Professor de Direito

Professor de Direito

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Direito Filosofia História Psicologia Sociologia

Idiomas:

Francês, Inglês, Latim, Português

O Professor de Direito ensina esta disciplina a alunos do ensino secundário que tenham escolhido esta matéria, assim como dá aulas na universidade. Esta é uma profissão já antiga, mas mantém-se atual e necessária até aos dias de hoje.

Pode parecer uma carreira simples, mas a verdade é que ser Professor de Direito não é assim tão fácil. Esta profissão exige muito dos profissionais e é preciso mesmo ter vocação para conseguir exercer esta carreira.

Se gostas de Direito, e se gostas de ensinar os mais novos, então esta pode ser a profissão certa para ti! Aqui vais descobrir o que faz um Professor de Direito, quais as funções que tem no dia a dia, as saídas no mercado de trabalho e o que precisas fazer para seguir esta carreira.

Vamos à descoberta?

O que faz um Professor de Direito?

Em Portugal, o Professor de Direito dá aulas a alunos do secundário que escolham esta disciplina como uma das opcionais, a qual está disponível em todos os cursos. Podem ainda dar aulas na universidade, não só no curso de Direito, como em outros cursos que envolvam esta matéria, como, por exemplo:

No Brasil, os Professores de Direito só dão aulas na universidade, pois não existe esta disciplina no ensino fundamental ou médio. Da mesma forma, podem dar aulas em vários cursos que incluam o Direito como uma das matérias a aprender.

Em ambos os casos, o Professor de Direito tem de preparar muito bem as aulas, de acordo com o plano curricular.

Sem dúvida, atividades que fujam das aulas clássicas (tradicionais, onde o Professor fala e o aluno ouve) são sempre bem-vindas. Os alunos sentem-se muito mais estimulados quando têm estas atividades e podem ser ótimas para estimular a autonomia de aprendizagem.

Fazer testes de avaliação e exames (provas), assim como corrigi-los, também faz parte do trabalho do Professor.

Quais as suas funções

A principal função do Professor de Direito é ensinar o Direito e suas especificidades aos alunos. Para conseguirmos cativar os alunos, é preciso termos vontade de ensinar e uma excelente capacidade de comunicação.

Muitas pessoas acreditam que um bom advogado é sempre um bom Professor. No entanto, a profissão de Professor é muito mais do que saber advogar. É importante que tenhas uma boa oratória, postura em sala de aula, escrita perfeita e, é claro, tens de dominar a didática.

Ter vontade de ajudar os alunos é, com toda a certeza, um ponto extra que pode fazer toda a diferença. Este sentimento de ajuda ao próximo é fundamental num Professor, até porque é isso que fazemos o dia todo.

Saídas no Mercado de Trabalho

O Professor de Direito em Portugal pode dar aulas no ensino secundário ou na universidade, privada ou pública.

Os horários no ensino secundário normalmente não são completos, pois são poucas turmas. Isso permite-te trabalhar em paralelo noutras coisas, como exerceres funções como advogado, por exemplo.

No Brasil, o Professor de Direito dá aulas na universidade, pública ou privada. As vagas de trabalho são poucas e a concorrência é muita. Por isso, só os melhores vão conseguir uma colocação.

Professor de Direito: Salário em Portugal

O salário do Professor de Direito depende muito de onde ele dá aulas. Se estivermos a dar aulas na escola pública, no ensino secundário, o salário varia dos 1500 euros ilíquidos (1º escalão) aos 3300 euros ilíquidos (10º escalão), de acordo com a experiência e anos de docência.

Quanto ganha um Professor de Direito na Universidade?

Quanto ao Professor de Direito na faculdade, existem muitas variantes para chegarmos a um salário. O primeiro aspeto a ser considerado é a categoria em que estás inserido. Mas existem mais. Vejamos as opções! Podes ser Professor:

  • Catedrático – O salário varia entre os 622 e os 2100 euros (tempo parcial). A tempo inteiro, ganha entre 3100 e 3600 euros sem exclusividade, e entre 4600 e 5400 euros com exclusividade.
  • Associado com Agregação – Pode ganhar entre os 500 e os 1800 euros (tempo parcial). A tempo inteiro, ganha entre 2600 e 3100 euros sem exclusividade, e entre 4000 e 4600 euros com exclusividade.
  • Associado – O salário entre os 480 e os 1700 euros (tempo parcial). A tempo inteiro, ganha entre 2400 e 2800 euros sem exclusividade, e entre 3600 e 4200 euros com exclusividade.
  • Auxiliar com Agregação – Os salários dos Professores Auxiliares com Agregação são os mesmos que os dos Professores Associados.
  • Auxiliar – Pode ganhar entre os 425 e os 1600 euros (tempo parcial). A tempo inteiro, ganha entre 2100 e 2600 euros sem exclusividade, e entre 3200 e 4000 euros com exclusividade.
  • Assistente – O salário varia entre os 300 e os 1000 euros (tempo parcial). A tempo inteiro, ganha entre 1500 e 1700 euros sem exclusividade, e entre 2300 e 2500 euros com exclusividade.
  • Assistente estagiário – Pode ganhar entre os 218 e os 720 euros (tempo parcial). A tempo inteiro, ganha entre 1100 e 1200 euros sem exclusividade, e entre 1600 e 1800 euros com excluvididade.
  • Monitor – Trabalha apenas a tempo parcial (40% do horário completo) e ganha em torno de 400 euros.

Professor de Direito: Salário no Brasil

O salário dos Professores de Direito na Universidade no Brasil é composto pelo salário base, desconto semanal remunerado, assim como pela retribuição por titulação.

Não existe um piso salarial para os professores da universidade, o qual vai sempre depender da experiência, qualificação, e varia também de instituição para instituição de ensino.

Mas para ter uma ideia, o Professor Auxiliar pode ganhar entre 4400 e 10 mil reais. Já o Professor Assistente tem um salário que varia em torno de 5000 e 11 mil reais. O Professor Adjunto tem um salário que pode ir de 5400 a 13 mil reais. No caso dos Professores Associados, podem ganhar entre 7700 e 18 mil reais. No topo da carreira, os Professores Titulares podem ganhar entre 9500 e 20 mil reais.

Como entrar na carreira de Professor de Direito?

Em Portugal, para seguires a profissão de Professor de Direito no ensino secundário precisas ter o mestrado em Direito. O ideal é que tenhas também uma formação em ensino (pós-graduação ou mestrado), pois conta pontos a teu favor na hora de conseguires uma colocação, embora não seja obrigatório.

Se quiseres ser Professor de Direito na universidade, então tens de tirar um doutoramento. Os professores catedráticos destacam-se de todos os outros. Por isso, não basta fazeres um doutoramento. É preciso seres o melhor dos melhores. Então, investe muito na tua formação.

No Brasil, o Professor de Direito tem de ter um título, de preferência, ou uma pós-graduação em Docência do Ensino Superior.

Muitas instituições de ensino só contratam mestres e doutores. Por isso, se ainda estavas na dúvida sobre os estudos necessários para seguir a profissão, ficas a saber que o mestrado em Direito é quase obrigatório.

Onde estudar para ser Professor de Direito?

Portugal:

Brasil:

Estás decidido a ser Professor de Direito? Então não desistas e investe na tua formação. Acredita nos teus sonhos, porque eles podem tornar-se reais. Nós desejamos-te muito sucesso!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top