Ginasta / Ginástica

Ginasta / Ginástica

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Educação Física Psicologia

Idiomas:

Inglês, Português

A Ginástica é um dos desportos mais exigentes em termos físicos, pois combina exercícios que exigem força, equilíbrio, flexibilidade, coordenação e resistência. Assim, um Ginasta é um atleta quase perfeito!

A prática da Ginástica remonta à Grécia Antiga e, nesta Língua, era definida como o “exercício com o corpo nu”. O corpo dos Atletas Profissionais de Ginástica é uma das características que evidencia o grande esforço físico da modalidade. Mas também reflete o rigoroso trabalho feito.

Os corpos dos Ginastas parecem esculpidos porque treinam todos os seus músculos. Assim, estamos perante um dos desportos que mais exige de quem o pratica, pois combina força e agilidade. Mas também requer movimentos bem coordenados e muita resistência física.

Contudo, além desta vertente física muito vincada, a Ginástica implica ainda muita técnica e gestos rigorosos.

Porém, tem ainda uma componente artística que passa por movimentos bonitos e harmoniosos.

Fica connosco para ficares a saber mais sobre esta profissão tão desafiante!

O que faz um Profissional de Ginástica

A Ginástica é um desporto muito competitivo e que exige, por isso, uma ética de trabalho rigorosa. Além de treinar muito, os Ginastas precisam também de ter grande capacidade atlética.

Tudo isto porque o trabalho de um Ginasta implica correr, saltar, fazer saltos, dar cambalhotas e equilibrar-se, entre outros movimentos difíceis.

Além de aprender e treinar todos estes gestos técnicos, também precisa de estudar e praticar coreografias que misturam a técnica com a arte da dança. Pelo meio, os Atletas Profissionais de Ginástica precisam de trabalhar a força e a endurance.

Assim, o dia a dia de um Ginasta é marcado por muitos sacrifícios, com treinos regulares e intensos. A sua meta é preparar as grandes competições, para conseguir bons resultados.

Na maioria dos casos, quem sonha ser Ginasta profissional inicia-se na atividade ainda em criança. Esta é a altura ideal para moldarem o seu corpo e para aprenderem os movimentos técnicos.

Quais as suas funções

A Ginástica pode dividir-se em dois tipos:

  • Competitiva – está focada nos recordes e nos resultados, sendo a que é disputada nos Jogos Olímpicos.
  • Não competitiva – tem como objetivo promover a Saúde ou ser uma forma de entretenimento.

Entre as modalidades não competitivas temos a Ginástica Laboral, a Hidroginástica e a Ginástica Localizada. Mas há ainda uma componente de Artista de Circo com o Contorcionismo, por exemplo.

Contudo, é sem dúvida a Ginástica competitiva aquela que tem mais adeptos em todo o mundo. Assim, fica a conhecer as cinco principais modalidades deste tipo de Ginástica…

Artística

A Ginástica Artística é praticada com quatro “aparelhos”: Saltos, Trave, Paralelas Assimétricas e Solo.

É uma das modalidades olímpicas mais entusiasmantes! Os Ginastas precisam de saber fazer saltos mortais ou piruetas, mas também acrobacias, voltas e coreografias com dança.

Rítmica

Na Ginástica Rítmica, os Atletas movem o corpo ao som de música com instrumentos como cordas, arcos, bolas, maças e fitas.

É praticada no solo nas versões individual e coletiva, exigindo habilidades de coordenação, flexibilidade e destreza. Mas também requer ritmo, equilíbrio e postura.

Trampolins

Há quatro categorias dentro da Ginástica de Trampolins:

  • Individual
  • Sincronizada
  • Duplo mini-trampolim
  • Tumbling.

Esta é uma disciplina olímpica que pode levar os Ginastas a saltarem até alturas equivalentes a um prédio de três andares.

Acrobática    

A Ginástica Acrobática é inspirada nas artes do Circo e pode ser disputada em pares femininos, mistos e masculinos, ou em grupos femininos ou masculinos.

É o tipo de Ginástica com maior implantação em Portugal, pois o país tem ganho vários títulos europeus e mundiais. 

Esta versão da Ginástica mistura equilíbrio com movimentos combinados e dinâmicos. É aqui que se fala das chamadas “forças combinadas”, em que os Ginastas precisam de manter posições acrobáticas durante alguns segundos.

Aeróbica

A Ginástica Aeróbica teve origem nas aulas de Fitness e em modalidades com a Zumba, por exemplo. Assim, combina passos e movimentos intensos e dinâmicos ao ritmo da música.

A coordenação é essencial, sendo praticada a título individual, feminino e masculino, em pares mistos, em trios e em grupos.

TeamGym

A modalidade de Ginástica TeamGym surgiu apenas em 1997 na Finlândia, sendo disputada em equipa. Os Ginastas fazem os exercícios com três “aparelhos: solo, tumbling e minitrampolim.

O segredo do bom desempenho passa por manter a coordenação perfeita entre todos os elementos da equipa que pode ser feminina, masculina ou mista.

Quanto ganha um Ginasta

A norte-americana Simone Biles é a Ginasta mais bem paga do mundo e podemos dizer que ela tem um ótimo pé-de-meia!

Contudo, os valores que ela ganha, como grande ícone da Ginástica mundial, são uma exceção dentro da modalidade. Aliás, boa parte dos seus ganhos resultam de contratos de patrocínio e de publicidade, tal como acontece com as grandes estrelas de outros desportos, por exemplo, o Ténis.

Assim, a maioria dos profissionais de Ginástica têm rendimentos mais modestos. Os que conseguem chegar ao patamar de elite são, muitas vezes, apoiados pelas Federações dos seus países com bolsas para poderem dedicar-se a 100% à modalidade.

Saídas no Mercado de Trabalho

No mundo de desporto, como nos casos do Futebol e do Basquetebol, chegar a profissional significa, muitas vezes, assinar contratos chorudos. Mas essa não é a realidade da Ginástica.

Neste caso, os grandes contratos só costumam aparecer com os triunfos olímpicos. Portanto, um Ginasta precisa de obter grande visibilidade para poder atrair patrocinadores.

De resto, as oportunidades para entrar neste mundo são raras e pode ser bem difícil virar profissional. Contudo, é uma questão de sorte e de uma boa dose de trabalho!

Mas para quem não conseguir cumprir esse sonho último de chegar aos Jogos Olímpicos, pode sempre fazer carreira como Instrutor de Ginástica ou Treinador.

Como ser Ginasta de competição

Quem sonha ser Ginasta profissional precisa de começar a praticar Ginástica o mais cedo possível! A maioria dos Ginastas olímpicos começa logo em criança a treinar.

Nesse sentido, há várias escolas que ensinam a modalidade aos mais novos e, nalguns casos, até são equipamentos públicos. Um dos bons exemplos é o Ginásio Municipal de Ginástica Olímpica Bonifácio Cardoso, em Guarulhos, São Paulo.

Foi desta grande escola da Ginástica brasileira que saiu a atleta Rebeca Andrade que é, atualmente, uma das grandes figuras deste desporto a nível mundial.

Rebeca Andrade ganhou o Ouro no salto e a Prata na Ginástica Artística individual geral nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. A jovem de origens humildes é um exemplo de como a força de vontade, o talento e o empenho nos podem levar muito longe!

Sistema de pontuações na Ginástica

Mas este passo de integrar uma boa escola é apenas o primeiro rumo ao sucesso, uma vez que também é preciso participar em competições. Nestas provas, os Ginastas recebem pontos pelas suas exibições de acordo com o código definido pela Federação Internacional de Ginástica (FIG).

Repara que há pontuações mínimas para poder participar em certas competições, como nos Jogos Olímpicos. Portanto, é preciso competir para sonhar com voos maiores.

Além disso, também há limitações quanto a uma idade mínima para integrar as principais provas de elite.

Onde estudar Ginástica

Existem clubes e escolas que ensinam Ginástica, tanto numa perspetiva lúdica como numa componente de competição. A escolha deve depender das bases que já tenhas no âmbito da modalidade.

Assim, se vais começar a dar os primeiros passos, escolhe uma escola mais focada no ensino básico. Contudo, se já aprendeste as bases do desporto, será melhor procurares um treino mais especializado.

Para começares a tua pesquisa, deixamos-te os seguintes links…

Portugal:

Brasil:

Depois de teres entrado no mundo desafiante da Ginástica, já podes concluir se este será o teu caminho para a felicidade. Achas que tens o que é preciso para ser um Ginasta olímpico? Se estás seguro disso, segue em frente e começa já a treinar. Torcemos pelo teu sucesso!

Mas se ainda tens dúvidas quanto ao que queres fazer, faz Testes Vocacionais para encontrares profissões alternativas – uma delas será a resposta que procuras.

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top