Treinador de Judo

Treinador de Judo

Resumo da profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Educação Física Psicologia

Idiomas:

Inglês, Português

O Treinador de Judo é quem orienta e guia os Atletas profissionais desta modalidade. Deste modo, ajuda-os a prepararem-se para os as competições, incentivando-os a melhorarem a sua performance.

As Artes Marciais são uma área que apaixona muitas pessoas e percebe-se bem porquê! Afinal, além da componente física e das técnicas vistosas, também têm uma parte espiritual que se foca no equilíbrio entre corpo e alma.

Isso acontece também no caso específico do Judo que, além de um desporto e competição e de uma modalidade de combate, pode também ser encarado como uma filosofia de vida.

Portanto, o Treinador de Judo tem em conta estes aspetos, embora o seu foco seja na competição. Desse modo, ajuda os Karatecas a melhorarem as suas técnicas para conseguirem os melhores resultados desportivos.

Fica connosco e continua a ler para saberes mais desta profissão!

O que faz um Treinador de Judo

O trabalho de um Treinador de Judo passa por ajudar os Atletas Profissionais desta arte de combate a melhorarem as suas técnicas e estratégias.

Assim, tem sempre em vista os resultados desportivos e a conquista de medalhas. Mas, para isso, deve olhar para as características individuais do Judoca que tem na frente, para delinear o melhor plano de treino para o seu caso.

Esse trabalho implica abordar as falhas dos Atletas de modo a garantir que cumprem os objetivos traçados.

Deste modo, ao contrário do Professor ou Instrutor de Judo, o Treinador lida menos com a vertente espiritual desta arte marcial. Apesar disso, também lhe cabe zelar pela saúde mental do Judoca, algo que pode fazer em parceria com o Psicólogo Desportivo.

Quais as suas funções

O papel do Treinador de Judo é fazer o planeamento dos treinos, pensando sempre em como pode ajudar o Judoca a melhorar os seus resultados.

Esses planos são focados nas questões técnicas e táticas da modalidade. Mas também deve pensar na preparação global do Atleta. Assim, tem de trabalhar em conjunto com profissionais como o Nutricionista e o Preparador Físico.

A Metodologia de Treino deve, portanto, ter em conta as diversas variáveis da pessoa como um todo. Isso passa por considerar o Judoca como um ser único que precisa de cuidados particulares.

Deste modo, o trabalho do Treinador de Judo pode dividir-se em três áreas essenciais:

  • Manutenção Física
  • Treinamento focado na competição
  • Aperfeiçoamento para vencer.

Os profissionais da área podem dividir-se em quatro Graus – I, II, III e IV – conforme o seu nível de qualificação.

Quanto ganha um Treinador de Judo

Os salários no mundo do Judo podem variar muito conforme o estatuto dos profissionais e até segundo o país onde trabalhem.

Mas, muitas vezes, os Treinadores de Judo têm profissões precárias, sem contrato de trabalho. Por isso, os seus ganhos podem ser irregulares.

Contudo, os profissionais mais consagrados podem ter situações mais estáveis, por exemplo, se estiverem ligados às Federações como Treinadores das Seleções. Nestes casos, terão também salários mais elevados.

O grau de experiência do Treinador também é um dado importante. Além disso, se for um profissional medalhado, com provas dadas, poderá ter acesso a condições mais vantajosas de trabalho.

Saídas no Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho não é de sonho para quem quer ser Treinador de Judo. Estes profissionais são, por vezes, mal pagos e têm situações de emprego instáveis. Em alguns casos, precisam de montar e desmontar os tatamis, ou seja, os tapetes de Judo, para os treinos.

Alguns podem acumular a profissão com outra atividade principal, seja dentro da área do Judo ou fora. Essa pode ser uma via para alimentar a paixão por esta arte marcial enquanto se garante o pagamento das contas.

Na verdade, na maioria dos casos, as pessoas resistem nesta carreira por amor à camisola. Em todo o caso, mesmo quando os ganhos são mais interessantes, essa paixão é fundamental, pois os horários podem ser difíceis. Além disso, não há feriados nem fins-de-semana em alturas de competição.

Por outro lado, os Treinadores de Judo podem, por vezes, fazer um papel social no acompanhamento dos atletas, sendo o seu principal apoio nas provas.

Todavia, há alguns clubes que proporcionam boas condições aos profissionais do Judo, com estruturas sólidas e bem apoiadas em termos financeiros.

Portanto, tudo depende das circunstâncias e das oportunidades que se abraçarem.

Como ser Treinador de Judo

O primeiro passo para ser Treinador de Judo é dominar bem a modalidade, o que implica atingir os patamares mais altos de graduação.

Contudo, também é preciso frequentar um Curso de Treinador e, para isso, é preciso cumprir certos requisitos. Por exemplo, em Portugal, para frequentar o curso para Treinador de Judo de Grau I é preciso ter como idade mínima 18 anos e completar a escolaridade mínima obrigatória conforme a data de nascimento.

Já para o Curso de Treinador de Judo de Grau IV, a idade mínima é 24 anos, mas também é preciso ter trabalhado como Treinador de Grau III durante, pelo menos, seis meses. Além disso, é preciso ter o Título Profissional de Treinador de Desporto que é emitido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

As normas quanto aos requisitos necessários estão definidas no Manual de “Organização do Curso de Treinadores de Desporto” que é divulgado no site da Federação Portuguesa de Judo (FPJ).

No Brasil, também existem critérios a cumprir, sendo que as Federações de Judo organizam cursos de capacitação de Treinadores que permitem a sua credenciação. Mas também a Confederação Brasileira de Judo (CBJ) realiza ações de capacitação.

Mas a profissão exige uma aprendizagem contínua. Por isso, também existe a possibilidade de fazer o Curso de Alto Rendimento (CEAR Excelência) do Instituto Olímpico Brasileiro que se destina a Treinadores das Seleções nacionais que tenham elevado potencial de vencer medalhas nos Jogos Olímpicos.

Onde estudar para Treinador de Judo

O Curso de Treinador é a via obrigatória para conseguir trabalhar nesta área. Portanto, o ideal é procurar as Federações de Judo que promovem estas ações de capacitação de forma regular. Só tens de ter atenção às datas.

Fica, de seguida, com alguns links para encontrares a formação certa…

Portugal:

Brasil:

Agora que já sabes o que faz um Treinador de Judo e o que é preciso para abraçar esta área, é este o caminho que te vai fazer feliz? Se estás certo disso, torcemos pelo teu sucesso.

Mas se continuas com dúvidas, faz Testes Vocacionais para encontrares as profissões mais adequadas ao teu perfil. Estamos certos de que encontrarás a mais certa para ti!

Partilhar Post

1 comentário em “Treinador de Judo”

  1. Avatar

    O que mas gosto é aprender para formar atletas é o eu objetivo.
    O que eu não gosto é o perder do atletas e as lesões.
    O dia a dia no trabalho é normal e no final da tarde vou lecionar a aula de judo
    Quero ser técnico de auto rendimento gosto de aprender e estou a procura dos técnicos proficionas para que eu posso unificar o que eu ja tenho como conhecimento.
    Arigató

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top

A tua opinião conta para nós!

Participa no Inquérito de Satisfação do Guia das Profissões e ajuda-nos a melhorar. Responde agora e ganha o e-book “Como organizar o Seu Tempo?”

mulher apontando