Técnico de Ovinocultura / Ovinicultura

Ovinicultura Ovinocultura

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Matérias relacionadas:

Biologia

Idiomas:

Português

A Ovinocultura ou Ovinicultura é a criação de ovelhas, conforme vem descrito no dicionário. Contudo, ser Técnico de Ovinicultura é mais desafiante do que pode parecer. Vem daí descobrir tudo sobre essa profissão…

Ovinocultura ou Ovinicultura é a área da Zootecnia que se dedica ao estudo e à criação de gado ovino, ou seja, de ovelhas e carneiros.

Mas a atividade não se limita à produção animal, pois envolve as demais áreas relacionadas como, por exemplo, a produção de carne, de leite, de queijo e de lã.

A vida no campo está na moda e nos últimos anos, cada vez mais pessoas vêm apostando em produções biológicas e sustentáveis. Assim, esse mercado tem crescido muito, até pelo interesse dos consumidores.

Contudo, ainda há muito campo para explorar. E a produção animal de raças autóctones continua a receber apoios de associações locais e nacionais, por exemplo com formação, mas também com subsídios e subvenções a explorações de Ovinicultura.

Repara também que a carne os queijos de produção mais artesanal e local estão a ser altamente valorizados. Portanto, é uma área em crescimento. Mas tem uma exigência importante: tens que adorar ovinos e a vida ao ar livre!

Fica connosco para saberes mais sobre esse mundo desafiante…

Quanto ganha um Técnico de Ovinocultura

A maioria das pessoas que trabalham como Ovinicultor ou Técnico de Ovinocultura trabalham por conta própria. Portanto, mantêm as suas próprias explorações, sejam de maior ou menor dimensão. Assim, não têm horários fixos, nem tão pouco rendimentos certos.

A atividade depende muito do tipo de animais que se criam, bem como do tipo de produção e dos produtos que se comercializam.

Desse modo, há muita gente a apostar na produção de queijo com o leite dos ovinos, o que pode ser uma área bem rentável. Mas também é muito exigente, pois requer muitos cuidados de higiene e um grande planeamento, bem como algum investimento.

A venda dos animais vivos pode ser interessante para quem não pretende investir muito em infraestruturas, nem tem grandes conhecimentos técnicos. Contudo, esse campo é bem menos lucrativo.

Portanto, como vês, os cenários podem ser bem distintos. E, assim, os rendimentos podem variar bastante, a não ser que sejas trabalhador por conta de outrem e aí terás um ordenado fixo. Nesse caso, os valores praticados são baixos.

Contudo, em países da União Europeia como Portugal, existem subsídios e fundos comunitários que podem ser dados a explorações de Ovinicultura. Esse dado pode garantir um rendimento mais confortável aos pequenos produtores.

Continua a ler para saber mais sobre a profissão…

O que faz um Ovinicultor  

A vida de um Técnico de Ovinicultura tem muitas semelhanças com a rotina de um Pastor, pois estão em causa todos os trabalhos associados à Criação de Animais.

Mas repara que o Ovinocultor precisa de ter conhecimentos mais abrangentes e até dominar algumas questões técnicas. Isso é tanto mais verdade se quiser ser Queijeiro / Queijeira, por exemplo.

Nesse campo, é preciso cumprir uma série de regras de higiene para assegurar a boa qualidade do leite e, assim, a boa qualidade final do queijo.

Mas também a própria criação do gado ovino exige saberes sobre alimentação e nutrição animal, doenças e condições de reprodução. Pois só assim será possível garantir o sucesso da produção animal.

O dia-a-dia de um Técnico de Ovinicultura envolve, entre outros detalhes, alimentar os animais, zelar pelos seus cuidados de higiene e bem-estar, ordenhá-los e orientar tudo para que cresçam saudáveis e felizes.

Porque ovelhas felizes dão um leite mais saboroso. Soa a chavão da publicidade, mas parece que é mesmo verdade!

Quais as suas funções

A atividade de um Técnico de Ovinicultura ou Ovinocultura varia muito conforme aquele que for o seu principal produto de venda. Assim, quer seja o leite, a lã ou a carne, terá funções muito específicas e mais importantes do que outras.

Mas, em termos gerais, o trabalho passa por cuidar da alimentação e da saúde dos seus animais. Assim, vamos apontar de seguida algumas das funções que um Ovinicultor pode desempenhar:

  • Alimentar os ovinos
  • Ordenhar os animais para lhes retirar o leite
  • Fazer queijo
  • Tosquiar animais para recolher lã
  • Tratar de pequenas doenças ou mazelas dos ovinos
  • Comprar e vender animais
  • Supervisionar processos de reprodução
  • Limpar instalações e utensílios.

Mas esta questão da higiene é primordial numa exploração de Ovinicultura, sobretudo quando a produção de queijo é dominante.

Importância da higiene na Ovinicultura

Os ovinos precisam de estar sempre limpos e saudáveis, sobretudo se o leite for o principal produto que tiramos deles.

Repara que o úbere, ou seja, as glândulas mamárias destes animais, é muito sensível e pode ganhar bactérias e vírus de forma fácil. Isso pode ser perigoso para a saúde e afeta a qualidade do leite e do queijo produzidos.

Portanto, é fundamental cuidar dos animais, mantendo boas condições nos seus estábulos.

Além disso, o local da ordenha tem de estar sempre limpo e asseado.

Mas também a pessoa que ordenha deve lavar muito bem as mãos antes de o fazer. Por outro lado, deve usar luvas e roupa próprias e bem limpas.

Porém, os utensílios usados na ordenha, por exemplo coadores e tanques, têm de estar igualmente em boas condições.

Assim, o Técnico de Ovinicultura tem de zelar também por todos esses aspetos, mantendo equipamentos e ferramentas perfeitamente limpos. Higiene acima de tudo!

Saídas no Mercado de Trabalho

Há cada vez mais consumidores dispostos a pagarem mais por produtos de qualidade, desde que sejam mais sustentáveis e amigos do ambiente.

Assim, a Ovinocultura surge com muitas potencialidades para se afirmar no mercado, sobretudo no caso dos pequenos produtores de raças autóctones.

Portanto, esses especialistas de Ovinicultura que apresentarem produtos alternativos e diferenciados ao consumidor, com mais sabor e maior qualidade, podem ter muito sucesso. Mais ainda se também apostarem no valor social e ambiental dos seus produtos.

No Brasil, por exemplo, a carne de cordeiro tem vindo a ter crescente procura. É um produto muito apreciado na culinária gourmet e, portanto, pode ser bem mais rentável do que as carnes de borrego, ovelha e carneiro.

Contudo, cada carne tem o seu mercado e o seu potencial próprio. Mas, mais do que isso, é uma área ainda com potencial de crescimento.

Portanto, é só avançar com confiança e com uma boa ideia para vingar. Pois repara que esse setor se adequa especialmente a quem queira ter um negócio próprio.

Mas vê como podes dar os primeiros passos na profissão…

Como entrar na Ovinocultura

A profissão de Técnico de Ovinocultura não requer um curso universitário, nem tão pouco formação específica. Mas é sempre melhor adquirir alguns conhecimentos técnicos.

Assim, podes começar por fazer algum curso profissional ou formativo em Ovinicultura para dominares a área. Esse curso pode abrir-te as portas a oportunidades e contactos que serão essenciais para começares a trabalhar.

Mas, na verdade, há muitas pessoas que começam a trabalhar nesse setor por influência da família. Desse modo, seguem os passes de pais ou avós.

Contudo, cada vez mais, o setor está sendo profissionalizado, com jovens iniciantes a aproveitarem as formações de associações locais da área da Ovinicultura. E essa é uma excelente forma de começar!

Onde estudar Ovinicultura

Há alguns cursos no mercado que são ideais para quem não sabe muito de Ovinicultura. Mas deves procurar formação que assente na técnica e na prática, bem como em complementar os saberes que já possas ter.

Portanto, deves procurar cursos que abordem temáticas como o manejo nutricional, o melhoramento genético, o manejo sanitário de ovinos e técnicas de Gestão Rural, entre outros tópicos.

Espreita, já de seguida, algumas opções que te podem ajudar a trabalhar na Ovinocultura…

Portugal:

Brasil:

Agora que já percebeste o que é e o que faz um Técnico de Ovinocultura ou Ovinicultura, sabes se tens o que é preciso para o ofício? Responde à pergunta com a razão, mas também com o coração e segue em frente. Desejamos-te muito sucesso.

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top