Técnico de Rega / Técnico de Irrigação e Drenagem

Técnico de Rega - Técnico de Irrigação e Drenagem

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Ordenado Médio Mensal:

Mínimo - 1000€

Empregabilidade:

Média

Disciplinas do secundario:

Matemática Química

Idiomas:

Português

O Técnico de Rega ou Técnico de Irrigação e Drenagem é essencial no setor agrícola. Assim, cabe-lhe zelar pelos sistemas de rega, de modo a que a água seja distribuída de forma adequada pelos solos. Mas vem descobrir mais sobre esta profissão…

A rega é um processo essencial na agricultura, pois sem a quantidade de água certa as plantas não crescem.

Assim, o Técnico de Rega é fundamental em produções agrícolas, trabalhando de perto com o setor da Engenharia Agrícola ou com o Agricultor para garantir o sucesso das culturas.

O profissional precisa, portanto, de ter conhecimentos de Irrigação e Drenagem. Além disso, tem de saber distinguir os diferentes sistemas de rega e as suas características.

Por outro lado, deve ter noções sobre solos como, por exemplo, a taxa de infiltração de água, os diferentes tipos de solo e as suas necessidades de rega.

Mas não faz só a manutenção dos sistemas de rega em estufas ou em produções agrícolas ao ar livre. Portanto, o Técnico de Irrigação e Drenagem também pode trabalhar em jardinagem.

Todavia, pode ainda entrar no setor comercial, por exemplo, numa loja de venda de produtos para rega.

Certo é que para entrar nesta área é preciso ter gosto pelo ar livre e, claro está, não podes ter medo de te molhares…

Fica connosco para saberes mais dados sobre a profissão…

Quanto ganha um Técnico de Rega

Em Portugal, os Técnicos de Rega estão abrangidos pelo Contrato Coletivo de Trabalho da Confederação dos Agricultores. Assim, o salário mínimo da profissão é da ordem dos 680 euros.

No Brasil, os salários dos Técnicos de Irrigação e Drenagem rondam entre os 1200 e os 2270 reais.

Contudo, os valores praticados podem depender muito da experiência e das qualificações dos profissionais. Além disso, a dimensão das produções e a complexidade dos sistemas de rega utilizados também influenciam os ordenados.

Portanto, é difícil estabelecer um valor salarial médio.

Mas vem daí perceber mais sobre o universo de trabalho destes profissionais…

O que faz um Técnico de Irrigação e Drenagem

O centro do trabalho de um Técnico de Rega é garantir que os sistemas de rega funcionam adequadamente. Assim, precisa de ter os conhecimentos técnicos que lhe permitam por os equipamentos a funcionar ou arranjá-los quando se avariam.

Mas o seu papel também é entender qual o sistema de irrigação mais adequado para determinado tipo de área, de solo e de cultura ou de plantas. Portanto, precisa de ter conhecimentos mais vastos.

A definição do sistema de irrigação adequado para determinado caso deve ter em conta os seguintes critérios:

  • Textura do solo
  • Exposição ao sol
  • Tipo de cultura e tamanho das plantas
  • Utilização dada ao jardim e suas características
  • Água disponível
  • Condições climatéricas (por exemplo, humidade do ar, insolação, vento e temperatura)
  • Dimensão da propriedade agrícola
  • Tipo de estufa
  • Quantidade de água evaporada a partir do solo.

A par desses saberes, o Técnico de Irrigação e Drenagem ainda deve ser capaz de lidar com a componente elétrica dos sistemas de rega.

Esta área é especialmente importante para manter a saúde e a qualidade das produções. Assim, é também um campo onde a falta de profissionais qualificados pode originar erros grosseiros com consequências muito caras.

O papel do Técnico de Rega assume, portanto, importância vital na gestão das propriedades agrícolas.

Como escolher um bom sistema de rega

A gestão eficiente da água é, atualmente, um tema muito importante por razões ambientais. Contudo, no setor agrícola é ainda mais relevante, pois o uso racional da água permite cortar custos e ainda melhorar a produção.

Portanto, um Técnico de rega competente pode ser determinante para o sucesso de um projeto. Mas, para isso, é preciso escolher o sistema de rega ideal.

Assim, os principais sistemas de irrigação são os seguintes:

  • Rega de superfície (gravidade)
  • Rega por aspersão
  • Microrrega ou rega localizada
  • Rega gota-a-gota (através de gotejadores)
  • Micro aspersão
  • Rega por jorros
  • Rega sub-superficial (a partir de rampas enterradas no solo)

Cabe a um Técnico de Irrigação e Drenagem entender qual será a melhor escolha para cada projeto em que esteja envolvido. Portanto, precisa de conhecer as diversas componentes de cada um, bem como a forma de instalação e os principais benefícios.

Vantagens de ter um sistema de irrigação eficiente

  • Grande poupança de água
  • Arranque automático
  • Horário pré-definido em função das necessidades e disponibilidade
  • Aumenta eficácia da adubação
  • Mantém toda a área devidamente regada
  • Redução de custos.

Mas depois desta exposição mais técnica sobre sistemas de rega, vem entender qual é, afinal, o trabalho de um Técnico de Irrigação e Drenagem…

Quais as suas funções

Como vês, o trabalho de um Técnico de Rega pode ser muito diverso. Mas, no fim de contas, é o “mestre” da rega, lidando com todas as vertentes associadas aos sistemas que a permitem.

É preciso notar que o trabalho depende muito do local onde o profissional exerce a atividade.

Assim, se estiver integrado numa loja de artigos de rega pode ter de fazer tarefas como, por exemplo, organizar stocks em armazém, atender clientes, preparar encomendas e ajudar nas cargas e descargas de mercadorias.

Mas, em termos gerais, um Técnico de Irrigação e Drenagem tem de saber executar as seguintes funções:

  • Executar projetos de irrigação e drenagem
  • Montar e reparar sistemas de rega
  • Analisar dados de estações de monitorização e de sondas de humidade de solo
  • Planear misturas de adubos e de produtos químicos na água de rega
  • Fazer a manutenção dos equipamentos (por exemplo, quadros elétricos e bombas hidráulicas)
  • Limpar os equipamentos (por exemplo, os filtros)
  • Definir quando e como regar cultivos e drenar o solo
  • Realizar perícias e emitir pareceres técnicos
  • Traçar planos de manutenção preventiva.

Além de todas estas funções, o Técnico de Rega também deve ter capacidade para orientar os proprietários dos sistemas de rega para a melhor forma de os utilizar, por exemplo para evitar avarias.

Saídas no Mercado de Trabalho

Os Técnicos de Irrigação e Drenagem podem encontrar várias saídas profissionais no mercado. Assim, podem trabalhar em viveiros, em propriedades rurais e em estufas.

Contudo, também podem estar ligados a cooperativas e associações ou a até a entidades públicas como Câmaras Municipais.

Além do setor agrícola, têm também oportunidades de emprego na área da jardinagem e da manutenção de jardins, ou até em empresas do setor do urbanismo.

Mas podem ainda trabalhar em empresas de instalações hidráulicas ou em centros de inspeção a sistemas de rega e de bombeamento.

Estes profissionais também têm oportunidade de trabalhar em empresas de certificação e em institutos de pesquisa.

Por outro lado, o setor do comércio de sistemas e produtos de rega também emprega estes trabalhadores, tal como empresas de distribuição de produtos hortícolas e de venda de produtos para horticultura.

Como entrar na carreira de Técnico de Rega

A entrada na profissão pode ser feita apenas com a escolaridade mínima obrigatória. Contudo, em explorações maiores e mais complexas, podem exigir formação técnica específica ou experiência comprovada.

De qualquer modo, ter formação adequada é sempre uma mais-valia. Além disso, é importante ter conhecimentos de eletricidade.

A capacidade de resolução de problemas é também fundamental. Assim, se fores um faz-tudo que tudo arranja, tens mais hipóteses de ser bem-sucedido.

Para trabalhar no comércio de retalho ou de varejo, por exemplo em lojas que vendem produtos de rega, pode ser preciso saber trabalhar com um computador. Algumas empresas pedem ainda conhecimentos do software Primavera. Mas também pode ser uma vantagem ter experiência como Operador de Empilhadeira.

De resto, as empresas apreciam pessoas com capacidade de iniciativa e gosto pelo trabalho em equipa.

Mas vem saber como podes aprender esta profissão…

Onde estudar para Técnico de Irrigação e Drenagem

Há alguns cursos técnicos e profissionais que são uma boa base para dar os primeiros passos na área da Irrigação e Drenagem.

Estes cursos abordam temas tão diversos como áreas básicas de matemática, química e física. Mas focam-se, sobretudo, em assuntos como, por exemplo, tipos de irrigação, drenagem agrícola, conservação do solo e fitotecnia, entre outros.

Espreita de seguida algumas possibilidades para formação como Técnico de Rega…

Portugal:

Brasil:

Após esta leitura, fica possível confirmar que um Técnico de Rega é fundamental em áreas como a Agricultura e a Horticultura. Mas para seres um Técnico de Irrigação e Drenagem precisas de competências técnicas adequadas. Se é o que queres para o futuro, prepara-te bem e tem muito sucesso.

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top