Bombeiro

bombeiro

Ser Bombeiro é o sonho de muitas crianças. Sem dúvida, esta é uma das profissões mais nobres que existem, pois colocam as suas vidas em risco para protegerem os outros. Ao contrário do que muitos pensam, os bombeiros não apagam só fogos. Eles são responsáveis pelo salvamento em diversas situações.

Outros nomes para esta profissão: Brigadistas

  • Modalidades: Presencial, Ar Livre
  • Ordenado Médio Mensal: Mínimo - 1000€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Educação Física, Geografia, Matemática, Materiais e Tecnologias
  • Idiomas: Português

Em Portugal, o primeiro registo de um corpo de bombeiros é de 1395, altura em que D. João I organizou o primeiro Serviço de Incêndios em Lisboa. Nessa época, eram os carpinteiros e calafates que atuavam perante os fogos, com um machado na mão. As mulheres estavam encarregues de trazer cântaros com água.

Claro que, nos dias de hoje, nada disto acontece, até porque já existem máquinas e veículos especialmente desenhados para o combate aos incêndios, assim como ao auxílio de pessoas e animais em risco.

Vejamos, então, agora com maior detalhe o dia a dia de um bombeiro, quais as suas funções, e como pode iniciar esta carreira de grande valor e mérito.

O que faz um bombeiro

O bombeiro atua no combate aos incêndios, e, por isso, faz parte da Proteção Civil. Além disso, ele também resgata pessoas que são vitimas de desmoronamento de edifícios, acidentes de viação e trânsito, desastres naturais, agindo também no salvamento. Ele também atua nos serviços de emergência pré-hospitalar e médica.

Os bombeiros, munidos de equipamento próprio, dirigem-se ao local que, junto da sua equipa, coordena, organiza e efetua o combate ao fogo, assim como salvamento.

Quais as suas funções

Apesar de, no início, as suas funções serem restritas ao combate a fogos, as suas funções foram-se alargando a vários serviços da proteção civil.

Dependendo do país e do corpo de bombeiros, existem outras áreas em que é necessária a intervenção dos mesmos. Então vejamos!

  • Captura de animais em risco, ou que ofereçam risco
  • Combate a incêndios situados em aeródromos
  • Combate a incêndios florestais, urbanos, assim como industriais
  • Corte de árvores em risco iminente de queda
  • Desencarceramento em acidentes rodoviários e ferroviários
  • Emergência médica pré-hospitalar
  • Intervenção em incidentes hidráulicos, elétricos, com matérias perigosas, redes de gás
  • Prevenção contra incêndio e pânico
  • Resgate de corpos ou bens submersos
  • Resgate em grande ângulo
  • Salvamento aquático ou afogamentos

Áreas em que trabalha

Os bombeiros podem também atuar em diversas áreas, como por exemplo:

Bombeiros Militares: exercendo como bombeiro a nível profissional, ele trabalha ligado a uma instituição militar. Sendo assim, o seu trabalho é remunerado. Focam-se na defesa civil, na prevenção e combate a incêndios, salvamentos, socorros e buscas. São submetidos ao regime militar.

Bombeiros de Aeródromos: ligados também a instituições militares, públicas ou, até mesmo, empresas privadas, mas não exercendo nenhuma atividade militar. Usam o meio aéreo para o combate a incêndios, utilizando aviões com tanques de água ou outro tipo de material que combate o fogo e o impede de se propagar.

Bombeiros Civis Profissionais: destacados para atuar em instituições públicas e particulares.

Bombeiros Voluntários: nesta área, os bombeiros não são remunerados. Eles recebem o treino necessário para o combate aos incêndios, atuam perante a população geral, no transporte de doentes e na prestação de primeiros socorros e análise de doentes que necessitam de ambulância para, posteriormente, repassarem essas informações ao hospital.

Podem também atuar através do meio aquático, procurando corpos submersos e procurando matérias perigosas, com os salva-vidas, ou transportando doentes vítimas de afogamento até aos hospitais, ou até prestar auxílio no próprio local.

Saídas no mercado de trabalho

O bombeiro pode trabalhar num quartel, ficando de vigia no local, assim como ser ativo no combate a incêndios, mas sempre munido de equipamento próprio e veículos preparados para o combate ao fogo. A organização do local, limpeza das viaturas e equipamento também passam por ele.

Pode trabalhar juntamente com o INEM (Portugal) no auxílio local de uma pessoa em estado grave ou que tenha tido um episódio de doença menos grave, ou levando o paciente ao hospital caso seja necessário prestar o serviço de emergência, fazendo uma pré-avaliação do estado da situação.

Também pode ajudar os salva-vidas (nadadores-salvadores, guarda vidas) nas praias, prestando primeiros socorros a vítimas de afogamento, assim como fazer o seu transporte até ao hospital. O bombeiro pode, inclusive, procurar por corpos afogados e materiais tóxicos que existam no mar e em rios.

Como entrar na carreira de bombeiro

Se o gosto por esta profissão for revelado em tenra idade, entre os 6 e os 16 anos, então a criança ou jovem pode ingressar numa escola para ser recrutado como infante. A partir dos 16, até aos 18 anos, passará a ser cadete.

Dos 18 anos, até aos 45, começa a carreira de bombeiro voluntário de 3ª categoria, ingressando num estágio que dura um ano.

Para se tornar um bombeiro profissional deve ter idade compreendida entre 20 e 45 anos, ter uma licenciatura ou bacharelato de acordo com a profissão. No estágio, caso seja escolhido, passará a ser bombeiro profissional de 2ª categoria. No entanto, à medida que o bombeiro vai progredindo, pode subir de posto.

Onde estudar para ser um Bombeiro

Portugal:

  • Associação Nacional de Bombeiros Profissionais – (ANBP)
  • Escola Nacional de Bombeiros – (ENB)

Brasil:

  • Escola de Bombeiros do Estado de São Paulo – (EBESP)
  • Escola de Bombeiros do Brasil – (EBB)

Sem dúvida, ser bombeiro não passa somente por apagar fogos. Como pudemos ver ao longo de todo este artigo, é uma profissão de grande responsabilidade civil, onde todos os segundos contam para salvar uma vida ou evitar um grande incêndio. A comunidade conta contigo!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

2 comentários em “Bombeiro”

  1. PARABÉNS , ÓTIMO SABER QUE HÁ QUEM VALORIZE ESTE TRABALHO , REALMENTE TEM QUE TER AMOR A PROFISSÃO E AO PRÓXIMO ,MAS E GRATIFICANTE 🙏😚

    1. Guia das Profissões

      Olá Marlene
      Obrigada pelo feedback. Os parabéns são para os bombeiros e bombeiras que fazem um trabalho essencial para a nossa sociedade.
      Contamos contigo para continuares a ler os nossos artigos.
      Muito sucesso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima