Professor de Educação Moral e Religiosa Católica

Professor de Educação Moral e Religiosa Católica

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Ordenado Médio Mensal:

1500€ - 2000€

Empregabilidade:

Baixa

Disciplinas do secundario:

Educação Moral e Religiosa História Literatura

Idiomas:

Latim, Português

O Professor de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) dá a conhecer a visão cristã (católica) de Deus, do Homem e do mundo aos alunos que escolhem estudar esta área do saber. Como qualquer país leigo, o estudo religioso é opcional, respeitando-se todas as escolhas e identificações religiosas.

No Brasil, existe atualmente uma disciplina opcional de Religião, podendo esta ser exclusiva de uma religião, ou envolver várias religiões, dando a possibilidade dos alunos conhecerem a pluralidade religiosa existente no país e no mundo.

Se gostas de religião e adoravas partilhar os teus conhecimentos com os outros, então esta pode ser aquela profissão que tanto procuras.

Neste artigo vamos mostrar-te tudo o que precisas saber sobre a profissão para que entres nesta carreira com o pé direito.

Estás curioso para saber mais sobre ser Professor de Religião (Ensino Religioso), ou Religião Moral e Religiosa Católica?

Então continua connosco!

O que faz um Professor de Educação Moral e Religiosa Católica?

Em Portugal, o Professor de Educação Moral e Religiosa Católica dá aulas a alunos do ensino básico e secundário que escolham estudar os fundamentos da religião católica em Portugal. Apesar de ser uma disciplina opcional, os Professores devem manter a mesma exigência e rigor das outras disciplinas.

Como Professor, tens de cumprir com o programa curricular, abordando os temas que estão pré-definidos para o ano letivo em que estás a lecionar.

Tendo em conta que esta é uma disciplina opcional, a quantidade de alunos numa turma é, regra geral, reduzida. Sendo assim, vais conseguir dar uma maior atenção aos alunos. Por isso, conseguirás definir estratégias personalizadas de aprendizagem.

No Brasil, o Professor de Ensino Religioso está focado em trazer reflexões sobre os valores, costumes e fundamentos das várias religiões que existem no país.

Sendo assim, esta disciplina não olha para uma, mas para diferentes religiões, com o objetivo de dar a conhecer a variedade de religiões, assim como trazer o diálogo religioso para o centro das atividades.

Existe também o ensino confessional. Neste caso, os ensinamentos são sobre apenas uma religião, podendo esta ser católica, ou não.

Assim como em Portugal, a matrícula nesta disciplina é opcional, embora todas as escolas públicas do Fundamental sejam obrigadas a oferecer esta disciplina.

Quais as suas funções

O Professor de Educação Moral e Religiosa Católica, ou de Ensino Religioso, tem como principal função dar aulas de religião aos alunos, mas sem que haja uma tentativa de conversão.

Os alunos estão nas aulas para aprenderem os fundamentos, valores e cultura da religião, mas não devem ser estimulados a seguir uma doutrina religiosa. Antes de mais nada, deve ser preservada a liberdade de escolha dos alunos.

Saídas no Mercado de Trabalho

O Professor de Educação Moral e Religiosa Católica, ou de Religião, pode trabalhar em escolas públicas e privadas. Todas as escolas públicas oferecem a disciplina de Religião Moral e Religiosa Católica em Portugal, sendo uma escolha do aluno frequentar, ou não, as aulas.

No Brasil, o cenário é idêntico. Todas as escolas públicas são obrigadas a oferecer a disciplina de Religião, podendo esta ser confessional (uma religião específica) ou pluriconfessional (várias religiões).

Em Portugal, a frequência de aulas de EMRC é cada vez menor, havendo uma tendência dos alunos para o afastamento das aulas de religião católica. No entanto, ainda existe esta oferta formativa e a escola é obrigada a abrir turma, mesmo que sejam 5 ou 6 alunos.

Sendo assim, embora as ofertas de trabalho sejam inferiores do que eram há uns anos, não é difícil conseguires uma colocação.

As vagas de trabalho para Professor de Religião no Brasil são boas, e o mercado de trabalho apresenta várias oportunidades.

Como entrar na carreira de Professor de Educação Moral e Religiosa Católica?

Se queres ser Professor de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC), tens de ter, antes de mais nada, uma declaração de concordância do bispo das dioceses onde está localizada a escola que pretendes lecionar.

Para conseguires essa declaração, precisas ter alguns requisitos humanos e cristãos. Todos aqueles que desejarem seguir esta carreira precisam demonstrar equilíbrio, sensatez e maturidade, reconhecendo-se assim a idoneidade do candidato.

Devem ainda revelar uma boa capacidade de relacionamento e integração no meio escolar. Ser uma pessoa delicada, simpática, empática e comunicativa é essencial para conseguir a declaração do bispo de qualquer diocese.

Além destas características, o professor de Educação Moral e Religiosa Católica tem de:

  • Ter uma opção de vida claramente cristã
  • Viver de acordo com as normas da Igreja
  • Praticar os valores religiosos
  • Estar inserido na comunidade e ter um compromisso com ela (participar em atividades na paróquia, diocese, movimentos apostólicos, entre outros)

É também essencial ter habilitações que permitam dar aulas de EMRC. Conhecer a cultura e as questões sociais do mundo atual é imprescindível, assim como conhecer profundamente a doutrina da fé católica.

Portanto, para conseguires concorrer para dar aulas, precisas de habilitação profissional em EMRC. Os cursos universitários de Ciências Religiosas ou Teologia são de frequência obrigatória. Se quiseres, podes também fazer uma outra licenciatura, mas tens de ter uma formação nestes cursos de 120 créditos.

Como ser Professor de Ensino Religioso no Brasil?

Aqueles que querem ser Professores de Ensino Religioso precisam ter uma licenciatura em Ciências da Religião, ou um curso similar, que prepare os profissionais para o ensino da religião. Podem ainda concorrer à vaga aqueles que tenham uma licenciatura em Ensino Religioso ou Educação Religiosa.

Existe ainda a possibilidade de concorrer à vaga aqueles que tenham uma licenciatura reconhecida, a qual tenha conteúdos relacionados com ciências da religião, filosofia do ensino religioso, metodologia do ensino religioso ou educação religiosa. No entanto, estes conteúdos precisam ter uma carga horária de 500 horas, no mínimo.

Poderão ainda concorrer aqueles que:

  • Possuam licenciatura em qualquer área e um curso de pós-graduação em ensino religioso/ciências da religião (300 horas, no mínimo)
  • Possuam licenciatura em qualquer área e um curso de metodologia e filosofia do ensino religioso

Onde estudar para ser Professor de Educação Moral e Religiosa Católica / Professor de Ensino Religioso?

Portugal:

Brasil:

O teu sonho é ser Professor de Educação Moral e Religiosa Católica, ou Professor de Ensino Religioso? Então não desistas e luta por aquilo que mais desejas. Pode ser um caminho difícil, mas vai valer a pena cada segundo. A equipa do Guia das Profissões deseja-te muito sucesso!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top