Físico

Físico

Tem um gosto particular pela natureza e tem curiosidade para saber como tudo funciona? Ser físico pode ser a profissão certa! Ao seguir esta carreira, vai dedicar a sua vida a descobrir os maiores segredos da natureza. Não é desafiante? Pois é! Os físicos são bem mais do que pessoas que vivem a vida de calculadora na mão!

Outros nomes para esta profissão:

  • Modalidades: Teletrabalho, Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 1500€ - 2000€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho Solitário, Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Física, Matemática, Química
  • Idiomas: Inglês, Português

Embora a física seja tida como uma das disciplinas mais difíceis no ensino secundário (médio), a verdade é que é bastante surpreendente e causa curiosidade. Por isso existem sempre alunos que querem seguir esta carreira.

Apesar de ainda haver um pouco aquela ideia de que o físico fica fechado num escritório ou num laboratório o dia todo e é meio “louco”, a verdade é que a profissão não é nada disso. Antes pelo contrário, ele pode trabalhar em muitas áreas, como a economia, a comunicação, a saúde, a oceanografia, entre outros.

Se tem interesse na área, então saiba neste artigo o que pode fazer no seu dia a dia, quais as diversas funções que desempenha, quais as saídas no mercado de trabalho que tem disponíveis, assim como o que tem de fazer para entrar nesta carreira aliciante!

O que faz um Físico?

O físico estuda a natureza, assim como todos os fenómenos que nela ocorrem.

Ele tenta compreender os comportamentos naturais, com uma base científica, indo desde as partículas mais pequenas até ao universo como um todo.

A física faz uso do método científico e da lógica, e usa como linguagem a matemática. Não é à toa que se diz ser a ciência fundamental dentro das ciências naturais. Embora muitas pessoas pensem que a física só está presente em papeis e laboratórios, ela tem uma presença ativa no nosso dia a dia.

Sem dúvida, este profissional, ao aplicar a física para o quotidiano, torna-se essencial para o desenvolvimento da tecnologia moderna, como computadores quânticos, por exemplo.

Os que seguem a carreira da física, optam por seguir a via do ensino e da pesquisa. A pesquisa é uma das áreas mais fascinantes para os físicos, pois eles trabalham em descobertas que lhes causam interesse.

A área da pesquisa mais procurada por estes profissionais é a engenharia, pois a física é uma ciência que se encontra muito presente.

Esta profissão envolve sempre uma grande carga de pesquisa, organização e disciplina. É fundamental que o profissional tenha todas estas capacidades, e tenha também um grande poder de concentração.

O físico pode trabalhar na área da economia, sendo de grande importância nas bolsas de valores, pois é capaz de prever qual o comportamento das ações por modelos matemáticos.

Quais as suas funções

As funções de um físico variam muito de acordo com a sua área de atuação. Sendo assim, vamos olhar para as áreas de atuação principais, determinando as funções que lhe competem. 

Física de partículas: O profissional procura conhecer todos os constituintes fundamentais no universo.

Física médica: O físico terá a função de melhorar equipamentos hospitalares e criar novos que correspondam às necessidades.

Ensino: O profissional formado em física pode dar aulas, desde o ensino básico, até ao Ensino Universitário. A sua função é ensinar leis da física, e sua aplicabilidade no mundo.

Física nuclear: Estuda vários fenómenos ao nível nuclear, como é o caso da fusão nuclear, radioatividade, entre outros. Nesta área, eles procuram formas seguras e eficientes de obter energia.

Astrofísica: Dedica o seu tempo a estudar o universo, e todos os seus constituintes, como planetas, estrelas, galáxias e outros objetos em grandes escalas.

Física de plasmas: Os profissionais a trabalharem nesta área fazem estudos com matéria no estado de plasma, tratando questões diversas, como as propriedades de transporte, o confinamento, o caos, entre outras.

Biofísica: O profissional tenta encontrar ligações entre fenómenos físicos e biológicos.

Saídas no Mercado de Trabalho

Em Portugal, não existe desemprego para os profissionais formados em física. Apesar da maioria das vagas de emprego serem na área do ensino e educação, pode trabalhar em diversas empresas, não só ligadas à engenharia, como ligadas à economia, gestão, entre outras.

A profissão de físico no Brasil foi regulamentada pelo governo em 2018 e, por isso, as áreas de atuação de um bacharel em física foram ampliadas.

Apesar de ser uma área ampla, também no Brasil a maior procura é na área da educação. A verdade é que existe falta de professores na área, tanto em escolas públicas, como privadas. Embora a procura seja grande em todas as regiões do país, a necessidade de físicos no Norte, Centro-oeste e Nordeste é muito maior.

Não querendo seguir a área do ensino, pode trabalhar no mercado corporativo, tanto em indústrias, como instituições financeiras ou departamentos de tecnologia da informação.

A área da medicina também tem tido um aumento de procura destes profissionais, especialmente em radioterapia e medicina nuclear.

Como entrar na carreira de Físico

Para seguir a carreira de físico em Portugal, tem de concluir a licenciatura em física. No entanto, é desejável que conclua o mestrado. Caso o faça, os estudos universitários duram 5 anos.

O curso superior de física no Brasil existe nas modalidades de licenciatura e bacharelado, tendo, em média, uma duração de 4 anos. O bacharelado é essencial para quem quer seguir a área da pesquisa ou atuar como professor universitário.

Onde estudar Física

Portugal:

Brasil:

Ficou interessado nesta área? Então não deixe de investir forte na sua formação académica, porque o sucesso como profissional é certo!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima