Palhaço

Palhaço

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Educação Física Oficina de Artes

Idiomas:

Português

O palhaço, ou clown, é, sem dúvida, uma das figuras mais míticas do circo e vive na mente de todos nós. Sendo das personagens preferidas das crianças (e dos adultos também), os palhaços ocupam um lugar especial nas nossas vidas. Capazes de arrancar sorrisos aos corações mais frios, estes profissionais tornam-se verdadeiros “heróis”.

Embora possamos olhar para os palhaços como personagens, muitos deles afirmam que não existe um papel, mas antes uma exposição do próprio ser, da própria essência. Então, eles não representam, não decoram falas, nem estudam um perfil. Antes, eles procuram conhecer-se a si mesmos, à energia que têm dentro de si, e colocando tudo isso “para fora”, através do corpo.

Embora esta seja uma profissão de circo, não é obrigatório que o palhaço atue nestes locais, podendo trabalhar em teatros, na televisão, entre outros.

Se sempre foste fascinado por palhaços desde criança e se adoravas tornar-te um, então não podes deixar de ler este artigo. Aqui vamos mostrar-te tudo sobre esta profissão.

Vamos?

O que faz um Palhaço?

O palhaço é uma das “personagens” mais engraçadas que existem no mundo do espetáculo. Vestido com roupas e acessórios extravagantes, a fazer tropelias e “palhaçadas”, os palhaços são o centro das atenções, principalmente para as crianças. O principal objetivo é arrancar muitas gargalhadas, tanto aos pequenos, como aos adultos.

Como artistas de circo, os palhaços normalmente entram em palco para entreter o público e fazê-lo rir. Regra geral, eles vestem roupas muito coloridas e gigantescas, com maquilhagens extravagantes e umas belas cabeleiras coloridas.

Apesar de associarmos os palhaços ao nariz vermelho e cabeleira laranja, não podemos generalizar. Se olharmos para todos os profissionais, vemos que existem vários tipos de palhaço:

  • Romântico
  • Tramp
  • Branco
  • Augusto

Estes são apenas alguns dos tipos existentes. Cada um deles tem uma característica específica e um visual particular. Por exemplo, enquanto o Augusto é muito alegre, o Branco (Pierrot) é triste e cumpridor das regras.

Vamos olhar para os principais tipos mais à frente. Para já, vale a pena dizer que fazer palhaçadas não é uma brincadeira, não é algo que façamos “por fazer”. Sem dúvida, esta é uma profissão muito importante, e atrevo-me a dizer que um dos trabalhos mais belos que existem.

Se pensarmos na quantidade de crianças que sofrem, que têm doenças, problemas familiares, e se os únicos sorrisos que elas têm é na presença de palhaços, então é fácil percebermos o quão importante é o papel do palhaço na vida destas pessoas.

Por isso, além de ser uma profissão linda, é essencial para a sociedade em geral. Então, se sempre quiseste fazer isto da tua vida, tens toda a nossa admiração.

Vamos espreitar agora para as diferentes funções que podes ter no teu dia a dia de trabalho.

Quais as suas funções

A função do palhaço é sempre entreter o público. No entanto, as personalidades podem ser muito diferentes dependendo do tipo que escolheres ser. Sendo assim, e para conheceres bem esta profissão, é importante olharmos para os principais tipos de palhaços que existem, e quais as suas características.

  • Augusto – Sem dúvida, este é o tipo mais conhecido. É aquele que aparece com o nariz redondo vermelho e roupas multicolores e gigantes. É brincalhão, simpático, extravagante e provocador, tendo como objetivo representar o mundo infantil, a anarquia e a liberdade.
  • Augusto Europeu – Deixa de lado as roupas extravagantes e deixa só o nariz. Veste uma ou outra peça característica, como os suspensórios ou o macacão, mas não em tamanho gigante. O Augusto Europeu é muito encontrado em trabalhos em hospitais e ONG’s.
  • Branco – Este tipo de palhaço é precisamente o oposto do Augusto e também é conhecido como Pierrot, Cara Branca, Sério, Esperto ou ainda Enfarinhado. Tem roupas elegantes, representando a aristocracia. Ele domina a situação quando está em cena com outros palhaços.
  • Mímico – O foco está na linguagem corporal, tendo em conta que ele não fala. Ao contrário dos restantes, a maquilhagem é mais soft e vai só até à linha do queixo.
  • Tramp – Também conhecido como o vagabundo, este tem uma barba falsa, roupas velhas e rasgadas, assim como uma personalidade triste. Representa os moradores de rua europeus.

Saídas no Mercado de Trabalho

O palhaço está muito associado ao circo. No entanto, quando olhamos para as oportunidades de trabalho, percebemos rapidamente que vão muito além destas fronteiras. Podes trabalhar na televisão, em programas de entretenimento, em teatros, ou até em espetáculos ao ar livre.

Como o público-alvo são crianças, é comum teres trabalho em escolas, eventos beneficentes, hospitais, festas de empresas (festas em épocas festivas para toda a família), casamentos, festas de comunhões, aniversários, entre outras.

Esta é uma profissão liberal, na maior parte das vezes. Por isso, não tens contrato de trabalho e trabalhas a recibos verdes (profissional autônomo).

Não é fácil conseguires viver desta profissão, mas se tens talento, não tarda a teres uma legião de fãs atrás de ti.

Como entrar na carreira de Palhaço?

Para entrar na carreira de palhaço não é preciso ter nenhuma formação. Mas se queres ter sucesso e boas ferramentas para trabalhar e desenvolver a tua “personagem”, o melhor é participares de workshops, oficinas e cursos destinados a atividades circenses e, em particular, palhaços.

Onde estudar para Palhaço?

Portugal:

Brasil:

Gostavas de transformar a tua paixão numa profissão para o futuro? Pois bem. Se o teu sonho é ser palhaço de profissão, então não desistas e luta por tudo aquilo que queres. É possível, sim! Basta dedicares-te e aproveitares todas as oportunidades. Nós, do Guia das Profissões, desejamos-te o maior sucesso.

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top