois está quase sempre acompanhado de um Operador de Câmara. Repara que na televisão, a imagem é fundamental!

Portanto, o Repórter de TV busca recolher o máximo de informações necessárias para contar uma história da forma certa. Mas não é uma história qualquer, é informação, ou seja, dados relevantes para a sociedade.

Além de entrevistar as fontes e de recolher os dados, também precisa de escrever os textos que acompanham as reportagens. E nesse processo, é muitas vezes o Repórter de TV quem escolhe as imagens que serão montadas na peça final a transmitir.

Por outro lado, também pode ser o Repórter de TV a fazer o áudio da reportagem. Assim, entregará a sua voz ao produto final. Mas, em alguns casos, podem ser outras pessoas a gravar o áudio da peça, em jeito de Locutor, com base no trabalho feito pelo Repórter de Televisão.

Afinal, o que é Telejornalismo

O Telejornalismo é o Jornalismo que se pratica nas redações de televisão. Portanto, é o que alimenta os Telejornais que são emitidos todos os dias.

Repara que o Telejornalista atua de forma diferente do Jornalista Digital ou do Repórter de Rádio. Apesar de haver princípios e procedimentos semelhantes a todos, uma vez que os canais de distribuição das notícias são diferentes, é preciso fazer as notícias de forma diferente.

Assim, o Repórter de TV não pode esquecer-se da importância das imagens.

Mas também deve saber escrever bem, embora estejamos no domínio da Televisão. Repara que muitas intervenções do Repórter de TV são baseadas em textos escritos. Ou achas que todos os Jornalistas têm a capacidade de improvisar em diretos?

Como lidar com o nervosismo nos diretos

Para ultrapassar o nervosismo e evitar “brancas” na hora da verdade, alguns Jornalistas alinham umas notas num papel que depois leem durante os diretos. Desse modo, asseguram um fio condutor convincente na sua conversa e evitam embaraços em caso de bloqueio.

Mas para que tudo corra bem, precisam de saber ler essas notas, num tom mais coloquial, como se estivessem conversando.

Portanto, o Telejornalismo implica o domínio de técnicas específicas, além das questões de ética profissional típicas do Jornalismo.

Quais as funções do Repórter de Televisão

A função do Repórter de TV é precisamente reportar o que está a acontecer em termos de informação. Assim, pode ter de acompanhar conferências de imprensa e eventos, relatando os principais acontecimentos dos mesmos.

Mas também pode ter de fazer pontos de situação em tragédias ou acidentes, por exemplo, com diretos nos locais dos incidentes.

Além disso, terá de falar com fontes, sejam autoridades oficiais, sejam especialistas das áreas em causa ou simples anónimos. É uma busca por mostrar os vários lados da história, ou seja, por contar a verdade em todas as suas vertentes.

A atividade pode implicar passar muitas horas de trabalho longe de casa e sem um horário fixo.

Além disso, é uma profissão bastante stressante, pois o Repórter de TV vive sempre com prazos muito apertados, e na urgência de dar a informação antes dos media concorrentes.

Assim, é preciso ter muita resistência ao stress, mas também persistência para seguir o faro de Jornalista e as pistas da notícia. Às vezes, o Repórter de Televisão tem de mover mundos e fundos para conseguir um testemunho daquela pessoa tão fundamental para a peça que tem em mãos.

Quanto ganha um Repórter de TV

O mundo da Televisão desperta muita curiosidade e muitas pessoas acreditam que os salários de quem trabalha nessa área são generosos. Mas nem sempre é assim! O Repórter de TV não é tão bem pago como algumas pessoas podem pensar.

A profissão está regulamentada e os canais de Televisão costumam ter que cumprir tabelas salariais mínimas. Mas os ordenados dependem muito da empresa contratante, bem como da experiência do profissional.

Repara que a indústria televisiva é muito concorrida e na guerra das audiências, há uma busca constante pelos melhores talentos. Por isso, os Repórteres de TV mais cotados, por exemplo, os que conseguem os melhores “furos” jornalísticos, podem ser até disputados entre canais.

Nesses casos, há maior margem para negociar ordenados mais interessantes. Mas para quem está a começar, as coisas podem ser menos atraentes em termos financeiros.

Saídas no Mercado de Trabalho

Os canais de televisão são a grande via de saída profissional para esses profissionais. Contudo, hoje em dia, as oportunidades são muitas nesse âmbito.

Além de canais generalistas, há uma série de canais temáticos e de canais de cabo. Além disso, há ainda sites de informação que envolvem uma componente forte de vídeo.

Portanto, há várias hipóteses de trabalho para quem quer ser Repórter de TV. Estes profissionais devem procurar ser multidisciplinares, dominando a linguagem dos vários meios de informação, para poderem aumentar as suas possibilidades.

Como entrar na carreira de Repórter de TV

A maioria dos Repórteres de TV entra na profissão através de estágios curriculares ou profissionais.

Assim, começam por fazer formação na área ou em Jornalismo, procurando depois fortalecer os conhecimentos teóricos com a experiência num estágio.

Mas também é importante que o profissional procure fazer uma capacitação técnica adequada à Televisão.

Repara que para ser Repórter de TV é preciso dominar uma linguagem própria, mas também é necessário saber como comportar-se. Estamos falando dos gestos e da técnica vocal, por exemplo.

Assim, é uma questão de formação e de empenho, além de qualidade.

Dicas para ser Repórter de Televisão

Fica com algumas dicas que te podem ajudar a aperfeiçoar competências para te tornares Repórter de Televisão:

  • Ter empatia e ser simpático
  • Saber gesticular na hora certa (e não exagerar)
  • Conseguir escrever muito bem
  • Saber olhar para a Câmara (não é um extraterrestre!)
  • Mostra o que sabes fazer nas redes sociais, num blogue ou no Youtube com vídeos
  • Encontra uma referência (uma personalidade conhecida) para te inspirares
  • Define um diferencial que te torne único
  • Participa em eventos para conhecer pessoas e fazer networking
  • Afasta preconceitos e pré-julgamentos (a tua opinião não interessa no Jornalismo).

Onde estudar Telejornalismo

Existem poucos cursos extensivos focados no Telejornalismo ou no Jornalismo Televisivo. Mas, de qualquer modo, podes sempre fazer uma formação geral em Jornalismo que será importante para teres as bases fundamentais da profissão.

Depois disso, deves procurar cursos técnicos para aprenderes a falar para as câmaras e a comportares-te diante delas. Além disso, é importante trabalhar a voz, para a colocares no tom certo.

Espreita, de seguida, algumas ideias que te podem ajudar a escolher o caminho mais adequado para o teu perfil.

Portugal:

Brasil:

Depois de veres o que é o Telejornalismo e de entenderes o que faz um Repórter de TV, já sabes se tens o que é preciso para esta profissão? Se estás decidido, capacita-te, prepara-te bem e vai em frente com confiança. Torcemos pelo teu sucesso.

Mas se continuas com dúvidas, espreita o nosso Simulador de Profissões para teres acesso a outras profissões que podem ser perfeitas para ti!

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top