Vídeo Analista de Futebol

Vídeo Analista de Futebol

Resumo da profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Educação Física Informática Matemática

Idiomas:

Inglês, Português

Um Vídeo Analista de Futebol é o profissional que se dedica a gravar e a editar jogos e treinos. A sua missão é ajudar o Treinador a analisar o desempenho da própria equipa, mas também dos rivais.

As novas tecnologias são, hoje em dia, essenciais na nossa vida e assumiram grande importância em vários setores da sociedade e da economia. O mundo do futebol, embora marcado pela paixão, não ficou imune a isso e está, cada vez mais, científico.

Nesse âmbito, o Vídeo Analista de Futebol é apenas um dos profissionais que se dedica a analisar e a tratar dados, neste caso imagens. Faz, portanto, parte de uma equipa de Análise de Performance que se dedica a encontrar padrões e tendências para ajudar a equipa técnica a tomar decisões.

Trata-se de uma profissão recente, mas que tem crescido muito nos últimos anos. Atualmente, quase todos os clubes profissionais, e até alguns amadores, têm Vídeo Analistas ao seu serviço.

Mas continua a ler para ficares a saber mais sobre a profissão!

O que faz um Vídeo Analista de Futebol

O Vídeo Analista de Futebol tem por missão gravar os jogos e/ou treinos, mas também os edita conforme pedidos específicos do Treinador.

Assim, a equipa técnica pode estar interessada em analisar lances de bola parada, ou em estudar movimentos específicos da defesa ou do ataque. Portanto, cabe ao Vídeo Analista mostrar-lhe o que deseja ver, escolhendo os melhores ângulos e imagens.

O seu trabalho também complementa o do Analista de Desempenho, quer na análise da própria equipa ou dos seus adversários. Desse modo, tentará descobrir, por exemplo, padrões de jogo demonstrando-os em resumos em vídeo.

Além disso, podemos dizer que transforma a Estatística em imagens, pois pode agregar certas tendências de um jogador adversário num vídeo, juntando imagens de vários jogos.

O papel do Vídeo Analista depende, nos clubes maiores, de um trabalho conjunto de toda uma equipa do departamento de Performance. É preciso juntar informação diversa, reunir dados audiovisuais e analíticos. Portanto, requer muita organização e muita paciência para passar horas em frente a um ecrã!

Quais as suas funções

O papel do Vídeo Analista de Futebol é tridimensional, embora possa parecer mais básico. Na verdade, cabe-lhe analisar os aspetos:

  • Técnicos (por exemplo, as bolas de longa distância e os penáltis)
  • Físicos (como a distância percorrida ou a capacidade de aceleração de um jogador)
  • Psicológicos (a personalidade e atitude de um Atleta).

De resto, o seu trabalho pode ser transversal a toda a rotina de uma equipa de Futebol. Assim, as suas análises até dão suporte às decisões que se tomam no mercado de transferências em apoio ao trabalho do Scout / Olheiro.

O Vídeo Analista costuma trabalhar em parceria com diversos elementos no seio das estruturas de futebol dos grandes clubes. Assim, pode colaborar com o Cientista Desportivo, o Analista de Metodologia de Treino, além do Analista de Rendimento Desportivo.

Trata-se, assim, de um verdadeiro trabalho em equipa em prol das decisões da equipa técnica e, em última instância, em nome do sucesso desportivo.

Mas para teres uma ideia geral das funções deste profissional, fica a saber que passam muito pelas seguintes:

  • Filmar as sessões de treino e os jogos
  • Fazer resumos dos treinos com momentos principais dos exercícios
  • Analisar estatísticas e vídeos de jogos
  • Elaborar vídeos para mostrar lances e/ou tendências dos rivais
  • Usar softwares de Scouting para recolher dados
  • Fazer relatórios escritos (com números) e relatórios visuais (com as imagens em vídeo)
  • Gravar e cortar jogos em tempo real para fazer “análises ao vivo” e mostrar ao Treinador de Futebol no intervalo.

Quanto ganha um Vídeo Analista de Futebol

Os salários dos Vídeo Analistas de Futebol podem ser bastante variáveis, conforme vários fatores. O tamanho do clube e o próprio país do mesmo são fatores importantes que é preciso considerar.

Assim, a Liga inglesa paga bem mais do que a portuguesa ou do que a brasileira, por exemplo.

Mas também é preciso considerar a experiência do próprio profissional, bem como o seu currículo. É um pouco como no caso dos Jogadores de Futebol – nem todos ganham o mesmo! Quanto melhor o craque, mais vai receber.

Saídas no Mercado de Trabalho

A integração de Vídeo Analistas de Futebol nos clubes profissionais é levada mais a sério em países como EUA e Inglaterra, sobretudo em clubes como Manchester City e Chelsea. Contudo, esses profissionais existem na maioria dos campeonatos do mundo.

Apesar disso, alguns clubes não incluem Vídeo Analistas porque têm nas equipas técnicas algum adjunto com conhecimentos de edição de vídeo. Além disso, estes técnicos recorrem a softwares e a aplicações que ajudam nesse trabalho e que recolhem dados estatísticos sobre os jogos e os jogadores.

Contudo, há um rigor cada vez maior nos Departamentos de Rendimento dos clubes e, por isso, a tendência é para uma maior especialização.

Assim, promove-se a integração de diversos profissionais, incluindo analistas de vídeos. Até porque há um grande número de jogos e de jogadores para analisar, bem como um grande leque de critérios para supervisionar, o que requer mais pessoas a trabalhar.

Portanto, esta é uma área com muito espaço para crescer, pelo que mais oportunidades deverão surgir nos próximos anos.

Como ser Vídeo Analista de Futebol

Não existe um percurso evidente para quem quer ser Vídeo Analista de Futebol. Na verdade, a profissão não exige uma formação académica superior, embora possa ser uma mais-valia ter uma graduação em Ciências do Desporto.

Porém, é sempre fundamental fazer formação na área da Análise e Observação de Jogo. Além disso, é sempre importante fazer cursos de Scouting e até de formação de Treinadores, para fortalecer as competências para a função. Repara que é importante ter bastantes conhecimentos de futebol, em termos técnicos e táticos.

Além disso, é preciso ter um amplo conhecimento dos Jogadores e das suas características, bem como dos vários modelos de jogo.

Para lá do futebol, é necessário perceber de números e de Estatística e ter grande capacidade analítica.

Mas um Vídeo Analista também tem de ter conhecimentos de Videomaker e precisa de saber usar softwares como LongoMatch, Klipdraw e Metrica. Tem ainda de dominar ferramentas de edição de vídeo, de análise e plataformas de dados.

Para ganhares experiência e currículo, deves apostar em fazer estágios, mesmo que em clubes de menor dimensão. É uma boa forma de entrares na rotina da profissão, de adquirires conhecimentos e até contactos que te poderão vir a ser úteis.

Onde estudar para Vídeo Analista de Futebol

Não existe um curso regular para a formação de Vídeo Analistas de Futebol. Mas podem surgir, a espaços, promovidos por entidades ligadas ao mundo do futebol.

Apesar disso, existem diversos cursos na área do vídeo e também da Análise e Observação de Jogo que são boas opções para consolidar conhecimentos na área. Vê que mesmo que já saibas do assunto, por teres aprendido sozinho, é sempre importante ter uma formação formal.

Portanto, deixamos-te alguns links, já de seguida, que te podem ajudar a começar a tua busca pela melhor formação para o teu caso…

Portugal:

Brasil:

Agora que já conheces melhor o universo de um Vídeo Analista de Futebol e que sabes o que faz, sentes-te preparado para o desafio? É isto que queres para o teu futuro? Se estás certo disso, só tens de preparar-te bem e começar já a construir uma carreira de sucesso.

Mas se tens dúvidas, espreita o Simulador de Profissões para encontrares outras alternativas que podem ajustar-se à medida nos teus sonhos!

Partilhar Post

1 comentário em “Vídeo Analista de Futebol”

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top