Cortineiro

cortineiro

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Materiais e Tecnologias Oficina de Artes

Idiomas:

Português

O cortineiro é um profissional que está a desaparecer aos poucos, mas que ainda é preciso em alguns teatros. Trata-se da pessoa responsável pelo abrir e fechar das cortinas, de acordo com as orientações dadas pelo diretor de cena.

Esta profissão era indispensável há uns anos. No entanto, com a introdução das máquinas no teatro, deixou de ser preciso ter alguém ali, sempre atento para fechar ou abrir as cortinas.

Apesar de ser uma profissão em desuso, algumas instituições ainda precisam de um profissional que fique com estas funções. Por isso, se pensas em trabalhar no mundo artístico e estás a pesquisar profissões no meio, não deixes de ler este artigo.

Vamos mostrar-te o que faz um cortineiro, quais as funções que ele tem no dia a dia de trabalho, quais são as saídas no mercado de trabalho e o que precisas fazer para entrar nesta profissão.

Vem connosco!

O que faz um cortineiro?

O cortineiro é a pessoa que está no palco, em teatros, que abre e fechas as cortinas, usando cordas ou dispositivos elétricos. Ele segue as orientações do diretor de cena para saber exatamente a hora de abrir a cortina e fechá-la.

Esta era uma das profissões mais importantes no teatro há uns anos. No entanto, este posto de trabalho tem vindo a ser substituído por máquinas que fazem este trabalho.

No entanto, não podemos deixar de dizer, aqui, que os cortinheiros foram peças essenciais para o sucesso das peças teatrais. A sua sensibilidade para entender a hora de certa de abrir a cortina, de perceber o volume dos aplausos, era muito importante para fazer um bom trabalho.

Portanto, se ainda estás interessado em seguir esta profissão, embora esteja, lentamente, a desaparecer, não podes deixar de saber que esta sensibilidade é fulcral para um bom resultado final.

Quais as suas funções

A função do cortineiro é manipular a cortina de um espetáculo. Ele tem de perceber a hora de certa de fechar e abrir as cortinas, seguindo sempre as orientações do diretor de cena. Além disso, é preciso ter tato para entender o volume dos aplausos, no final do espetáculo, para abrir novamente as cortinas, e fechá-las.

Só um cortineiro de grande sensibilidade consegue perceber quantas vezes devia abrir a cortina no final do espetáculo, para que o público pudesse aplaudir os atores em palco.

Caso não tivesse essa sensibilidade, corria o risco de abrir a cortina e o público não aplaudir o bastante.

Durante o espetáculo, ele segue todas as orientações dadas pelo diretor de cena. Conhecer bem o roteiro e o espetáculo é essencial para não haver espaço para erros.

Afinal de contas, ninguém espera que as cortinas fechem quando um ator acaba de entrar em cena.

Apesar das suas funções só serem desempenhadas durante o espetáculo, é importante que ele assista a alguns ensaios para perceber a dinâmica da peça.

Agora que já sabemos o que faz um cortineiro e as funções que tem no dia a dia de trabalho, está na hora de vermos como está o mercado de trabalho.

Saídas no mercado de trabalho

Como dissemos, o cortineiro é uma profissão em vias de extinção. Se há uns tempos era um dos profissionais mais importantes no teatro, hoje já não é assim. Por isso, não é nada fácil encontrares um local para trabalhar.

Até pode ser que consigas fazer um ou outro trabalho, em auditório que ainda não têm este sistema automatizado, mas não é o suficiente para conseguires viver desta profissão.

Portanto, se queres trabalhar na área do teatro, o melhor é procurares uma outra ocupação, como contra-regra, por exemplo, e depois podes procurar alguns trabalhos como cortineiro, mas sempre como um extra.

Como entrar na carreira de cortineiro?

Se queres trabalhar como cortineiro, não precisas ter nenhuma formação. Sem dúvida, o mais importante para este trabalho é, precisamente, ter sensibilidade para perceber o público e ser uma pessoa atenta e concentrada.

Tendo em conta que o mercado de trabalho está bastante difícil para esta profissão, como já referimos, o nosso conselho é que tentes fazer um curso profissional de teatro, onde vais aprender outras profissões e funções que estão ligadas ao teatro, mas que não dizem respeito, obrigatoriamente, a atores.

Dá uma olhadela aos cursos que temos para ti.

Onde estudar para profissões do teatro?

Portugal:

Brasil:

Gostavas de trabalhar no meio artístico? O teatro sempre te cativou? Então não deixes de estudar e procurar uma profissão que realmente te possa oferecer boas perspetivas de trabalho no futuro.

Poderás sempre procurar um trabalho ou outro como cortineiro, mas nada te impede de ter uma outra profissão na área do teatro. Nós desejamos-te muito sucesso.

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top