Viveirista

viveirista

O viveirista é hoje um dos profissionais do futuro! Ele monta viveiros de plantas e, por isso, tem um papel essencial na preservação da natureza, assim como na restauração florestal.

Outros nomes para esta profissão:

  • Modalidades: Presencial, Ar Livre
  • Ordenado Médio Mensal: Mínimo - 1000€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho Solitário, Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Biologia, Educação Física, Materiais e Tecnologias
  • Idiomas: Inglês, Português

Vivemos uma altura em que a desflorestação, o desmatamento, é um problema mundial. Várias espécies de plantas já deixaram de existir, e existe uma preocupação crescente em preservar a natureza, até para o nosso próprio bem, pois dela depende a nossa sobrevivência como espécie.

E é por isso que os viveiristas são tão importantes. Eles atuam em várias áreas, mas a área florestal é aquela que maior visibilidade tem tido nos últimos anos. Sem dúvida, eles são essenciais para a recuperação de áreas degradadas em florestas. E sabendo da necessidade urgente de recuperar as florestas, é fácil perceber que se trata de uma profissão que veio para ficar!

Se gostas da natureza, se te interessas pela preservação e te preocupas com o futuro do nosso planeta, então ser viveirista pode ser a escolha certa para ti!

Continua a ler este artigo porque vamos contar-te tudo sobre esta profissão! Continua connosco!

O que faz um Viveirista?

O viveirista faz viveiros de plantas para diversos fins (silvicultura, agricultura, horticultura e arboricultura). Estes viveiros são parcelas de terreno reservadas para a criação e multiplicação de plantas, as quais são depois transplantadas ou vendidas.

Sendo assim, os viveiristas podem trabalhar em diferentes áreas, com objetivos diferentes, destacando-se:

  • Viveiristas-produtores – Produzem plantas jovens, multiplicando-as por via vegetativa ou sexual (sementes). Eles mantêm as plantas por um curto período de tempo, normalmente não passa de dois anos.
  • Viveiristas-criadores – Recebem as plantas dos viveiristas-produtores e depois cultivam até que elas estejam prontas para serem transferidas para jardins, campos e florestas. Esta é uma fase maior, que pode durar até 3 anos. Só depois são vendidas ou transplantadas.

O viveirista precisa manter o viveiro em condições ideais, controlando:

  • Humidade
  • Luminosidade
  • Temperatura
  • Irrigação
  • Adubação
  • Tipo de solo
  • Tipo de recipiente
  • Pragas e ervas daninhas
  • Vento e chuva

Cada tipo de planta tem necessidades especiais. Por isso, o viveirista precisa conhecer as plantas com que trabalha, para garantir um crescimento e desenvolvimento saudável.

Os viveiristas precisam saber identificar as espécies herbáceas, arbóreas e arbustivas. Só assim ele sabe quais as condições que tem de proporcionar para o bom desenvolvimento de cada uma delas.

Ele também escolhe as variedades de espécies que vai cultivar, assim como a quantidade de cada uma, tendo em conta a época de cultivo.

Além da plantação, ele também faz trabalhos de:

  • Sementeira
  • Adubação
  • Poda
  • Rega
  • Transplantação
  • Estacaria
  • Enxertia

Além de gostar de trabalhar ao ar livre, junto da natureza, é importante que o viveirista tenha conhecimentos básicos de cálculo, leitura e escrita. Também tem de ser uma pessoa atenta, e com capacidade de orientação em diversos espaços.

Como se trata de um trabalho físico, é essencial que tenha coordenação motora e boa condição física.

Quais as suas funções

O viveirista tem como principal função a criação de vários tipos de plantas em viveiro, para comercializar ou transplantar.

Ele é, sem dúvida, um ator essencial na restauração ecológica, especialmente quando atua em viveiros florestais, com o intuito de restaurar florestas.

Para fazer a restauração de áreas florestais, é preciso plantar mudas de árvores, arbustos e outras plantas, as quais vêm de viveiros florestais.

Falamos, então, de um trabalho de defesa da natureza. Por isso, se quiseres seguir esta profissão, tens de ter esta preocupação com a natureza e o meio ambiente, e dedicares-te a isso durante o dia, trabalhando nas mudas com todo o carinho.

Saídas no Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para o viveirista está em expansão, muito pela crescente preocupação com o meio ambiente e a preservação da natureza. Por isso, se queres seguir esta carreira, encontras um mercado favorável, e em expansão.

Podes trabalhar em vários locais, desde viveiros, a centros de jardinagem, empresas de jardinagem e em espaços verdes estatais.

Como entrar na carreira de Viveirista

Para entrares na carreira de viveirista precisas ter conhecimentos sobre os vários tipos de plantas, e as melhores técnicas e métodos para a sua multiplicação.

É importante teres estes conhecimentos, para que as mudas sejam saudáveis e possam sobreviver depois de transplantadas.

Existem já muitos cursos profissionais que te dão os conhecimentos que precisas para seguir esta profissão. Vais aprender, por exemplo, a montar viveiros de diversos tipos de plantas, a planear esses viveiros, a cultivar mudas, a prepará-las para serem transplantadas e comercializadas, entre tantas outras coisas.

Onde estudar para Viveirista

Portugal:

Brasil:

Se gostas da natureza, de estar em contacto com plantas, e se te preocupas com o meio ambiente, então esta profissão é perfeita! O teu trabalho vai interferir diretamente com a preservação do ambiente e da natureza, preservando espécies e recuperando florestas e áreas florestais.

Sem dúvida, esta é uma profissão que beneficia toda a humanidade, e não apenas um setor. Nós, seres humanos, precisamos de manter as florestas e a diversidade de fauna e flora para sobrevivermos.

Embora não tenhamos consciência disso sempre, a verdade é que a biodiversidade é fundamental para nós vivermos, e com qualidade. Por isso é tão importante trabalhar na preservação e conservação da natureza!

Se este é um tema que te atrai, e se gostas de trabalhar diretamente com as plantas, então não percas tempo e segue a tua carreira como viveirista! Além de fazeres uma coisa que gostas, ainda vais fazer um bem para toda a humanidade! Sem dúvida, uma profissão nobre que merece todo o nosso respeito!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima