Treinador de Equitação / Treinador de Cavalos

Treinador de Equitação - Treinador de Cavalos

O Treinador de Equitação ou Treinador de Cavalos é responsável pelos ensinamentos de cavalos e de cavaleiros. O seu papel é, no fundo, assegurar a sintonia perfeita entre cavaleiro e cavalo, o que exige muita paixão e muitos anos de trabalho. Mas vem daí saber mais sobre esta profissão…

Outros nomes para esta profissão: Professor de Equitação

  • Modalidades: Presencial, Ar Livre
  • Ordenado Médio Mensal: 1000€ - 1500€
  • Empregabilidade: Baixa
  • Tipo de trabalho: Trabalho Solitário, Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Biologia, Educação Física
  • Idiomas: Inglês, Português

O mundo dos cavalos é apaixonante. É difícil ficar indiferente a estes animais soberbos! Quem tem o privilégio de contactar com eles de perto, fica com o “bichinho” que se entranha e do qual é quase impossível escapar.

Este é o discurso de todos aqueles que se deixarem conquistar pelos cavalos e que têm a oportunidade de trabalhar com eles.

O surgimento dos cavalos na vida humana está associado à agricultura e ao transporte de pessoas e mercadorias. Assim, a arte da equitação só nasceu anos mais tarde.

Mas, na atualidade, os cavalos são sobretudo animais de lazer e de companhia. Porém, também são fortes na componente desportiva, por exemplo nas modalidades olímpicas ou nas corridas.

Fica connosco para descobrir tudo sobre essa profissão…

Quanto ganha um Treinador de Equitação

Se o teu sonho é ter uma profissão onde se ganha muito dinheiro depressa, procura melhor. Pois o mundo de um Treinador de Equitação é bem complicado e exige muitos anos de trabalho para atingir o nível mais elevado da profissão.

Estamos falando de um trabalho muito exigente e que precisa de muita dedicação para chegar aos patamares mais altos. Assim, ao cabo de um bom tempo na área pode-se até ganhar bem. Mas leva tempo até lá chegar.

Os Treinadores de Cavalos que trabalham em países do Médio Oriente, como o Dubai e a Arábia Saudita, podem ter salários elevados. Nestes países, há um grande respeito e paixão pelo cavalo. Além disso, também há muito dinheiro disponível.

Portanto, ser Treinador de Cavalos do emir do Dubai ou de outras figuras importantes pode ser muito rentável. Nota que o Dubai organiza um Campeonato Mundial de Equitação que é conhecido como a “Fórmula 1 dos cavalos”!

Pensa que um único cavalo, se for de certas raças, pode custar algo como 40 milhões de euros. Trata-se de um mundo onde circulam avultadas quantias de dinheiro. Contudo, o Treinador de Equitação no fundo da pirâmide não ganha assim tanto.

O que faz um Treinador de Cavalos

A vida de um Treinador de Cavalos pode ser bem apaixonante, mas também muito dura. Além de ser muito exigente no dia-a-dia, requer muitos anos para se aperfeiçoar.

O próprio trabalho com os cavalos e com os cavaleiros é interminável, pois alcançar a sintonia perfeita entre ambos é moroso.

Mas, no fim de contas, também é muito gratificante conseguir passar ensinamentos. O Professor de Equitação tem de corrigir os erros do praticante e ensinar o cavalo para que ambos trabalhem na perfeição.

Em algumas modalidades, por exemplo nas que vemos nos Jogos Olímpicos, o menor dos erros é fatal. Portanto, trata-se de um trabalho muito rigoroso e que vai ao mínimo dos detalhes.

Mas o Treinador de Cavalos tem um papel que vai para lá disso. Ele é muito importante numa hara ou num centro hípico, por exemplo. Além de treinar e preparar o cavalo, é uma figura chave para os negócios dos proprietários.

Como é a rotina de um Treinador de Cavalos

Um bom Treinador de Equitação sabe reconhecer um bom cavalo, avaliando a sua estrutura e descobrindo para que modalidade é mais adequado.

Mas também pode perceber se aquele cavalo tem potencial para ser treinado, para evoluir. É um pouco como um “olheiro” no futebol que anda sempre em busca dos grandes craques.

Portanto, o Treinador de Cavalos deve saber conduzir o dono do animal para que ele entenda se vale a pena investir em certo cavalo. Por outro lado, também precisa de saber guiar o animal. Assim, tem de entender qual a melhor forma de “falar” com ele e de o melhorar, mediando os seus esforços, mas sem o perder.

A profissão é uma daquelas áreas onde se vive com um desafio que é, ao mesmo tempo, um dilema. Falamos da busca incessante por esse animal magnífico que vai fazer a diferença.

Quais as suas funções

O trabalho de um Treinador de Equitação assenta numa rotina puxada. Mas tem dois pilares fundamentais: por um lado o ensino do cavalo e, por outro, o ensino do cavaleiro.

Assim, as suas funções incluem zelar pelos cuidados dos animais. Portanto, tem de levantar-se bem cedinho para os alimentar e verificar o seu estado de saúde. Portanto, tem de confirmar se comeram, se beberam e se têm as patas em bom estado.

Esta análise é essencial para depois passar ao treinamento dos animais.

No caso do ensino de montaria, os cavaleiros começam por aprender a ganhar confiança, desenvolvem o equilíbrio em cima do cavalo e fazem os três andamentos básicos, isto é, passo, trote e galope.

O Professor de Equitação também ensina as regras básicas de segurança e como deve ser feita a limpeza dos cavalos.

Depois os cavaleiros têm aulas de atelier e de sela, onde aprendem a aparelhar, montar e apear do cavalo.

Numa fase mais avançada, o Treinador de Equitação ensina técnicas de competição aos cavaleiros. Assim, pode treinar jóqueis ou também passar ensinamentos a futuros treinadores de acordo com as principais modalidades e estilos existentes.

Estilos de Equitação

Os principais estilos de Equitação moderna são os seguintes:

Equitação Clássica ou Inglesa

É a base da equitação de ensino e das competições, pois o cavaleiro mantém total controle sobre o cavalo. Mas mistura técnicas usadas na caça em Inglaterra com a chamada Alta Escola ou Dressage.

Todas as modalidades olímpicas usam este estilo.

Equitação Western ou Americana

Este estilo reporta para os rodeos americanos e para a imagem do cowboy dos filmes “western”. Portanto, o cavaleiro deve conseguir controlar o cavalo apenas com uma mão na rédea.

O objetivo é que os cavalos reajam ao menor dos estímulos, como, por exemplo, um ligeiro toque na coxa.

Modalidades de Equitação

O Hipismo, ou seja, a arte de montar a cavalo, envolve várias modalidades, algumas das quais desportivas. Mas nem todas têm o estatuto olímpico.

O Brasil e Portugal têm uma boa tradição equestre nos Jogos Olímpicos. A primeira medalha olímpica de Portugal foi mesmo no Hipismo em 1924, em Paris, quando uma equipa lusa de oficiais de cavalaria venceu o Bronze na prova de obstáculos.

O cavaleiro brasileiro Rodrigo Pessoa venceu o Ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004, na prova de Saltos individuais. Ele é a grande figura do Hipismo do Brasil no mundo.

Mas há mais vida para lá das Olimpíadas! Assim, vem espreitar quais são as principais modalidades de equitação:

  • Salto (Modalidade Olímpica)
  • Adestramento ou Dressage (Modalidade Olímpica)
  • Cross Country
  • Pólo
  • Corridas de Jóqueis
  • Horseball
  • Rédeas
  • Tambor
  • Enduro Equestre
  • Equitação de Trabalho.

Assim, o Treinador de Cavalos deve estar familiarizado com as várias vertentes, bem como com outros estilos de montaria. Pois há diferenças em suas técnicas que precisa de saber passar a cavaleiros e cavalos.

Mas continua a ler para entender como entrar nesse mundo.

Saídas no Mercado de Trabalho

Os empregos para Treinadores de Equitação não abundam! É uma área bastante fechada em termos de novas oportunidades.

O mundo dos cavalos ainda é muito marcado pela tradição familiar. Portanto, a paixão vai passando de pais para filhos. Portanto, as chances de emprego acabam por ser agarradas dentro das famílias.

Porém, também há Treinadores de Cavalos que começam por entrar em competições. Alguns vencem campeonato e medalhas e, portanto, depois de deixarem o desporto procuram uma alternativa profissional.

Centros hípicos, haras, escolas de equitação são possíveis saídas para a profissão. Mas também podem trabalhar em associações e federações equestres.

Além disso, podem ser juízes de competições de Hipismo, representar clientes em leilões ou até avaliar cavalos para compra.

Muitos Treinadores de Equitação acabam por emigrar para os países abrangidos pelo que se chama o circuito internacional de Hipismo e de corridas de cavalos. Assim, EUA, Dubai, Inglaterra, Irlanda, França, Canadá e África do Sul são as opções mais interessantes nesta área.

Continua a ler para saber como entrar neste mundo…

Como entrar na carreira de Treinador de Equitação

Não há um grau formal, nem tão pouco um caminho de formação específico para ser Treinador de Equitação.

Contudo, em Portugal, esses profissionais precisam de ser credenciados pelo Instituto Português do Desporto (IPDJ) e pela Federação Equestre Portuguesa.

Assim, a entrada na profissão faz-se com a realização de cursos que cumpram os critérios do Programa Nacional de Formação de Treinadores do IPDJ. Deste modo, estes cursos incluem uma formação geral, comum a todos os desportos, uma formação específica em Equitação e um estágio profissional.

A certificação como Treinador de Equitação exige aprovação nas três vertentes.

Além disso, o acesso aos cursos exige provas do exame da Sela 7 e a participação em provas federadas durante, pelo menos, duas épocas desportivas.

Mas também é preciso perceber que os cursos de Treinadores de Equitação têm vários níveis que dão acesso a estatutos distintos na profissão. Portanto, esses graus são os seguintes:

  • 1 – Ajudante de Monitor
  • 2 – Monitor 
  • 3 – Instrutor
  • 4 – Mestre

No Brasil, é no universo das corridas de cavalos que as regras são mais exigentes.

Deste modo, os Treinadores de Cavalos devem ter uma licença que é passada pela Comissão de Corridas de cada Estado. Mas os requisitos para esse licenciamento mudam de Estado para Estado.

Assim, os treinadores devem fazer um teste, com provas escritas e teóricas, para comprovar o seu conhecimento em regulamentos de corrida, termos e informações gerais sobre Equitação.

Muitos dos profissionais do setor acabam por fazer todo o percurso desde os trabalhos mais básicos até ao topo da carreira. Os Treinadores de Cavalos aspirantes costumam ter um aprendizado com um profissional experiente e de renome para se afirmarem na área.

Onde estudar para Treinador de Equitação

Há profissionais que fazem cursos de Gestão Equina ou até de Hipoterapia antes de enveredarem por uma carreira de Treinador de Cavalos. Portanto, essa pode ser uma boa via para começar a saber mais sobre este mundo fascinante dos cavalos.

As Escolas dedicadas a cursos da área da Agricultura, bem como associações do setor equestre, são uma boa aposta para procurar cursos equestres.

Mas para te ajudar nessa escolha, espreita as opções que te deixamos de seguida…

Portugal:

Brasil:

Como vês, a vida de um Treinador de Cavalos é exigente, mas apaixonante. Se adoras estes animais, tens um espírito competitivo e gostas de ensinar, então podes tornar-te um ótimo Treinador de Equitação. Estamos aqui a torcer por ti e a desejar-te o maior sucesso!

Partilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top