Serralheiro

Como ser serralheiro

O serralheiro é o profissional que trata da construção, montagem e/ou reparação de estruturas metálicas, de carroçarias de automóveis, de tubos de combustível, ar ou vapor, e de estruturas associadas a navios, pontes e outros.

Outros nomes para esta profissão:

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 1000€ - 1500€
  • Empregabilidade: Alta
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Geometria Descritiva, Matemática, Materiais e Tecnologias
  • Idiomas: Inglês, Português

A profissão de serralheiro é muito técnica e requer conhecimentos precisos e específicos. Por isso, costuma ter bastante procura no mercado.

Para quem tem experiência profissional na área não será difícil encontrar emprego. Já as pessoas sem formação e sem experiências de trabalho anterior como serralheiro poderão ter mais dificuldades.

Os salários de serralheiro podem variar muito, conforme a experiência e a especialização do profissional. A área de atividade onde trabalha também influencia os valores dos salários.

Em Portugal, o ordenado de um serralheiro pode ir dos 650 euros aos mil e tal euros, conforme a experiência do candidato ao emprego e a dificuldade do trabalho a que se candidata.

Já no Brasil, o ordenado médio de um serralheiro ronda os 2 mil euros, mas pode ir dos 1400 aos 3 mil reais conforme o grau de especialização do profissional e o tamanho da empresa onde trabalhe.

Países como Reino Unido, França e Luxemburgo, que têm um potencial económico maior, podem pagar valores bem mais elevados.

Para ser serralheiro é preciso ter uma grande capacidade de trabalhar em equipa, bem como grande polivalência. A facilidade de adaptação é outra mais-valia, tal como a competência para resolver problemas.

Se este é o caminho que deseja seguir, descubra mais sobre a profissão de serralheiro já de seguida.

O que faz um serralheiro

O serralheiro pode trabalhar em várias atividades, desde a construção civil à indústria e metalomecânica, passando pelo setor automóvel até à construção naval.

O Arsenal do Alfeite, na Base Naval de Lisboa, inclui o serviço de Serralharia Civil, onde são reparadas e fabricadas estruturas, isolamentos e calafetagens de navios, bem como de estaleiros, hospitais, aeroportos e centros comerciais.

Além dos conhecimentos específicos de serralharia, muitas vezes, pede-se a estes profissionais que tenham também competências típicas do soldador. Também pode precisar de perceber de Pintura e de Construção Civil.

Os profissionais que trabalham de serralheiro devem ter conhecimentos básicos de desenho técnico, bem como de cálculos matemáticos simples.

É importante que percebam também do funcionamento da maquinaria que precisam de utilizar e devem ter noções de Segurança no Trabalho, nomeadamente quanto ao uso de Equipamentos de Proteção Individual.

Um dos requisitos importantes para exercer a profissão é ter capacidade de adaptação e flexibilidade. Mas venha perceber melhor que funções pode um serralheiro desempenhar.

Quais as suas funções

O serralheiro precisa de saber interpretar desenhos técnicos e outras informações técnicas para realizar certas tarefas, nomeadamente para montar estruturas metálicas. Também precisa de fazer medições e cálculos básicos no âmbito das suas funções.

As principais atividades de um serralheiro passam pela construção e reparação de estruturas metálicas em terra ou em cais ou unidades flutuantes. Pode, assim, ter de montar andaimes para poder realizar as obras em altura.

Entre as funções de um serralheiro incluem-se, ainda, a reparação de portas e janelas, bem como de sanitários. Também executa a manutenção e reparação de equipamentos e máquinas.

Além disso, trabalha com chapas de aço, tubos e perfilados, cortando e enformando estes materiais com recurso a ferramentas como o maçarico, martelos, grampos e esticadores, entre outros.

As tarefas de um serralheiro passam por desenvolver cortes, furos e soldas em ferro e alumínio, entre outros materiais. Também executa dobras de produtos metálicos e faz o corte de perfis de metal. Para estes efeitos, precisa de saber utilizar máquinas de corte, trenas, estampo e pantógrafo.

A montagem de esquadrias é outras das funções do serralheiro que precisa de ser um profissional atento à precisão e ao detalhe. Não pode haver falhas na execução das tarefas, não apenas para sua segurança, mas também para que o resultado seja o ideal.

O trabalho de um serralheiro pode ainda passar pela inspeção de materiais, nomeadamente para avaliar a sua qualidade, e pela sua armazenagem. Da mesma forma, pode ser responsável pelo transporte das peças executadas aquando da entrega ao cliente.

Saídas no Mercado de Trabalho

Há uma série de empresas onde um serralheiro pode trabalhar, desde pequenas a grandes empresas, nas áreas da construção civil, da indústria e da metalomecânica.

Como se trata de uma profissão que exige determinados conhecimentos técnicos, há sempre procura por serralheiros. Quem tem experiência ou formação específica, não tem, assim, dificuldades em arranjar emprego.

A busca de trabalho pode ser feita diretamente nas empresas, sendo que algumas abrem vagas para contratação com regularidade e buscam sempre novos serralheiros.

Tenha atenção que as grandes empresas exigem, muitas vezes, experiência e cursos técnicos de serralharia aos profissionais que contratam. Por isso, é boa ideia investir em formação.

Pode também começar por trabalhar em pequenas serralharias como aprendiz de serralheiro, para ganhar experiência e conhecimentos para voos maiores.

Uma outra forma de buscar emprego de serralheiro passa por procurar anúncios de emprego na Internet, nomeadamente no site do Instituto do Emprego e Formação Profissional de Portugal e no Emprega Brasil.

Como entrar na carreira de serralheiro

Não é preciso formação profissional específica para entrar na profissão de serralheiro, mas as empresas maiores procuram quase sempre trabalhadores com experiência e formação específica.

Há cursos profissionais para serralheiro que podem ser uma grande ajuda na hora de procurar emprego na área.

Esses cursos podem, nalguns casos, abrir portas para um emprego, já que alguns são promovidos para responder a necessidades frequentes do mercado em termos de trabalho especializado.

Há Academias de Formação, como a ATEC em Portugal, que resulta de uma colaboração entre empresas como a Volkswagen Autoeuropa, a Siemens, a Bosch Termotecnologia e a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã, com vista a formar profissionais para este setor.

Assim, entrar num curso técnico e/ou profissional pode ser um bom pontapé de saída para ter uma boa vida como serralheiro.

Veja de seguida algumas das especializações mais solicitadas na área da serralharia e que podem dar maiores garantias de um emprego – e de um salário melhor!

Especializações para serralheiro

A serralharia mecânica é uma das especializações que pode oferecer boas garantias de um emprego, lidando com reparações, montagem e desmontagem de maquinaria e mecanismos de transporte.

Outra área específica é a serralharia civil, onde o foco é no fabrico e montagem de portas, portões, vedações, automatismos e outras estruturas em materiais como ferro, alumínio e inox, entre outros.

Nalgumas situações, é solicitado ao serralheiro que tenha conhecimentos de soldador, nomeadamente em técnicas de soldadura a arco elétrico, MIG e TIG.

Ter competências nas áreas hidráulica, pneumática e de acionamentos pode também ser essencial para certos setores de atividade.

Indústrias como a náutica, o petróleo e automóvel podem exigir conhecimentos muito específicos, pelo que, às vezes, promovem eles próprios formações que visam captar talentos para contratar.

Onde estudar para serralheiro

Como já foi dito anteriormente, ter uma formação profissional ou técnica específica é uma mais-valia para encontrar emprego como serralheiro.

Para tirar formação na área até o pode fazer online nos dias de hoje! Mas o importante é que aposte em cursos certificados e de qualidade, o que aumentará as suas hipóteses de encontrar um trabalho bem pago.

Portugal:

Brasil:

A profissão de serralheiro é uma boa aposta para quem não quer passar tempo sentado a uma secretária, nem perder demasiados anos em formação na escola. É um trabalho sempre dinâmico e físico que requer muita atenção e precisão. Acha que tem o que é preciso para ter sucesso como serralheiro?

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima