Tocador de Cavaquinho

tocador de cavaquinho

Resumo da profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Matérias relacionadas:

História da Cultura e das Artes Matemática Oficina de Artes Psicologia

Idiomas:

Português

O tocador de cavaquinho, também chamado de cavaquista, cavaquinista ou cavaqueiro, é um músico profissional que toca cavaquinho (conhecido no Brasil também como cavaco).

O sonho de ser um artista é comum a muitos jovens, mas poucos são aqueles que realmente investem nesse sonho para transformá-lo em realidade.

Muitas vezes, isso acontece porque crescemos a ouvir dizer que ser músico não é uma profissão, mas um hobby. No entanto, a música pode, com toda a certeza, ser uma carreira muito interessante.

Por isso, se adoras música e sonhas em tornar-te músico profissional, então tens de conhecer a profissão de tocador de cavaquinho.

Neste artigo, vamos mostrar-te tudo o que precisas saber para seguires esta profissão e entrares no mercado de trabalho com o pé direito.

Vens connosco?

Cavaquinho

O cavaquinho é um instrumento musical de cordas, portanto é um cordofone, e teve a sua origem em Portugal, mais precisamente na região do Minho.

O instrumento ganhou muita popularidade em Braga, de onde se espalhou para outras regiões de Portugal e depois para outros países, como, por exemplo, o Brasil, Moçambique, Cabo Verde, Havai (originando também o aparecimento do Ukulele) e Indonésia (onde o cavaquinho tomou o nome de kroncong, dando origem a um estilo musical com forte influência do fado).

O cavaquinho tem a forma de oito, semelhante à guitarra clássica, mas muito mais pequeno. Tem quatro cordas (inicialmente eram cordas de tripa, mas hoje é comum tocar-se com cordas de nylon, fluorocarbono ou nylgut) e o braço tem 12 trastes (regra geral).

Como um instrumento musical originário do Minho, o cavaquinho possui a afinação própria da cidade de Braga (Ré, Lá, Si e Mi), embora seja possível adotar outras afinações (Ré, Si, Sol e Sol; Mi, Ré, Si e Sol; Mi, Dó#, Lá e Lá). No Brasil, adotam-se também as afinações Ré, Si, Sol e Ré ou Mi, Si, Sol e Ré.

Como este instrumento musical foi criado em Portugal, ele é muito usado em diferentes projetos, mas principalmente na música tradicional. No entanto, temos notado que o cavaquinho tem sido introduzido em projetos musicais de diferentes estilos, desde o fado ao jazz, por exemplo.

No Brasil, notamos a presença forte do cavaquinho, ou cavaco, no samba e no choro, fazendo parte da base destes géneros musicais, junto da flauta, violão de 7 e 6 cordas, bandolim e pandeiro (pandeireta).

O que faz um Tocador de Cavaquinho?

O tocador de cavaquinho faz apresentações ao vivo nas quais toca cavaquinho. Em Portugal, a maior parte dos cavaquinistas faz parte de projetos de música tradicional portuguesa, embora seja possível integrar projetos de outros estilos e géneros musicais (até porque o instrumento tem ganhado uma “roupagem” nova e se tornou ainda mais versátil).

No Brasil, assim como já dissemos, os tocadores de cavaquinho estão muito presentes em projetos de samba e de choro.

Como músico profissional, além de muito treino em casa, tens também de ensaiar com os restantes músicos que integram o projeto em que estás. Esses momentos são muito importantes para se ganhar confiança nos outros elementos e conhecê-los musicalmente.

Quais as suas funções

A principal função do cavaqueiro é tocar cavaquinho. Deve tocar as músicas ensaiadas tal qual foi acordado durante os ensaios, para que todos os músicos estejam em sintonia. É claro que pode existir espaço para improvisos ou pequenas alterações, mas todos os elementos têm de estar preparados para eles.

Quando este músico toca em orquestras (principalmente filarmónicas), tem também de seguir as orientações do maestro (regente) e ler partituras.

O dia a dia passa muito pelo estudo e pelo treino do instrumento. Quando somos músicos profissionais, temos de ter sempre como prioridade o nosso instrumento musical e isso implica passar muitas horas a treinar e praticar (não só as músicas que fazem parte do reportório, mas também a própria técnica do instrumento).

Saídas no Mercado de Trabalho

Como tocador de cavaquinho, poderás fazer parte de projetos musicais de diferentes estilos e géneros musicais. Em Portugal, a maior parte das oportunidades estão na música tradicional. Já no Brasil, o choro e o samba são os estilos musicais nos quais o cavaquinho tem maior relevância.

Embora a maior parte dos tocadores de cavaquinho sonhem em pisar grandes palcos, o mundo da música oferece outras possibilidades de trabalho, como, por exemplo:

  • Professor de música (podes dar aulas nas escolas, conservatórios de música e faculdades)
  • Professor de Cavaquinho (podes dar aulas em casa, ou a partir da internet)

Como entrar na carreira de Tocador de Cavaquinho?

Para te tornares tocador de cavaquinho não precisas ter uma formação. Sem dúvida, a única exigência que fazem é que saibas tocar cavaquinho. No entanto, se quiseres seguir uma carreira na área do ensino, tens de ter um curso superior de música.

Não existe um caminho certo a seguir, pois tudo depende das tuas aspirações. No entanto, vale lembrar que um curso universitário é sempre uma mais-valia, não só para enriquecer o nosso currículo, mas também para evoluirmos enquanto pessoa e profissional.

Como aprender a tocar Cavaquinho?

Podes aprender a tocar cavaquinho sozinho, ou com um professor. Com a internet, hoje encontras muitas informações úteis para começares a tocar cavaquinho, mas se queres aprimorar os teus conhecimentos, um professor pode fazer toda a diferença.

Independentemente de escolheres aprender a tocar cavaquinho português sozinho ou com um professor, o estudo diário é fundamental. Pegar no instrumento todos os dias e treinar durante uma hora, pelo menos, é essencial para quem quer realmente aprender a técnica do instrumento.

O nosso conselho é que procures por aulas de cavaquinho na internet ou perto de casa (numa escola ou academia de música) e que te dediques a sério. É possível que penses em desistir em algum momento (principalmente quando sentes que não estás a conseguir tocar ou não estás a evoluir), mas mantém o foco e a determinação.

A aprendizagem é um processo lento e gradual e tens de ter muita força de vontade para continuar a tentar vezes sem conta.

Onde estudar para Tocador de Cavaquinho?

Como vimos, para seres tocador de cavaquinho não precisas de uma formação. Podes procurar por aulas de cavaquinho ou podes aprender sozinho. No entanto, se queres evoluir na carreira da música ou trabalhar como professor, então aconselhamos-te a que faças o curso universitário.

Aqui deixamos-te alguns cursos interessantes. Ora espreita!

Portugal:

Brasil:

Adoravas ser tocador de cavaquinho? Então dedica-te bastante e segue em frente. Pode não ser um caminho fácil e rápido, mas vai valer a pena todo o esforço. Com toda a certeza, vais conquistar tudo aquilo que desejas. Sucesso!

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top