Técnico de Caprinocultura / Caprinicultura

Caprinicultura Caprinocultura

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Matérias relacionadas:

Biologia

Idiomas:

Português

A Caprinocultura ou Caprinicultura é a criação de cabras, segundo a definição do dicionário. Mas para ser Técnico de Caprinicultura precisas de dominar uma série de saberes e ter certas qualidades. Continua a ler para saberes mais sobre essa profissão…

A Caprinicultura é um dos ramos da Zootécnica, tendo por base o gado caprino, ou seja, as cabras. Portanto, envolve a criação e todos os saberes relacionados com estes animais tão simpáticos.

As cabras são uma excelente opção de exploração em termos de pecuária, pois podem dar vários produtos com alto valor no mercado. Estamos falando da carne, por exemplo, mas também do leite que dá excelentes queijos.

Além disso, algumas cabras também dão lã que pode ser aproveitada para a indústria têxtil. Já ouviste falar da lã de caxemira? Pois é, provém das cabras de Caxemira, nos planaltos da China e da Mongólia.

Portanto, se gostas de animais e estás à procura de uma profissão que se pode desenvolver ao ar livre, longe das confusões de trânsito e da cidade, essa pode ser uma boa opção.

Continua a ler para descobrires tudo sobre o universo da Caprinicultura…

Quanto ganha um Técnico de Caprinocultura

É difícil definir um patamar médio salarial para quem trabalha como Caprinicultor ou Técnico de Caprinicultura. A maioria desses profissionais trabalha por conta próprio e, portanto, tem rendimentos muito variáveis.

Há vários fatores que influenciam os ganhos nesse setor, desde o tamanho da exploração, passando pelo tipo de produtos que são vendidos.

Repara que se a produção animal for, sobretudo, para alimentar a atividade de Queijeiro / Queijeiro, os rendimentos podem ser maiores. Há queijos de cabra que são muito bem vistos no mercado e que, portanto, já conquistaram um bom mercado de consumidores.

Mas se a produção for para venda dos animais vivos, os ganhos podem ser menores. Apesar disso, a carne de cabrito é muito apreciada, sobretudo em épocas como a Páscoa ou até o Natal. Em alguns lugares, o cabrito é o prato nobre para ocasiões especiais.

Assim, é preciso ponderar vários aspetos para tentar entender como é esse universo em termos de ganhos. Mas, na verdade, muitos Caprinicultores andam nisso por paixão acima de tudo.

Fica connosco para saberes mais…

O que faz um Caprinicultor  

O trabalho como Técnico de Caprinicultura é bastante parecido com a Ovinocultura, pois é apenas uma questão de diferença entre os animais envolvidos. Assim, a Caprinocultura também tem pontos de toque com os ofícios de Pastor e de Criador de Animais, embora haja algumas distinções.

O dia-a-dia de um Caprinocultor está muito focado nas cabras, como é evidente. É preciso alimentá-las, cuidar do seu bem-estar e da saúde, pois sem isso, o negócio não poderá funcionar.

Assim, quem trabalha nessa área tem de dominar várias questões técnicas, bem como regras de higiene e segurança. A questão da higiene é especialmente importante se trabalhar no setor alimentar, por exemplo, a fazer queijos.

Essa vertente de Queijaria terá sempre de ser fortemente controlada, pois há critérios muito rigorosos. Isso é sobretudo evidente nos casos de queijos com DOP, ou seja, a denominação de origem protegida.

O DOP é um conceito aplicado ao nível da União Europeia a produtos que são típicos de uma dada região ou área geográfica. Assim, é também um selo de qualidade que aumenta o preço e o valor comercial de um produto.

Portanto, a Caprinicultura está muito centrada naquele que é o produto-rei da exploração. Mas, de qualquer modo, o gado caprino será sempre a personagem principal no trabalho do profissional.

Assim, terá de tratar de todos os detalhes práticos do seu dia-a-dia, desde a alimentação passando pelas boas condições para dormir e pela saúde em geral.

Em certas situações de mazelas menores, terá de ser o Caprinicultor a tratar as cabras com remédios ou unguentos específicos.

Mas terá ainda de as ordenhar e de as manter limpas e felizes!

Quais as suas funções

Assim como já foi dito acima, as funções de um Técnico de Caprinocultura dependem muito do tipo de produtos que produzir.

Será acima de tudo um Queijeiro? Ou será antes um produtor de carne de cabra? A resposta a essas perguntas e a outras será determinante para visualizar como é que será o seu dia-a-dia.

Contudo, em termos genéricos, podemos apontar algumas atividades fundamentais que podes confirmar de seguida:

  • Tratar da alimentação dos caprinos
  • Cuidar da ordenha e do bom armazenamento do leite
  • Fazer queijo
  • Tosquiar as cabras e recolher a lã
  • Curar pequenas mazelas dos animais
  • Negociar a compra e venda de cabras
  • Vigiar a reprodução e fazer novos cruzamentos
  • Zelar pelas instalações e equipamentos
  • Manter os estábulos limpos
  • Cumprir regras de higiene.

Portanto, como vês, é um trabalho completo que envolve várias áreas do saber.

Mas continua a ler para entender como podes fazer parte desse mundo…

Saídas no Mercado de Trabalho

O cabrito é a carne mais nobre em algumas regiões de Portugal, sendo também uma carne muito apreciada pelos chefs com estrelas Michelin. Isso explica-se por ser uma carne mais magra e que é bem saborosa. Mas quanto mais tradicional for a produção do animal, mais sabor ela terá!

Assim, a Caprinicultura mais rudimentar e natural, com métodos sustentáveis e amigos do ambiente, tem muito potencial comercial. O mercado de consumidores está aberto, cada vez mais, a produtos de qualidade, mesmo sendo mais caros.

As pessoas não se importam de pagar mais por melhores sabores e produtos de excelência.

Portanto, a atividade é uma boa aposta para quem procura um negócio próprio e tem interesse na pecuária biológica e sustentável.

Quem quiser trabalhar por conta de outrem, também pode encontrar oportunidades de emprego. Mas os rendimentos tendem a ser baixos nessa área.

Fica connosco e fica já a saber como podes iniciar-te nesse setor…

Como entrar na Caprinocultura

Não precisas de um curso universitário para trabalhar como Técnico de Caprinocultura, nem sequer é obrigatório ter formação na área. Contudo, a formação é sempre uma mais-valia, pois os critérios do setor também estão cada vez mais exigentes.

Desse modo, deves procurar cursos profissionais ou formações na área que assentem num ensino muito prático. É essencial que adquiras os saberes técnicos fundamentais para poderes trabalhar numa exploração com êxito.

Nalguns casos, há profissionais que abraçam a Caprinicultura porque os pais ou avós já trabalhavam nesse mundo. Mas, nos últimos tempos, têm surgido até pessoas que deixam profissões em escritórios, nas cidades, para se dedicarem à vida do campo e às cabras.

Portanto, pode ser, mais do que uma profissão, uma escolha de vida. E, nesse caso, não há como errar desde que se seja feliz.

Onde estudar Caprinicultura

Existem diversos cursos técnicos que podem dar-te os ensinamentos certos para entrares na Caprinocultora. Mas tenta encontrar a melhor formação para o teu caso, avaliando, por exemplo, se te dará mais conhecimentos do que o que já sabes.

Além disso, é importante que o curso aborde as várias áreas técnicas da Caprinicultura, desde os aspetos da nutrição dos animais, passando pelas questões sanitárias até à reprodução, entre outros pontos.

Para te ajudar nessa busca, deixamos de seguida algumas opções que te podem ajudar a ser Caprinicultor… 

Portugal:

Brasil:

Já sabes o que é e o que faz um Técnico de Caprinocultura ou Caprinicultura? A resposta é sim, mas sabes se tens estofo e qualidades para o ofício? Não basta gostar de animais fofinhos como as cabras! Portanto, avalia bem os prós e os contras e avança com confiança. Desejamos-te muito sucesso.

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top