Árbitro de Xadrez

árbitro de xadrez

Resumo da profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Línguas Matemática Psicologia

Idiomas:

Espanhol, Francês, Inglês, Português

O árbitro de xadrez, ou árbitro de jogo de xadrez, é o profissional que arbitra os jogos em competições e torneios de xadrez nacionais e internacionais. Estes são considerados profissionais do enxadrismo e são certificados pela Federação Internacional de Xadrez (FIDE) e/ou Federações Nacionais.

Para os amantes de xadrez, ser árbitro é uma opção de carreira. Apesar de não jogar nas competições e torneios, este profissional tem de saber jogar e tem de ser um grande conhecedor das regras deste desporto intelectual.

Se és um amante deste desporto intelectual e gostavas de ser árbitro, então estás no sítio certo. Aqui vamos mostrar-te tudo o que precisas saber sobre esta profissão e o que tens de fazer para seguir esta carreira.

Vens connosco?

O que faz um Árbitro de Xadrez?

O árbitro de xadrez é o profissional que arbitra campeonatos e torneios de xadrez nacionais e internacionais. São, portanto, profissionais do enxadrismo, os quais são certificados pelas Federações de Xadrez Nacionais e/ou pela Federação Internacional de Xadrez (FIDE).

De acordo com a FIDE, existem 3 categorias distintas para os árbitros de xadrez. São elas:

  • Árbitro Nacional (NA) – São profissionais que fazem parte das Federações Nacionais, mas não fazem parte do quadro oficial da Federação Internacional de Xadrez.
  • Árbitro FIDE (AF) – São profissionais que foram aprovados no “FIDE Arbiter Seminar” e têm o título de árbitro concedido pela FIDE. Esta é a categoria de ingresso na Federação Internacional e exigem-se alguns requisitos formais.
  • Árbitro Internacional (AI) – Esta é a categoria máxima dos árbitros de xadrez e só aqueles que preenchem todos os requisitos formais conseguem aceder a esta categoria.

Embora os árbitros não sigam, obrigatoriamente, uma carreira como xadrezista (ou enxadrista, como também pode ser chamado o jogador de xadrez profissional), eles têm de saber jogar este desporto para poderem arbitrar um jogo.

Eles são os maiores conhecedores das regras de xadrez, mas também das regras dos torneios e campeonatos.

Quais as suas funções

A principal função de um árbitro de xadrez é aplicar as regras do jogo e do torneio ou campeonato de xadrez, assegurando o cumprimento destas por todos os intervenientes. Dependendo da categoria do árbitro, este pode arbitrar em torneios e campeonatos nacionais, internacionais e jogos amistosos.

Sendo o árbitro principal, ele vai ser responsável pelos pares. Assim, é ele que decide quem joga a partida a cada rodada (define os adversários). Na maioria dos casos, o árbit5ro toma esta decisão tendo por base o sistema suíço (torneios abertos) ou mesa Berger (torneios fechados).

Quando o árbitro pertence à FIDE, também é responsável por emitir os certificados de normas para os títulos de mestre internacional e grande mestre internacional.

Os árbitros de xadrez também são responsáveis por garantir que nenhum jogador consegue enganar ou falsear durante o jogo (por exemplo, ter um programa de computador a ajudar, ou ter um dispositivo de comunicação com alguém fora do jogo).

Durante o jogo, ele intervém a cada infração e pode, em alguns casos, sancionar o jogador. As sanções podem ser:

  • Advertências orais – Estas são usadas em casos de violações pequenas das regras, como, por exemplo, esquecer-se de anotar os movimentos
  • Retirar tempo do relógio/adicionar tempo ao adversário – Sanção usada para infrações mais graves, como um comportamento incorreto que possa colocar em causa o desempenho do adversário
  • Perda do jogo – Usada em faltas graves, como uma recusa em aceitar uma decisão do árbitro, por exemplo

Saídas no Mercado de Trabalho

Os árbitros de xadrez não têm muitas oportunidades em países em que o xadrez não é um desporto popular. Infelizmente, este é o cenário que se vive em Portugal, assim como no Brasil. Desta forma, as oportunidades de trabalho como árbitro de xadrez nestes países são muito baixas. No entanto, por não ser popular, a concorrência é pouca.

Viver só de arbitrar jogos em competições nacionais em Portugal ou no Brasil é muito difícil. Por isso, muitos árbitros optam por fazer carreira em outros países onde o xadrez é mais popular (França, Rússia, Espanha, entre outros países europeus).

Como entrar na carreira de Árbitro de Xadrez?

Para seguires a profissão de árbitro, antes de mais nada tens de fazer o curso de árbitro de xadrez. Caso queiras ingressar na FIDE, tens de fazer o FIDE Arbiter Seminar (um curso que é ministrado por árbitros internacionais que têm o título de Lecturer FIDE). Além disso, para que a FIDE te reconheça numa das categorias, tens de estar ativo (com os pagamentos da FIDE em dia e arbitrando jogos nos últimos 5 anos).

Caso queiras trocar de categoria, ou se estiveres inativo (mais de 5 anos sem arbitrar um torneio oficial), terás de fazer um novo pagamento à entidade internacional.

Além do curso inicial, é importante que os árbitros de xadrez façam formações e cursos ao longo da carreira, assim como assistir a seminários da FIDE.

Para te tornares árbitro internacional, além do que dissemos antes, tens de saber falar inglês e uma outra língua oficial da FIDE. Além disso, tens de ter arbitrado quatro torneios de alto nível, ou então quatro torneios com um número de participantes relevante.

Onde estudar para Árbitro de Xadrez?

O curso inicial de árbitros de xadrez é essencial para iniciares a tua carreira. No entanto, não deixes de procurar outras formações ao longo de toda a tua vida profissional, pois elas são importantes para evoluíres na profissão.

Portugal:

Brasil:

Se gostavas de seguir uma carreira de arbitragem no mundo do xadrez, então investe no teu curso de árbitro de xadrez e procura outras formações complementares. Nós, do Guia das Profissões, desejamos que conquistes tudo aquilo que desejas. Sucesso!

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top